História O amor (não) é doce Jikook - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Clichê, Jikook, Jimin Fofo, Jimin Iludido, Jimin!bottom, Kookmin, Top!jungkook
Visualizações 381
Palavras 1.011
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Fluffy, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


AEEE ATUALIZAÇÃO!!!!!
Nossa quanto tempo eu não atualizo essa fanfic!

Eu estava em hiatus por isso a demora...Eu ainda estou hiatus ele ainda não acabou 0/

Esse capítulo tá muito fofinho, tem drama porque eu adoroo um draminha haha

O capítulo foi betado pela @UrMyPenicillin

Espero que gostem e boa leitura <3

Capítulo 7 - Sobre o namoro


Fanfic / Fanfiction O amor (não) é doce Jikook - Capítulo 7 - Sobre o namoro

—Jungkook- sussurrei seu nome completamente ofegante, eu sou tão idiota por gostar de outro idiota.

—Você vai me perdoar?- pergunta, seu hálito quente bateu contra meu pescoço e isso me causou bons arrepios.

—Sim…- deveria fazer cu doce, mas porra Jungkook parece tão arrependido e no momento eu só quero essa boquinha na minha me beijando.

O moreno riu soprado antes de tomar meu lábios para outro beijo, ele apertava mais minha cintura enquanto entrelaça sua língua com a minha. Nosso ósculo era lento e viciante, eu queria apenas provar de sua língua e vise versa.

Suas mãos safadas desceram para minha bunda deixando um forte aperto ali, fico surpreso e solto um grunhido satisfeito.

Porra que pegada gostosa. Cada apertava que ele dava me fazia grunhir, nossas línguas procuravam por espaço e a minha era chupada de maneira gostosa. Meu ar já estava pouco mas Jungkook parecia querer continuar.

Separei minimamente respirando com dificuldade, a boca fina de Jeon estava vermelhinha e inchada e me dava mais vontade de continuar beijando ele.

Eu estou me sentindo tão bobo por Jungkook, deveria me preocupar com minhas inseguranças mas agora quero aproveitar de sua presença...Merda eu sou um bobo apaixonado.

—Vamos sair daqui- sua voz parecia irritada e isso me fez franzir o cenho, Jungkook desviou os olhos dos meus e olhou em outra direção, segui seu olhar um tanto confuso.

Me assusto quando vejo Taemin nos olhando pela janela, devo ter corado violentamente de vergonha—Ele tem nos olhando desde que você saiu da casa dele, isso está me irritando- fez um estalo irritado com a língua.

A fala de Jungkook me fez ficar confuso, ele não parecia gostar de Taemin. E não media esforços para demonstrar isso. Mas a situação era muito constrangedora, ninguém iria gostar de estar beijando alguém sendo que alguém te olha da janela.

No fim concordei com Jungkook e me afastei de si, dei um pulo e grunhi quando o moreno pegou na minha mão. Não achei ruim, eu adoro quando ele pega na minha mão, fingia que não gostava para vocês verem que adoro me fazer de difícil. Gosto de ficar de mãos dadas com ele, justamente porque nossas mãos parecem se encaixar tão bem, sem contar que a pele de Jungkook é macia e é gostosinho de sentir.

Começamos a andar inicialmente sem rumo (igual minha vida) não falamos nada para o outro, não tínhamos assunto. Só queríamos ficar em um canto aos beijos, me sentia levemente impuro com este pensamento.

Com o acontecimento de agora a pouco fiquei incomodado com algo, algo em mim me dizia para perguntar, porém eu estava medroso demais para fazer essa pergunta e estragar o clima entre nós dois.

—Por que não gosta de Taemin?- no fim perguntei, estava receoso? Claro que sim! Porém minha curiosidade era maior. Jungkook suspirou, ele colocou sua língua na bochecha uma ação que percebi que o moreno faz quando está desconfortável.

—Você quer que eu te leve em casa Minnie?- sua pergunta me pegou de surpresa, Jungkook fugiu do assunto e pelo jeito não quer falar sobre. Além disso taquei o foda-se, parecia que eu iria derreter com esse novo apelido fofo que ele me deu.

—Quero- fiz manha. Jungkook sorriu mostrando seus dentinhos fofos, me sinto um retardado por gostar até do dente de Jeon Jungkook.  

Ele começou a andar e o acompanhei com a curiosidade do porquê Jungkook não gostar de Taemin. Se ele não queria me contar não vou insistir, e estamos em um clima tão bom...Ah porra eu tô parecendo uma menininha apaixonada.

[...]

 

Havíamos acabado de chegar na minha casa, queria suspirar em desgosto por isso. Minha vontade era de ficar a tarde toda com Jungkook.

Paramos de frente para o outro ambos constrangidos, Jungkook me fitava parecendo querer falar algo. Não disse nada até que ele se pronunciasse.

—Não estamos mais “namorando” não é?- ele finalmente falou algo e me pegou de surpresa com sua pergunta. Jungkook havia feito aspas com os dedos na palavra “namorando” e eu entendi perfeitamente o que ele quis quis dizer. Lhe encaro por alguns instantes, perdendo-me por segundos na cor bonita de seus olhos, desvio o olhar e suspiro antes de responder.

—Era de mentira...e você estava me ameaçando com fotos- não olhei para Jungkook para dizer isso, o que ele estava fazendo comigo era sujo.

—Eu não tinha fotos- sua fala me fez o olhar imediatamente lançando-o um olhar acusador e confuso —Eu não tirei fotos suas Jimin- a intensidade que Jungkook me olhava me fazia tremer. Era a primeira vez que ele fala algo tão sério desse jeito, é confuso por que se ele não tinha as fotos por qual motivo estava me ameaçando? Ri fraco, em um riso sem graça por imaginar o motivo.

—Queria me fazer apaixonar por você para depois acabar com todos os nossos laços de afeto? Iria pisar em meu coração e acabar com todas as primeiras vezes que eu tanto sonhei? Você é suj-

—Não!- Jungkook interrompeu rápido minhas acusações—Não. Não é isso- olhou para baixo mexendo nervosamente em seus cabelos.

—Então por que me ameaçou?!- perguntei exasperado não gostando do rumo da conversa, nessa hora eu já havia me afastado de si. Estávamos em um clima tão bom por que ele tinha que tocar nesse assunto? Meus olhos começam a se encher de lágrimas, eu quero chorar mas não na frente desse babaca. Ele não estava me respondendo e pelo jeito não queria e nem iria fazer isso. Jeon abre e fecha sua boca parecendo se perguntar se fala ou não. Isso já estava me estressando, cansado da situação lhe dei as costas pronto para entrar em casa.

Estava decepcionado, Jungkook sempre será um babaca, está claro para mim que ele me usou. Jungkook disse que me faria apaixonar por ele e essa coisa absurda e inacreditável aconteceu.

—Tsc. Me fale logo o porque!- exijo cansado da situação. Me virei para Jungkook com raiva, eu queria socar seu rosto bonito. Bem até ouvir o que ele falou.

 

—Porque eu queria você princesa.


Notas Finais


Espero que tenham gostado do capitulo ^^
Peço que comentem...Por favor não sejam breves com um "continua" :(
Não sei quando vou atualizar....
Obrigada por ler e até o próximo capitulo.

Caso queria me fazer uma pergunta, criticar, elogiar ou até mesmo desabafar aqui está o meu curiouscat:
https://curiouscat.me/Jikook_We_Are


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...