História O amor é um jogo - Capítulo 16


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Visualizações 63
Palavras 1.166
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oie meus amores
Estou de volta com mais um capitulo pra vocês.

Desculpem qualquer erro. E vamos ao capitulo.

Capítulo 16 - Hora do grande show


Fanfic / Fanfiction O amor é um jogo - Capítulo 16 - Hora do grande show

A pressão é uma coisa engraçada. Ela faz com que algumas pessoas surtem, como aquele cara do MIT, que decidiu matar metade do corpo estudantil, com um rifle de longo alcance por te tirado B na prova final. Ela também faz com que algumas pessoas falhem. Caiam. Desmoronem. Congelem.

Não sou igual a essas pessoas. Funciono bem sob pressão. Ela me induz, me leva ao sucesso. É meu elemento. Como um peixe na água.

Então naquela manhã vou para o trabalho animado e bem cedo. Vestido pra matar. Com uma expressão confiante no rosto.

É hora do grande show.

Rose e eu chegamos a sala do meu pai as nove em ponto. Não consigo não olhá-la. Ela parece bem. Confiante. Empolgada. Pelo visto, ela reage ao extresse da mesma maneira que eu.

Meu pai nos explica que Baek Jungki ligou para ele avisando que chegaria antes do previsto na cidade. Amanhã a noite mais especificamente.

A maioria dos empresarios costumam fazer isso. Adiantar a sua reunião de ultima hora. É um teste. Para ver se você esta preparado e se lida bem com o inesperado. Sorte minha. Eu estou e posso.

Então começamos. Eu insisto para que as damas sajam primerio. 

Assisto a apresentação de Rose como uma criança admirando um presente na árvore de natal. Mas a Rose não sabe disso, claro. Minha cara é a indiferença em pessoa. Mas por dentro mal posso esperar para ver o que ela conseguiu fazer. 

Não estou frustrado. Não fale para ninguém que disse isso~ vou negar até a morte~, mas Rose Price é incrível. Quase tão boa quanto eu. 

Quase.

Ela é direta, clara, e muito persuasiva. Os planos de investimentos que apresenta são unicos e criativos. Destinados a render muito dinheiro. O unico problema é que ela é nova. Ainda não tem os contatos certos para fazer tudo isso acontecer. Como ja disse, uma parte disso~ uma grande parte~ é ter os contatos certos. Ter as informações sigilosas e os segredos sujos que pessoas de fora não conseguem acessar. Portanto, mesmo as propostas de Rose sendo poderosas, elas não são totalmente viáveis. Não são vencedoras.

Por outro lado minhas propostas são sólidas pra cacete. As empresas e os investimentos que apresento são bem conhecidos e seguros. Falando em benefícios, meus lucros projetados não são tão altos quanto os de Rose, mas são verdadeiros. Seguros.

Após concluir a minha apresentação, sento-me ao lado de Rose. Esta nos vendo lá? Ela com as mãos cruzadas no colo, a postura reta, e mostra um sorriso confiante e satisfeito nos lábios. Eu inclinado no sofá, com a postura relaxada, e um sorriso de confiança semelhante ao dela.

Você ai fora que me acha um bosta, observe com atenção. Você vai amar essa parte.

Meu pai limpa a garganta e posso ver o brilho de empolgação em seus olhos. Ele esfrega as mãos e sorri.

- Eu sabia que meus instintos estavam certos desta vez. Não consigo descrever como estou impressionado com o que me trouxeram. E está óbvio quem deve seguir com Baek.

Ao mesmo tempo, Rose e eu trocamos um sorriso malicioso, com um ar triunfante em nossos rostos.

Espere só...

- Os dois.

A ironia é mesmo um pé no saco, não é?

Nossos olhos se voltam para o meu pai e os sorrisos desaparecem de nossos lábios mais rapido que um cometa. Nossas vozes surpresas falam ao mesmo tempo.

- O que?

- Como assim?

- Com seu talento para investir, Rose, e seu know-how sólido, Hoseok, vocês dois serão perfeitos juntos. Uma equipe imbatível. Os dois podem trabalhar na conta. Quando ele fechar conosco, vocês podem compartilha-lo, a carga de trabalho e o bônus, meio a meio.

Compartilha-lo?

Compartilha-lo?

Será que o velho enlouqueceu de vez? Será que eu pediria para ele compartilhar algo no qual ele se matou para fazer. Por acaso ele deixaria alguém dirigir o seu Mustang conversível vermelho de 1965? Ele abriria a porta do seu quarto para outro homem entrar e transar com sua esposa?

Tudo bem, fui longe de mais. Retiro o que disse~ levando em conta que sua esposa é minha mãe. Esqueça que já mencionei minha mãe e a ação transar na mesma frase. Isto esta...errado. Em muitos niveis.

Mas pelo amor de Deus, diga que me entende.

Meu pai deve finalmente ter nos olhado. Pois pergunta:

- Isso não sera um problema, certo?

Eu estava pronto para dizer o quão grande é esse problema. Mas Rose passa a minha frente.

- Não senhor Jung. Problema algum.

- Perfeito~ ele bate palma e se levanta~ tenho um jogo em meia hora então vou deixar na mão de vocês. Vocês tem até amanhã a noite para coordenar suas propostas. Baek estará no Jihwaja as sete.

Após falar isso ele me lança um olhar fatal:

- Eu sei que você não me decepsionara, Jung Hoseok.

Merda.

Não importa que você tenha sessenta anos. Quando seu pai fala seu nome completo, ferra com todos os seus argumentos contra ele.

- Não senhor, não irei.

E, assim ele sai. Rose e eu continuamos sentados no sofá, nossas expressões estão atordoadas, como sobreviventes de um ataque nuclear.

- "Não senhor Jung. Problema algum"~ resmungo~ será que da pra ser mais puxa-saco?

Ela sussura.

- Cala a boca, Jung Hoseok.

Depois suspira:

- O que faremos agora?

- Bem, você poderia fazer o que é certo e desaparecer~ claro, como se ela fosse fazer isso.

- Vai sonhando.

Eu sorrio maliciosamente.

- Na verdade, sonho com você se debruçando em algo...e não desaparecendo.

Ela faz um som de repulsa.

- Você consegue ser mais nojento?

- Eu só estava brincando. Por que você tem que ser tão seria o tempo todo? Você devia aprender a não ficar brava por causa de uma piada.

- Eu aguento uma piada~ ela fala, parecendo ofendida.

- Ah é? Quando?

- Quando a piada não é feita por um idiota infantil, que acredita ser um presente que Deus deu para as mulheres.

- Não sou infantil.

Mas um presente de Deus? Meu histórico prova tudo.

- Ah, vá se fuder.

- Ótima resposta Rose, super madura.

- Você é um babaca.

- E você é uma...uma Sunhee.

Ela para por um segundo e me olha sem entender nada.

Vamos dar uma pequena pausa aqui. Pois você também não deve ter entendido nada, não é?

Bom Jimin e eu a alguns ano atras demos um apelido para a minha irmã. Para nos ela é: A vaca.

Mas eu uso a palavra vaca do jeito mais carinhoso possível, eu juro. Mas é que ela é chata, teimosa, insistente, e outras coisas mais. Mas agora vamos voltar.

- O que isso significa?

Pense sobre isso. Isso irá te atingir.

Esfrego minhas mãos em meu rosto.

- Beleza. Não vamos chegar a lugar nenhum com isso. Nós dois ainda queremos o Baek, e o unico jeito de cobsegui-lo é trabalharmos juntos. Temos...trinta horas para fazer isso. E ai, você topa?

Seus lábios se apertam demonstrando determinação.

- Você tem razão. Eu topo.

- Me encontra em minha sala daqui a vinte minutos e começamos.

Espero ela discutir comigo. Perguntar por que em minha sala e não na dela. Como uma dona de casa mandona. Mas isso não acontece. Ela apenas me diz: "Ok". E sai da sala para pegar o resto de suas coisas.

Estou surpreso.

Talvez não seja tão ruim como eu imaginava.


Notas Finais


Por hoje é isso amores.
Eu sei que saiu um pouco tarde, mas prometo tentar postar os proximos mais cedo.

Beijinhos 😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...