História O amor indireto - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Hora de Aventura
Personagens Fionna, Marshall Lee, Principe Chiclete
Tags Aventura, Revelaçoes, Segredos, Yaoi
Visualizações 16
Palavras 268
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Esse episódio vai ser mais romântico e sem aquela pegada sexual

Capítulo 4 - O fim- É muito amor


-----Visão do Príncipe Chiclete----

Acordamos quando o sol batia em nossos frágeis rostos. Pelo menos o meu. Marshall Lee me deu um selinho e eu sorri corado. Ele devolveu o mesmo sorriso. Demos um abraço quente e levantamos da cama. 

-Bom dia Chiclete- disse o vampiro

-Bom dia Marhsall- respondeu

Marshall já ia pegar um boné meu pra ir embora, mas eu falei pra ele ficar pro café da manhã. Ele acenou com a cabeça e desceu voando ao térreo. A Mordomenta já preparou o café e eu fui correndo pegar. Desci as escadas e peguei o café da manhã

-Obrigado Mordoma- eu falei

-Denada Príncipe 

-----Visão do Narrador----

Depois de terem tomado o delicioso café da manhã, Fionna e Cake chegaram as duas bem dispostas e alegres. Queriam ver os dois dando aquela briguinha denovo. Os dois aceitaram, mas piscaram disfarçadamente. Fionna ficou desconfiada, mas assistiu.

------Visão do Marshall Lee----

Nós começamos a brigar e dar uns tapinhas bem fracos. Eu dei os mais fracos, mas bem que o Chiclete disfarçou bem. Ótimo, depois dos tapas, tropeçamos denovo e caímos que nem ontem. Mas dessa vez, eu e o Príncipe sorrimos um para o outro e demos um beijinho rápido. Ficamos corados, mas levantamos. A Fionna ficou com o queixo quase caído e gritou

-Sabia, sabia, sabiia! 

-Sabia o que Fionna?- falou Chiclete, meio confuso e ingênuo 

-Vocês se amam! Hahaha

Eu dei um peteleco na Fionna e ela foi voando até uma grama doce. Ela ficou tontinha e a gente riu pra caramba.

Foi muito amável passar o tempo com o Príncipe Chiclete, afinal

------Chiclete e Marshall-----

Afinal de contas, isso é muito amor ♡

☆Fim da história meus bebês☆



Notas Finais


"Ame quem você quer amar, independentemente do gênero; eu não vou ter essa experiência, mas um dia quem sabe"
"Se você for gay ou lésbica e te consideram como um erro, seja um erro feliz, sua alma gêmea pode estar na sua mira"
~O autor~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...