História O amor não existe - Capítulo 10


Escrita por:

Postado
Categorias Shingeki no Kyojin (Attack on Titan)
Personagens Annie Leonhardt, Armin Arlert, Bertolt Hoover, Connie Springer, Dot Pixis, Eren Jaeger, Erwin Smith, Grisha Yeager, Hange Zoë, Hannes, Historia Reiss, Jean Kirschtein, Levi Ackerman "Rivaille", Mikasa Ackerman, Mike Zacharius, Personagens Originais, Petra Ral, Reiner Braun, Sasha Braus, Ymir
Tags Attack On Titan, Riren
Visualizações 52
Palavras 873
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Festa, Hentai, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


yooooyyyyy voltei meus lindos e lindas
sei que demorei muito mas vcs ja sabem as minhas razões e peço a todos q n me abondonem pois os amo muito e sem vcs eu n sou nada então agradeço a todos que continuaram comigo que entenderam os meus problemas beijoss e curtam a leitura

Capítulo 10 - O aniversário de Eren


Fanfic / Fanfiction O amor não existe - Capítulo 10 - O aniversário de Eren

ahh merda eu estava bêbado,mas também estava exitado,Eren me fazia perder a cabeça,eu fico extasiado toda vez que o vejo parece que no mundo só nós dois existimos,estava disposto a torbnar o meu desejo realidade,para ter Eren abaixo de mim chamando meu nome sem parar,dava para perceber minha intenções ali.

-bem Levi vamos parar por aqui,você num ta legal né? Vamos você tem que beber um pouco de água,e também eu tenho um remédio ótimo pra você!( Eren estava realmente sem graça,e muito corado)

Então eu o pego pelo braço,o jogo na cama e digo

 -Ah Eren você não passa de hoje.

minha voz saiu mais rouca que o normal,mas ali estava meu doce e adorável neko. Eren ficou muito vermelho,e aquela expressão que o mesmo fez me levou a perder o resto da sanidade que eu lutava para guardar.

 -N-não faz essa cara Eren,quanto mais essa expressão estiver no seu rosto mais minha sanidade arruma as malas pra ir embora,e se isso acontecer amanha você vai andar de cadeira de rodas meu pequeno gatinho

Eu estava por cima do mesmo o segurando com apenas uma das minha mãos,pude ver a expressão de quem dizia mentalmente'' me fudi ''

 -m-mas que merda essa disgraça ta bêbado e mesmo assim tem uma foça do caramba!( Eren falou baixo mas eu pude escutar e ri mentalmente)

Ele tentou se soltar mas quanto mais ele se debatia mais eu o apertava.

 -l-levi meu braço,p-por favor solte(ele disse com um pouco de lagrimas,de inicio pensei que seria uma mentira pra se livra de mim então resolvi afrouxar o aperto)

-ta bem,vou soltar mas se você tentar fugir vai sofrer as consequências entendeu(o pensamento que correu em minha mente me fez soltar um sorriso malicioso)-vamos fazer um pequeno joguinho,faça o que eu mando e eu te darei uma recompensa,mas se você me desobedecer vai pagar o erro.(aquela noite estava começando a se divertida)

 -m-mas o que você vai mandar eu fazer?(ah expressão de medo no rosto dele,medo do que vinha pela frente me deixou com mais vontade)

 -não se preocupe meu gatinho,vai ser uma noite bem quente (acabei por deixar outro sorriso malicioso)

 -ahnn?n-não isso não! Socorroooooo!

do nada um gato preto do diabo entrou no quarto e pulou em cima de mim arranhando a minha cara com aquelas garras afiadas pra caralho assim tive que sair de cima de Eren com o maldito gato na minha cara e então Eren começou a rir da minha situação,um riso gostoso de se ouvir,mas o gato não me deixava em paz.

 -Esse gato imundo me paga,arghh ele ta todo sujo que merda tire esse pestinha de cima de mim agora Eren(disse eu realmente puto de raiva)

Pude ver Eren enxugar lagrimas de tando rir.

-t-ta bom levi. Aoi venha aqui.

Eren chamou Aoi pelo que tudo indica aquele era o nome do gato do diabo,o mesmo parou de me atacar e foi ao encontro de Eren e sentou no colo dele,o mesmo começou a fez carinho no gato e o pestinha ronronava admito que a cena e fofa.

 -droga esse gato acabou com minha noite,perai ai Eren o que é isso no chão?(quando percebi a enorme sujeira que estava por todo o comodo fique com vontade de matar aquele miserável de gato)

 -unh?

 Quando ele olhou pro chão e viu as pegadas de lama do gato no chão,na cama,nas minhas roupas,na minha cara,e nas roupas dele, dava pra ver a aura negra dele. Quando o gato  olhou pra mim e pro Eren  ficou com medo eu acho por que ele saiu as pressas com um olhar intimidado.

 E então ele pro banheiro e tomou um banho e trocou de roupas,entrei no banheiro logo apos ele sair,e também deixou umas roupas para mim me trocar era apenas uma calça social com una camisa branca. Quando sai do banheiro nos pegamos os desinfetantes as esponjas e esfregões.

 -HORA DA LIMPEZA(falamos nois dois em coro com a mesma aorea assassina em volta)

 -Eren você vai pro andar de cima e eu vou pro andar de baixo.(falei autoritário)

 -claro.

 Cada um foi pro seu canto fazer a faxina. Quando terminei o andar de baixo ele veio falar comigo dizendo que já tinha terminado o andar de cima.

 -levi terminei aqui em cima.

 -otimo vou fiscalizar va limpar a cozinha.

 -sim.

 -Eren!isso aqui ta horrível venha limpar de novo.

 -sim.

 -Eren,o banheiro ta imundo venha limpar de novo.

 -sim

 E ficamos naquele corre corre ate o pessoal que estava na picina foi embora,era 3 da madrugada e esses malditos estavam bebendo todas e vomitando no chão de ceramica,e eu com minha mania de limpeza pior que a de Eren botei todo mundo pra correr e fui limpar,deixei tudo brilhando sempre tive muita agilidade. Quando terminamos eram 5 da manha,nessa hora eu já estava bastante sóbrio e fui peguei as minhas coisas,quando ja estava fora acabei dizendo

 -tchau Eren,na próxima vez que eu quiser te comer e aquele seu gato endiabrado me atacar eu mato ele e vou te punir também(e mais um sorriso malicioso escapou de meus lábios)

sai de lá e deixei um tomate na porta,ele estava tão vermelho quanto um,e apenas escutei de longe um

- n-nani?

Este foi um dia realmente divertido!


Notas Finais


cheguei cheguei chegando ;-)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...