História O Amor Mora ao Lado ( yoonkook) - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Drama
Visualizações 134
Palavras 891
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção Científica, Musical (Songfic), Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Achei fofo esse capítulo

Capítulo 7 - Capítulo 5


Na tarde seguinte , a campainha de jungkook tocou Yoongi estava do lado de fora , apoindo-se no batente da porta. Ele abriu um sorriso lento e leve , de fazer parar o coração.

- Como anda Cléo?

- Bem. Ela está mais carente , mas , fora isso , tem se comportado como costume.

- Levei cão para ser castrado. Ele tem ficado mais recluso ultimamente.

Jungkook precisou aperta os lábios para não sorrir. No que lhe dizia respeito , seria bom que cão contivesse seus modos promíscuos .

- posso entra ?

Jungkook não sabia ser era uma boa ideia deixa Yoongi entrar no apartamento.

- Tudo bem - ele disse , abrindo o caminho então ele cometeu o erro de lhe perguntar se aceitava algo para beber e Yoongi respondeu que aceitava um café. Como ele não tinha café pronto , teve de preparar .

Para seu espanto , Yoongi estava determinado a ajuda-lo. Ele ligou a água e mediu a quantidade de grãos , o tempo todo reclamando internamente do quando sua cozinha era pequena. Quando ficou nas pontas do pés para pegar as canecas , ele passou por trás dele e encostou todo o seu corpo nele.

O café ficou pronto Yoongi o seu puro e forte , e esperou enquando jungkook diluía o dele com leite , antes de volta à saída.(A: vou pula algumas parte estou com preguiça de escrever OK?)

- Cléo é uma gata linda - ele disse , com uma voz arrastada , sexy, que fez com que Cléo ronronasse e o coração de jungkook acelerasse.

- obrigado 

- jungkook - A voz arrastada e sexy voltou - venha aqui .

- P...por quê?

- quero que sinta a barriga da Cléo

- ainda ta muito cedo demais para sentir os filhotes - ela protestou e praticamente pulou da cadeira. Ele sabia exatamente o que estava fazendo com ela e estava gostando da situação. O rosto de jungkook corou

Ele correu até a cozinha. Abriu a torneira , encharcou uma esponja e linpou o balcão , que já estava limpo. Se ao menos ele fosso embora! Mas seria um milagre. Ele a tinha em suas mãos e não estava disposto a desistir.

Yoongi foi até a cozinha e ela fechou os olhos , pedindo s deus que lhe desse forças.

- foi gentil de sua parte passar aqui - ele esperava que ele fosse embora antes que fizesse papel de bobo

- por que você recusou meu convite para jantar ?- ele perguntou 

Ele podia jurar que ele estava atrás dele , a apenas alguns centímetros de distância , mas não ousou se virar 

- jungkook ?

Ele abriu o armário e pegou uma lata de comida para gatos 

- Acho que não é uma boa idéia nos envolvemos.

- por que não ?

- tudo bem sermos amigos , mas...

- não amigos demais.

- Exatamete seu coração continuava batendo em velocidade máxima , bradando alto em seus ouvidos. Ele não tinha coragem de olhar para ele . não conseguia , não sem ele percebesse que ele não estava diferente de como Cléo estava com Cão.

- olhe para min - ele pediu delicadamente. Ele não obedeceu ;ele colocou as mãos em seus ombros e lentamente o virou de frente para ele . então , correio dedo pela face de jungkook

- olhe para min - ele repetiu 

Jungkook fechou o olho e abaixou a cabeça 

- Acho que é melhor você ir embora.

Usando o polegar , Yoongi levantou o queixo dele .

- abra o olho 

Ele não tinha outra escolha a não ser fazer o que ele pedira. Reluntamente , os olhos de jungkook se abriram e seu olhar se encontrou com o dele 

- eu me lembro do dia em que você se mudou para cá.- ele disse suave e claramente. Seu olhar estava sombrio e intenso.- percebi naquele momento o quando queria conhecê-lo . havia algo vulnerável em você. Algo que me dizia que eu teria de ser paciente. Então , esperei . já faz um ano e ainda estou esperando , mas estou começando a perder a paciência.

- quem machucou você ? - ele perguntou.

Ele abanou a cabeça, indicando que não queria responder.

Ele então envolveu , atraindo para um círculo de proteção , consolando em seus braços

- Queria beija você - ele sussurrou , como se sentisse que precisava avisá-lo de cada passo que tomaria 

- Não - saiu dos braços dele 

- por que não ? - perguntou - jamais te mschucaria você ,jungkook. Jamais faria algo que não quisesse ou para o qual não estivesse preparado 

- Você acha que sou ingênuo - ele disse 

- ingênuo?

- você ama j hope 

- claro que amo.

Pelo menos ele não negou 

- quantas pessoas você tem em suas mãos? Não responda. Não quero saber. Só entenda uma coisa. Me recuso ser uma delas 

- jungkook...

- por favor , vá embora - ele cruzou os braços e levantou o queixo , dasafiado 

- não sem que você me ouça

- Não há nada que possa dizer que me faça mudar de ideia.

O sorisso de Yoongi zombava de jungkook 

- Nem mesmo se eu lhe disser que j hope é meu irmão?

- SEU IRMÃO - jungkook repetiu , pasmo 

- o que você achou que ele fosse ? - Yoongi perguntou - você presumiu que j hope e eu fôssemos amantes ? Como pôde pensar isso ?

- vocês estão sempre brigando e...  



Continua ?....



Notas Finais


Desculpa a demora


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...