História O amor impedido. - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Agust D / Suga
Visualizações 5
Palavras 539
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Ficção Adolescente
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Estupro, Insinuação de sexo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Vamuss..

Capítulo 3 - O AMOR IMPEDIDO.EP3


Fanfic / Fanfiction O amor impedido. - Capítulo 3 - O AMOR IMPEDIDO.EP3

Era aquele mesmo homem que estava correndo atrás da gente, como ele conseguiu chegar até aqui? Será que ele é o pai do Tae? mesmo se ele for, ele sabe onde é a casa do filho..Ai que droga e ele me olhava como se fosse sugar minha alma.-
??: pensou que ia fugir?
S/n: não se aproxime.
??: cadê o Taehyung?
S/n: Não está em casa..
??: ótimo, assim podemos brincar um pouco..*me olha com malícia.*
S/n: claro que não irei "Brincar", e principalmente com você!
??: voce vai ter que me obedecer.. se não sua família sofre as consequências..
S/n: Nos não estamos em Seul pra você fazer algo.
??: mais meus amigos estão..
S/n: não vou mesmo.
??: vem.. *diz me puxando para o quarto*
S/n: SOCORRO. *Grito o mais alto possível.*
??: não adianta gritar..
S/n: SOCORRO.
??: Para de gritar..
S/n: SOCORRO.*Grito muito alto, fazendo o homem cair no chão e solta e o meu braço.*
??: o-oque???
- Graças a gdragon alguém ouviu, e foi bater na porta.. eu ia atender mas o homem não deixou eu ir, então eu comecei a gritar.-
??:não vai á lugar nenhum..
S/n: ME TIRA DAQUI TEM UM LOUCO AQUI DENTRO.
* Quando eu vejo a porta arrombada, e não era o vizinho era o Taehyung. *
Tae: DE NOVO ISSO PAI, JÁ FALEI PRA DEIXAR ELA EM PAZ!
??: filho..
Tae: FILHO NADA, EU NÃO SOU SEU FILHO.. SAI DAQUI!
??: COMO ASSIM NÃO É MEU FILHO?
Tae: EU TENHO VERGONHA DE TER VOCÊ COMO PAI, AGORA SAI!
??: SE EU FOR ELA VAI COMIGO!
Tae: Ah, mais não vai mesmo!
* O homem estava me puxando para fora da casa,mais o pai do Taehyung cai no chão por conta do soco que o Tae deu, não sabia que tinha coragem de bater no próprio pai..*
Tae: SAIA!
- Ele se levanta e vai em direção á porta..-
??: S/n, outro dia nos brincamos.. * ele me OLHA malicioso*
*ele sai*
Tae:ELE IRIA TE..*Interrompido*
S/n: sim ele iria me estuprar..
Tae: S/n.. *ele me abraça*
Tae: me desculpa, era pra eu ter ficado aqui!
S/n:não precisa se desculpar, a culpa não é sua!
*Nossos rostos ficaram muito próximos.. até que ele pergunta.*
Tae: V-você q-quer dormir?
S/n: s-sim... Eu durmo aqui no sofá.
Tae: No sofá?
S/n: sim..
Tae: Você não quer dormir comigo no meu quarto?
S/n: É melhor aqui.
Tae: então vai passar frio, pois não tem coberta.
S/n: tá. * faço cara de irritada*
Tae: vai dormir comigo?
S/n: sim, sou obrigada.
Tae: Vem! *ele me puxa.*
*Ele acaba tropeçando, e como nós estávamos correndo de mãos dadas, acabei caindo junto.*
- Mais eu cai em cima dele..-
S/n: .....
Tae: D-desculpa..
S/n: não tem problema.* quando eu ia me levantar ele me puxa, fazendo que nossos rostos ficam colados, e assim começa um beijo feroz e quente.*
Tae: desculpa de novo, mais eu não resisti.* me olha com malícia.*
S/n: também não resisti..*retribuo o olhar.*
(AUTORA: AAAAA TÔ MORRENDO AQUI.)
* Logo sinto seu membro, olho para o Tae corada, e ele também fica sem graça..*
Tae: olha como você me deixa!
S/n: desculpa.. mais não foi minha intenção..
Tae: haram sei..
==CONTINUA==







Notas Finais


Próximo é +18.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...