1. Spirit Fanfics >
  2. O Amor não existe. >
  3. Capítulo 1- Um novo começo.

História O Amor não existe. - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Espero que tenham uma boa leitura.☆☆

Capítulo 1 - Capítulo 1- Um novo começo.


Fanfic / Fanfiction O Amor não existe. - Capítulo 1 - Capítulo 1- Um novo começo.

Desde de pequena, nunca acreditei no amor. Não por que eu tinha uma vida triste, mas sim por que pra mim, sempre foi um assunto ridículo e talvez complicado.

Me chamo Chibari Ann, meu irmão e  eu viemos de uma família muito simples, até o dia do acidente. Desde então, aos 11 anos de idade, fomos adotados por uma família rica de Kyoto. Sempre tivemos tudo ao nosso alcance, boa educação, planos de saúde ótimos e uma família que nos ama. Agora com 16 anos no começo do ensino médio, meus pais resolveram voltar para a minha cidade natal, Tokyo.

Ann: - Ainda não entendi por que vamos para Tokyo.

Guinko: - Deve ser por causa da parceria que o papai fez com aquela empresa.

Ann: - É, deve ser isso.

Enquanto meu irmão guardava as caixas da mudança eu as fechavas. Mas sempre pensando na mesma coisa, " Por que vamos voltar?". Não que isso fosse um problema, mas, sinceramente, não dava para acreditar.

****************************************

Raychell:_ Então vocês estão voltando pra cá?

Ann:_ Raychell eu disso isso faz um tempão! - Nem parece que estou falando disso o verão todo, ninguém merece.- Você não toma jeito né?

Raychell:_ Desculpa, é que é tanta empolgação que nem parece verdade!! Tô tão animada para estudar com vocês!

Albert:_ Senhorita Ann, o carro já chegou.

Ann:_ Já vou Albert. Falo com você quando chegar em Tokyo, até mais Ray.

Raychell:_ Até mais, boa viagem.

Sério, essa garota, ninguém merece. Crescemos todos juntos, mas ela nunca muda. 

Ao descer as escadas pude ver que Guinko já me esperava, junta com o Albert, um dos nossos melhores mordomos.

Guinko:_ Vamos logo, se não perdemos o vôo.

Ann:_ Já tô indo, calma!

Quem diria que voltar para Tokyo seria tão estressante. Mas talvez valha a pena. Não passo naquela cidade já faz cinco anos. Será que mudou muito? Espero que não. 

Já faz uma semana que as aulas começaram, Ray está muito animada para estudarmos juntas novamente. Nos conhecemos quando eu tinha uns seis ou sete anos, foi no verão,  me lembro de algumas coisas  mas, só sei que desde então viramos melhores amigos, mesmo não sabendo o que é amizade direito. É difícil entender esses sentimentos, são estranhos, por exemplo, por que quando alguém ou algo morre as pessoas ficam tão tristes, não como se ele(a) fosse embora para sempre, parece até que as memórias vão se apagar. Por isso que não sou apegada as pessoas.

Enquanto o avião nos levava pra Tokyo, o Guinko ficava falando sobre várias coisas que gostaria de ver.

Guinko:_ Cara, vai ser muito legal rever todos, será que o Kou já arranjou uma namorada?

Ann:_ Como eu vou saber, ele nunca fala conosco. - Kou é primo da Ray, por sempre estar na casa dela, acabamos nos tornando amigos.

Guinko:_ Aposto que ele vai surtar quando ver você. Lembra, vocês sempre foram muito amigos, aposto que ele vai até chorar.

Ann:_ Acho difícil.

Não estou tão ansiosa pra vê-lo, mas fazer o que né.

***************************************

Acabamos de chegar, esse vôo demorou uma eternidade, já tá de noite. Melhor arrumar algumas coisas pra não ter muito trabalho amanhã.

Diane:_ Toc Toc, posso entrar?

Ann:_ Ah, oi mãe, pode sim.

Diane:_ Então, animada pra amanhã? Vai ser a primeira vez que vocês vão para uma escola Municipal não é?

Ann:_ Sim, não tô tão animada assim, mas tudo vai ficar bem.

Diane:_ Tem razão, mas não se preocupe muito, vá dar tudo certo. Suas roupas estão no armário tá bom, tenho uma boa noite.

Ann:_ Obrigada, boa noite mãe...

Diane:_ ...

Amanhã é um novo dia, espero que tudo dê certo. 

****************************************

Acordo as seis da manhã, tomo um banho, começo a me arrumar e saio com o meu irmão às sete, a aula começa às sete e meia, como são uns vinte minutos da escola até em casa, então decido passar na secretaria só para ver se está tudo certo e em que sala nos estamos. Incrivelmente a Ray acertou, estamos na mesma sala, menos o Kou, parece que ele é da 2-C é nos da 1-B, tinha me esquecido que nos temos um ano de diferença. Tenho a impressão de que estou esquecendo alguma coisa...

Ray:_ Aaaah, Ann!!

Ann:_ Ugh!

Ray:_ Você não me ligou hoje de manhã!

Ann:_ Não precisa gritar. - Como ela é barulhenta- Desculpa, me distraí.

Ray:_ Da próxima vez eu vou ficar sem falar com você o dia todo!

Ann:_ Aí aí, tá bom, agora me larga! Vamos entrar logo , a aula já vai começar.

Ao me largar percebo que Guinko está do meu lado. Ao cruzar essa porta, nossas vidas irão mudar, espero que não seja tão ruim assim.


Notas Finais


Oi gente!! Espero que tenham gostado, essa é a minha primeira fic, vou tentar melhorar cada vez mais ao longo dos capítulos. Desculpe quaisquer erro de digitação, se tiverem alguma dúvida é só perguntar.
Até o próximo capítulo.☆☆☆


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...