1. Spirit Fanfics >
  2. O amor é cego - Min Yoongi >
  3. Passeio?

História O amor é cego - Min Yoongi - Capítulo 10


Escrita por: Choerrysix

Notas do Autor


Voltei com essa belezura aqui!
Bom, não sei se a escrita está agradável porque pra mim não está kkkkkkk ficou um pouco curta este capítulo porque estava sem ideias para essa parte, mas estou retomando aos poucos.
Dêem amor a essa fic, eu tenho um amorzinho por ela k
Boa leitura Six's! Amo ler o comentários de vocês.

Capítulo 10 - Passeio?


Fanfic / Fanfiction O amor é cego - Min Yoongi - Capítulo 10 - Passeio?

S/n Point of View


Depois da visita do Yoongi, acabei por levantar e ir escolher alguma roupa. Não pude deixar de sorrir feito uma boba, eram novas sensações que percorria sobre mim. Sentimentos novos e inovadores, coisas que aconteciam na presença daquele cabeça dura. Lembrar que beijei ele noite passada fazia minha barriga revirar e criar borboletas. Foi algo incrível… 

Peguei minha guia no canto da cama e utilizei para chegar até o guarda roupa. Abri o armário e deslizei meus dedos delicados sobre os tecidos de cada uma, tentando decifrar algumas que conhecia pela maciez. Peguei as devidas vestimentas e coloquei sobre minha cama, tirei meu pijama aos poucos e comecei a vestir as roupas que havia escolhido, usando a parede como auxílio para conseguir me vestir. Caminhei para fora do quarto, dando pequenas batidinhas com a guia para me localizar aos poucos, chegando perto da escada acabei por soltar um suspiro.

— Ahjumma! - Chamei a mais velha para me ajudar a descer. Notando que não demorou muito para que ela subisse. 

— Bom dia, pequena! - Ditou com aquele seu tom calmo, entrelaçando seu braço sobre o meu.

— Bom dia Ahjumma! - Sorrio.

— Dormiu bem? - Perguntou enquanto me ajudava a descer aquelas enormes escadas. 

— Dormi sim. Estava precisando descansar. 

— Que bom. Está com fome? Os meninos estavam arrumando a mesa para o café da manhã.

— Não estou, obrigada. - Andamos sobre o corredor da sala e chegamos na cozinha.

O local parecia bem agitado, já que os meninos estavam em uma discussão. Yoongi tem um temperamento agressivo, qualquer coisa deixava-o irritado e Jungkook adora provocar e se fazer de vítima. 

— Jungkook! Para de me molhar sua anta acéfala. - Esbravejou, dando para ouvir a torneira ligada e gargalhadas de Jungkook. 

— Yoongi! Não passa espuma no meu cabelo, seu anão de jardim. 

— Me chamou de quê moleque?! 

— Anão de jardim! - Ditou em tom de deboche. 

Não consegui me segurar e acabei rindo ao ouvir toda aquela discussão dos dois. Era incrível como pareciam duas crianças birrentas. 

— Vocês dois! - A mais velha repreendeu os garotos que pararam imediatamente. 

Tentei conter meu riso, pois os garotos ainda continuavam a murmurar um para o outro.

— Os dois pra fora da cozinha. Olha a molhadeira que vocês fizeram. - Suspirou 

— Foi o Jungkook que começou! Eu estava de boa, na minha.

— Mentira! Que feio Hyung, mentindo desse jeito. - Disse manhoso 

— Está me chamando de Hyung só pra me sentir bem e levar toda a culpa?! 

— Min Yoongi e Jeon Jungkook. Fora da cozinha. 

Os dois saíram resmungando sem mais e nem menos. Um pequeno arrepio percorreu meu corpo ao sentir a respiração de um dos rapazes bater contra meu rosto. Logo um peteleco foi atingido em minha testa.

— Yoongi! - Sabia que era o maior. Ele deixou uma risadinha soprada e abandonou a cozinha.  

Ahjumma fez questão de preparar um lanche para me alimentar. Não adiantou eu ter dito não, mas a mais velha fez questão e disse que estava muito magrinha e precisava de mais sustância. 

Assim que terminei de comer o sanduíche, levantei-me com a ajuda de minha guia e caminhei devagar até o jardim da parte de trás da casa. Ahjumma me disserá que as flores eram coloridas e muito lindas, deixando minha imaginação fluir. Sentei com cuidado sobre a grama deixando a guia de lado e fechei meus olhos, sentindo a brisa do vento soprar sobre meus rosto, tendo meus fios balançando de forma lenta e gostosa. 

Ficar um tempinho sozinha era bom, precisava de tempo como esse para me ajudar a pensar melhor no que vem acontecendo nesses últimos dias. A primeira coisa que passou em minha cabeça foi: Eu beijei Min Yoongi. Foi algo inusitado e o clima do momento, não sei de onde veio toda aquela coragem. Os sentimentos gritaram, e acabou acontecendo. Não me arrependo, mas sempre tem o porém. Yoongi aparenta ter uma vida muito complicada, o que impede o rapaz de se abrir com as pessoas ou demonstrar o que sente. E naquele beijo eu consegui sentir algo que nem o Yoongi sabia que ainda existia. Quero me aprofundar na história que ele tem, quero participar da vida dele. 

Um sentimento foi conectado a nós dois, e queremos descobrir. Por minha parte, gostaria de ir com calma para entender tudo aquilo, quero embarcar em uma viagem cheia de expectativa e conhecimentos. Preciso conhecê-lo melhor… somos meio que amigos agora, certo? Amigos que se beijaram. Ótimo, um sorrisinho besta acaba de surgir em meus lábios finos e não é atoa. Imaginava o rosto dele todos os dias, mas queria muito poder vê-lo. 

Devo ter passado longos minutos sentada refletindo. Resolvi levantar e entrar para dentro novamente. Assim que entrei, alguém acabou de se esbarrar em mim o que me fez quase perder o equilíbrio, mas fui impedida de cair por alguém que agarrou minha cintura sutilmente e deixou uma risadinha.

— Perdão S/n. 

— Oh Yoongi, parece estar apressado. - Gargalhei baixo. — Tudo bem… - As mãos do rapaz aparentavam ser grandes me segurando com firmeza, acabando com a minha estrutura. 

— Na verdade eu estava te procurando. 

— Me procurando? 

— Lembra do nosso passeio? 

Como eu poderia esquecer o tão esperado passeio? Estava ansiosa para ter aquele momento a sós, poderia conhecê-lo melhor.

— Claro que me lembro. - Sorrio.

— A mãe do Jungkook dispensou nós dois pela bagunça… não levamos jeito para faxinas. - O mais velho ditou risonho, arrancando risadinhas minhas. — Então podemos ir agora. 

— Claro, porque não? - Entrelacei meu braço sobre o dele sem abandonar o sorriso enorme em meu rosto.  

Quando estávamos prestes a sair, a campainha tocou. Yoongi abriu a porta e um silêncio se fez presente, e por algum motivo o clima pareceu estranho.

— Yoongi? Quem é? - Perguntei confusa pelo silêncio ainda continuar. 

— Sou eu. Estavam de saída? A gente não ia ir naquela praça S/n?

— Jin? Praça?

Foi daí que me lembrei. Todos os domingos o Seokjin me levava para a praça para me exercitar e tomarmos sorvete. E eu esqueci desse detalhe…

— Você esqueceu? - Deu para ouvir o suspiro de Yoongi um tanto frustrado.

— Passeamos outra hora S/n, você tem um compromisso mais importante. - Disse Min. Ele soltou meu braço e foi se afastando.

— Ei espera. - Tentei chamá-lo mas não obtive resposta. 

— Olha S/n, podemos cancelar. Você ia passear com ele e pelo visto estraguei tudo. 

— Não, você não estragou nada. Podemos ir sim… desculpe por ter me esquecido. - Suspirei um pouco aborrecida. 

— Não se desculpe. - O mais velho entrelaçou seu braço ao meu. — Apenas queria entender o que realmente está acontecendo.


Yoongi Point of View


Não entendia o porquê de eu estar irritado naquele momento, eles só iam passear, coisa que provavelmente faziam quase sempre. Agora fiquei feito um tolo, e por algum motivo me sinto ameaçado por ele e eu odeio esse sentimento. Estou descobrindo meus sentimentos pela garota, e o Jin acaba me deixando inseguro por ele ser um bom rapaz para ela. Isso é angustiante. 

Decidi ir para o meu quarto um tanto irritado e de cabeça cheia. Deixei um suspiro e me joguei sobre o acolchoado tentando relaxar, meu celular vibrou diversas vezes. Estiquei minha destra até o criado mudo e peguei o aparelho que brilhava em um número desconhecido, fiquei um pouco confuso mas resolvi atender.

— Alô? 

— Yoongi-ssi! 

Assim que escutei aquela voz, levantei da cama rapidamente um tanto surpreso e confuso.


— Jimin?! 


Continua...


Notas Finais


Mais um personagem, Irraaa.
Eu não revisei esse capítulo kkk então me desculpem se tiver algum erro!
Estava com saudade disso aqui uiui
Então... até a próxima!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...