História O Amor é Difícil. - Capítulo 18


Escrita por:

Postado
Categorias Eldarya
Personagens Erika, Ezarel, Jamon, Keroshane, Leiftan, Mery, Miiko, Nevra, Personagens Originais, Valkyon
Tags Amor É Difícil
Visualizações 13
Palavras 886
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Esporte, Famí­lia, Ficção, Luta, Magia, Mistério, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Survival, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Mas um capítulo hj haha desculpa os erros, fiquem com a Fanfic...

Capítulo 18 - 16 Capítulo Perfurado


Fanfic / Fanfiction O Amor é Difícil. - Capítulo 18 - 16 Capítulo Perfurado

"POV BRUNA"

Acordei com uma sensação estranha,  os meninos estavam acordado planejando algo,  dou uma olha rápida ao Nevra ele desvia o olha,  vou me aproximando dele ele percebe 

Nevra_Vou tomar  um pouco de ar

Ele está me evitando?  Por que?,  vou até o leiftan então começo conversar com ele,  até que todos saiem do quarto

"POV NEVRA"

Tenho que evitá-la,  mas eu quase Não consigo,  olha que é o primeiro dia,  derrepente sinto uma impressão estranha,  derrepente apareceram minha equipe,  Bruna vem em minha direção mas olho em outra direção,  olho no canto do olho ela estava decepcionada, tenho que evitá-la,  difícil,  olho para o Leiftan disfarçadamente,  ele me encarou...  Eu não aguento mais não vou deixar ele me vencervencer,  não vou me afastar da pessoa que amo não vou perde a pessoa que amo de novo,  eu fui me aproximar de Bruna até que ouvimos uma explosão

"POV BRUNA"

Estava olhando pro céu até que ouço uma explosão e pelo jeito não sou a única,  derrepente gritos de pânico surgiram,  começaram a gritar

?????_ESTAMOS SENDO ATACADOS CUIDADO

valkyon, Leifta, Ezarel Nevra e Eu se preparamos

Nevra_Ashkore!!

Valkyon_Ataquem 

Vinham vários black dogs em nossas direção, batiamos devíamos lutavamos,  havia no centro deles um homem mascarado sim tô que já vi em algum lugar e uma mulher..  E estava vindo um exército de Monstros para nos atacar,  desviava lutava estava sendo difícil mas vamos conseguir, Derrepente algo ataca minha perna e começa a sagrar dou um grito de dor

Bruna_AHHHH! 

"POV NEVRA"

Estava lutando, vejo  Bruna cair no chão sagrando a perna corro a ela,  a ajudo

Bruna_Nevra*cochicho*

Nevra_Não faça muito esforço! 

Eu lutava protegendo a Bruna, olho pra ela não vendo que alguém ia me apunhalar

Bruna_NEVRA CUIDA.... Intenrrompida*

Olho pra trás e sinto algo me perfura,  meu sangue quente pela lâmina da espada, escorrida até minhas pernas caindo no chão não consegui ficar de pé acabei caindo no chão,  vejo Bruna se aproximar de mim perdi a consciência aos poucos e apago

Bruna_NEVRAAA!por favor fica comigo nevra

"POV BRUNA"

Eu estava desesperada seu sangue em minhas mãos não conseguia,  por que Nevra,  ele estava me protegendo...  Tirei lâmina dele e tento por algo para que aprender de sangrar,  Ezarel viu que nos estávamos em apuros. 

Ezarel_Nevra!!  Venha vou levar vocês em um lugar seguro, e levá-los num médico

Ezarel levou a gente em um abrigo e felizmente tinha médicos lá dentro,  Ezarel sai para ajudar os outros

Bruna_Por favor médicos me ajude

Ver o Nevra nesse estado doeu muito, não consegui evitar as lágrimas elas rolaram no meu rosto de medo,  medo de te perde Nevra sei que você não quer nada comigo mas eu...  Eu...  Eu o amo! Choro muito

Medico_Calma senhorita você tem sorte dele ser um vampiro,  então será mais fácil dele se recuperar ele perdeu bastante sangue mas é possível ele sobreviver

Bruna_A riscos dele morrer? 

Médico_Não vou mentir mas sim!  Tem risco de morte

Mordo meu labio inferior,  nãoconsigo parar de chorar,  por favor Nevra fique comigo sentei numa cadeira esperando os médico examinarem, acordei e já tinha aliviado o dia, demorou para,  ele se recuperar,  derrepente eu ia entrar no quarto até que

"POV NEVRA"

ALGUNS MINUTOS ANTES

Abro meus olhos devagar, sinto uma dor aguda no meu estômago,  tentei me levantar e lembrei o que aconteceu a última coisa que tinha visto era Bruna...  Estava sentado na cama até que o médico chega

Medico_ Você está bem?  sentindo alguma dor? 

Nevra_So uma dor no estômago

Medico_menos mal bom! Posso te fazer um pergunta

Nevra_Claro

Medico_É essa Cicatriz no seu olho e do que? 

Fico espantado,  meu coração acelerar começo a Suar frio

Nevra_Como você viu?  É...  E nada isso eu.... 

Estava guaguejando e super nervoso

Medico_acalma-se so perguntei,  não precisa responder se não quiser,  se me der licença tenho que ir

Ele vai embora levanto da cama e vou até uns espelho que tinha ali e tiro o tapa olho

"POV BRUNA"

Tinha escutado a conversa do Nevra com o médico cicatriz?  Olho?  Tenho que pergunta a ele, quando entrei no quarto nevra estava sem tapa olho, mas os cabelos dele escondia o olho dele, ele olhou pra mim surpreso, colocando super rápido tapa olho

Bruna_ O que você está me escondendo? 

Nevra_Eu escondendo nada 

Bruna_Nevra deixa eu ver

Nevra_Ver o que 

Ele se faz de desentendido,  me aproximo devagar perto dele tiro seu cabelo do olho e tento tirar seu tapa olho ele hesitou em tirar colocando suas mãos nas minhas

Bruna_Deixo ver Nevra? 

Ele olho bem nos meus olhos, então deixou eu ver,  atentamente olhos era uma cicatriz a cor do seu olho cinza estava bem fraca como se fosse cego desse olho

Bruna_O que aconteceu?  Pra você ficar assim? 

Nevra_Eu... Eu... 

Ele não quis falar

Bruna_Não vou te obrigar!  Você fale se quiser

Fui me virar mas ele me puxou,  pela cintura e me beijou,  um beijo apaixonante,  meus braços abraçaram seu pescoço,  depois de alguns minutos assim nos se soltamos sem fôlego,  ele acaricia meu cabelo então diz

Nevra_Te contarei quando sairmos daqui

Ele foi andar e quase caiu

Bruna_Não faça esforço volte a cama! 

Nevra_Aiiii

Bruna_Calma eu te ajudo

Ajudo ele a deitar

Nevra_Me desculpa,  por tudo eu... Eu... 

Bruna_Nevra não se esforce durma 

Nevra_EU A AMO... sei que você não acredita mas é verdade

Meu coração acelerou de emoção,  me aproximo dele e dou um beijo na testa dele

Bruna_Durma um pouco

Ele fez sim com a cabeça,  sento na cadeira e espero ele dormi acabo dormindo junto

"POV  ?????? "

Chegou a Hora de atacá-la e leva-la,  eles devem ter muita grana

"POV NEVRA"

CONTINUA....  CONTINUA






Notas Finais


Obrigado por lerem aqui desculpa me os erros até flws tchau


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...