História O amor do Luar - Capítulo 13


Escrita por:

Postado
Categorias Inuyasha
Personagens Rin, Sesshoumaru
Visualizações 31
Palavras 935
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Hentai, LGBT, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 13 - A joia de quatro almas!


Fanfic / Fanfiction O amor do Luar - Capítulo 13 - A joia de quatro almas!

___________________________________________________Rin p.v.________________________________

Espero um tempo depois que Sesshomaru partiu. Eu me concentrei e pude sentir a aura maligna que já rondava a varios quilômetros daqui a lutar.

Me troco e coloco uma roupa de sacerdotiza, mas a sua calça era Roxa. Pego o meu arco e flexa, que nao tinham nada de especial e coloco em meu bolso a pedra que Izayoi me deu. Faço um rabo de cavalo auto e o prendo com uma fita forte.

Vou no quarto da mesma para me despedir.

- Rin? É mesmo você? - Ela pergunta, sua cara era de pura surpresa.

- Sim. Por que está assim?

- Você está diferente.

- Diferente como?

- S-seu cabelo - Ela aponta para o mesmo e o olho, vejo que ele estava branco. Arregalo os olhos.

- como eu não vi isso!?

- Você também tem a marca da Lua em sua testa, seus olhos também estão ambares.

- A genética de Sesshomaru pode ser forte para ter acontecido isso - Digo estupefata. - Bom, mas chegou a minha hora, partirei para a guerra. - Cheguei perto dela e beijei sua Bochecha. - Se eu não voltar, saiba que eu amo vocês e conte as minha histórias para o bebê ok? - Sorrio e saio do quarto sem deixar ela falar nada.

°•_______Izayoi p.v.________•°

Estou com um mal pressentimento, o geito que ela disse parecia que ela sabia que ela não iria voltar.

- Você acha que ela irá voltar bebê? - Passo a mão em meu ventre sentindo ele chutar. Sinto uma forte dor e sinto o líquido descer sobre minhas pernas. - Por favor! Alguem me ajude. - A empregada Mayura entra no quarto e arregala os olhos. - Chame a parteira! Estou em trabalho de Parto!

°•_______Rin p.v.________•°

Me aproximo do local de batalha e sinto o cheiro de Sesshomaru, só que junto a ele, tinha o cheiro de seus próprio sangue.

Corro desesperada pelos inimigos, distraindo a atenção deles para mim, seus olhares eram confusos, de admiração, de raiva e ainda mais de desprezo. Mas o que importava? Eu quero o meu macho bem!

Com energia pura transformo o meu arco em espada e repilo o ataque de Nikko que volta em direção a seus aliados. Olho para minha espada e vejo que ela parecia de algum cristal roxo.

- O que você está fazendo aqui!? - Os dois perguntam ao mesmo tempo.

- Lutar por o que quero!

A luta começou e mesmo ferido Sesshomaru lutava, eu o curava com cuidado enquanto lutava, pois minha energia poderia afeta-lo. Mas ao mesmo tempo eu purifica a outros Youkais que vinham interferir.

- Vejo que você a marcou hum, mas isso não interfere a nossa aposta! - Ele avança para cima de Sesshomaru, pois a mim é quem ele não queria ferir. - Acabarei com isso logo! CHAMA DOS SETE DRAGÕES INFERNAIS! 

E como dito, sete dragões aparecem, um elemento água, gelo, fogo, terra, ar, lava e flora.

- Fudeu... - Falo baixo.

Os dragões avançam ao mesmo tempo em cima de Sesshomaru.

- NÃÃÃÃÃOOOOOOOO - Corro até ele e pego a pedra que estava comigo.

Me posicionou e junto minhas mãos fortemente concentrando minhas energias.

- Amor, o sentimento que nós faz fazermos coisas que nunca imaginamos, felicidade, o que nos faz ter a alegria de viver, tristeza, um sentimento amargo que doi mais fortalece, e a raiva, o sentimento que nos faz agir por impulso! Com esses sentimentos, criamos a alma, e com essa joia, eu crio a JOIA DE QUATRO ALMAS, FEITA PARA DEFENDER E PROTEGER A QUEM AMA, MULTIPLICANDO O VOSSO PODER QUE VEM DE VOSSO CORAÇÃO! SHINKON NO THAMA - Respiro fundo - EU LHE FAÇO NASCER!

Uma grande energia espiritual nos envolve, ela era lilás e a joia de quatro almas voa, a energia espiritual não era ofensiva para meus aliados, apenas para os soldados e o Rei do Sol.

Os nossos adversários somem e nossos aliados são curados, incluindo Sesshy.

Sorrio para ele que sorri para mim, mas logo vejo tudo rodar e eu me apagar.

Eu só conseguia sentir alguém me pegar no colo. Eu abro os olhos me esforçando.

- Descançe Rin  - Sesshy fala mas eu digo que não. Eu me sentia cada vez mais fraca.

- Talvez eu morra, então... - Ele me interrompe.

- Não, não, não, não, não, você não irá morrer - Sesshomaru diz com lágrimas nos olhos, a primeira vez que o vi chorar. Vejo Sátori se aproximar preucupada.

- A minha hora chegou Sesshy, por mim, por favor, continue sendo amável do seu geito, e... cuide bem de seu meio-irmão. Eu fiz a Shinkon no thama para você, para você ficar forte e sempre se lembrar de mim, de meu amor por você. 

Eu pisco os olhos o fechando devagar.

- Não! Rin! Acorde, acorde por favor - Eu sinto ele pegar em meu rosto - Abra os olhos, você não pode ir! - Ele me dá um ordem e eu sorrio fraco e me esforço para abrir os meus olhos.

- Eu te amo Sesshy, eu não me esquecerei de você... E nem de você, Sátori-san, eu prometo que um dia vou tentar achar um apelido como eu te prometi. - Do nada eu não sinto mais nada.

______Sesshomaru p.v.____

- Naaaoo, Rin! Fique por favor! - Minha fera se desesperava comigo, aos poucos vi uma energia roxa surgir dela e ela sumir de meus braços. Caio no chão segurando a jóia de quatro almas em minhas mãos, me derramando em lágrimas.

Minha mãe chega ao meu lado e me abraça.

Continua...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...