História O amor entre uma mentira - Capítulo 46


Escrita por:

Postado
Categorias Thor
Personagens Frigga, Heimdall, Hela, Lady Sif, Loki, Thor
Tags Marvel, Romance, Thorki, Vingadores
Visualizações 16
Palavras 870
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Fantasia, Festa, Ficção, Lemon, LGBT, Magia, Romance e Novela, Suspense, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 46 - Hugo Collins


Fanfic / Fanfiction O amor entre uma mentira - Capítulo 46 - Hugo Collins

Hugo, estava lindo com seu terno branco, olhando para o mar, era as férias do mesmo, era incrivelmente lindo o Havaí, ele estava encantado com tanta beleza. Tomando seu champanhe, maravilhado com a beleza de da praia. – Quando olha de relance para Beatrice, que agora não sabia se respondia o olhar ou sorria para o mesmo. – Você me deixa sem graça, senhor Collins. – Eu que estou realmente encantado com o seu maiô e sua canga, está exuberante, e esse chapéu e óculos. Ele lhe deu a mão, e entrelaçou no dela. – Acha que o Thor, vai estar no hospital? – Acho que sim, mas saiba que já contratei um detetive para conseguir seus filhos de volta. – Eu não suporto imaginar, que já faz trinta dias, e não tenho eles nos braços. – Hugo disse com um sorriso, e beijou o rosto de Beatrice – Você estava linda de grávida, eu sempre admirei você, gordinha. - Ela revira os olhos – Para de brincar comigo – É sorrri. – Porque está de terno?- Hoje é um dia especial, senhorita, Beatrice. É será mais ainda se formos naquele restaurante que lhe indiquei. – Eu não quero restaurantes – Ela disse amuada, eu quero meus filhos. – Eu sempre estarei do seu lado – Hugo, beija a mão dela.

- Pare de me galantear, e por favor, se tiver notícias dos meus filhos, eu quero saber – Ela fixa os olhos nele, e ele diz – Quer que eu lhe de a senha do meu celular? – Os dois acabam rindo.- Não acredito que teve filhos com o Thor, realmente você tem um péssimo gosto, precisa melhorar isso. Eu sempre te admirei como amiga, não quero que crie expectativas – Ela suspira – Estamos em um lugar abençoado, por favor, não fale desse jeito – Ele diz fazendo careta, e ela sorri para ele – Você é incrível, sabia?

Não vou deixar o Thor, te colocar as mãos em você e nem em seus filhos, eu prometo – Hugo acaricia o rosto dela, e ela fica vermelha – Se puder dar os meus filhos, agradeço. -Eu vou lhe dar mais um presente, mas tem que ir ao restaurante comigo, vamos? Já está ficando tarde, e você precisa se esquentar e comer.-

No Hotel Chateou Leblanc

 

Beatrice dentro do banheiro,  tomando o seu banho, e se arrumando.

 

-Beatrice, como você conheceu o Thor?- Ela apenas, não diz nada, e depois...........ahhhh, bom é uma longa história, e muito longa, e desnecessário falar disso, por favor.

Hugo, então fica na porta do banheiro, e sussurra - Eu te amo, muito, saiba disso, não vou desistir de você.- Ele sorri, e acaba se distanciando, e vai ainda a comoda, e pega as chaves do carro. - Te espero lá embaixo.

Ela apenas saiu do banheiro, e viu um colar cheio de diamantes, e pedras de esmeralda, e um cartão pequeno dizendo “Espero que goste, combina com seus olhos”, Lady Loki, acabou sorrindo, e ficando admirada pela bela escolha do colar, não sabia se aceitava ou não, mas usou mesmo assim, quando foi para frente do espelho. Ele era maravilhosamente encantador, sabia sua cor favorita, sua comida favorita, e seus jeitos, ele era tudo que Thor nunca foi, mas ela tinha medo, medo de sofrer novamente.

Então, Lady Loki, começou a se maquiar, e arrumar, seu cabelo, e tudo que deveria, e pegou sua bolsa, pequena. É saiu pela porta, a procura de Hugo Collins. Então, foi para corredor de tapete vermelho, e seguiu para corredor enorme, e desceu as escadas. Quando ela desceu, havia pétalas de rosas jogada ao chão, ela ficou surpresa, e admirada, e uma limousine na frente do Hotel. Ela estava com a boca aberta, e a porta aberta do carro, e Hugo, a chamando alegremente. - Vem sua boba, e para você, não quer ir a pé.

Dentro do carro, havia ele e seu boquê de rosas vermelhas, ele estava lindo, e quando viu ela sentar ao seu lado, sentia-se completo, sabia que ela seria seu porto seguro, não era de admirar que fez de tudo para afastar-lhe de Thor. - Diga-me, o que devo fazer, para te ver feliz? 

Quando ela sentou, sentiu-se feliz, mas não estava pronta para tudo aquilo, achou um exagero, queria algo simples, não precisava ser algo exuberante - Meus.....- Ele colocou o dedo nos lábios dela, e depois aproximou seu rosto, e a beijou intensamente. Ela, então cortou o beijo, e ficou olhando, ele quando o mesmo queria beija-la novamente, ela recusou, e ele ficou triste, e disse - Eu sou loiro, tenho olhos azuis, só não sou bombado, e  tenho um martelo maneiro, mas sou muito melhor que ele. - Ela olhou para ele e riu - Não precisava ser tão ciumento, e chato assim, não precisa ir com pressa, apenas curta o momento, eu quero ser feliz, mas.....Preciso arrumar minha vida. É meus filhos comigo serão meu primeiro passo, não quero perder meu foco. - Ele arqueia uma sombrancelha - Eu jamais quero que perca o foco sobre isso,  mas precisa relaxar.

- Acredite em mim, quando tiver filhos, vai saber essa sensação de angustia e sofrimento - Ela diz olhando para a janela do carro - Se quer me ver feliz, apenas faça meu sofrimento ir embora.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...