História O amor nunca acaba - MIN YOONGI - Capítulo 99


Escrita por:

Postado
Categorias Agust D / Suga, Bangtan Boys (BTS), EXO, Got7, Monsta X
Personagens Jackson, JB, Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Mark, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Sehun, Suho, Won Ho
Tags Drama Ilusões, Morte, Romanceromance
Visualizações 19
Palavras 1.202
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, LGBT, Mistério, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 99 - Promete?


Fanfic / Fanfiction O amor nunca acaba - MIN YOONGI - Capítulo 99 - Promete?

Suho on

Eu tenho medo de perde a mulher que eu amo morrer, eu tenho medo de dizer um único adeus, tenho medo de acorda e ela não estar ali para eu poder beijar de manhã mesmo ela dizendo que está com bafo, tenho medo de não sentir mais seus toques, tenho medo de não ouvi-lá dizer " eu te amo" e eu responde com " eu também", mas se eu ficar com medo toda hora vou perde-lá sem ao menos fazer sacrifícios pela a mulher mais bela aos meus olhos. Penso.

- Amor?. Letícia me pergunta olhando em meus olhos.

- ah Desculpa estava pensando. Eu digo e abraço na cama.

-Eu sei o que estava pensando. Ela me diz .

- Eu não quero falar sobre isso. Eu digo com lágrimas em meu olhos.

- Tá tudo bem. Ela diz se aproxima de minha boca e me beija, eu amo tanto esses lábios, seu brilho labial de menta, sinto suas mãos em meus cabelos, sua língua entra em conexão com a minha, queria que o tempo parasse, mas isso não é possível, sinto a mesma sentar em meu colo, paramos de nós beijar e nos encaramos.

- Eu te amo tanto. Eu digo pego uma mecha de seu cabelo e ponho atrás de sua orelha.

- Eu também meu amor. Ela diz a mesma começa a rebolar em meu colo.

- Ahh Letícia não faça assim sabe como eu fico. Eu digo.

- Eu exatamente como você fica é por isso que estou fazendo. Ela diz baixinho em meu ouvido, a seguro e fico em cima da mesma.

- Você quer brincar agora as 8:43 da manhã?. Eu pergunto começo a beijar seu pescoço e ouço a mesma arfa.

- Não importa o horário, eu estou com você por mim ficaria o dia inteiro.Ela diz e sinto que lá embaixo está ficando apertado, abro os botões de seu pijama lentamente, a mesma está sem sutiã, vejo seus seios perfeitos, começo a chupar seu seio enquanto a mesma joga a cabeça pra trás arfando, quando termino de chupar seus seios, percorro meus lábios aos seus, enquanto a beijo sinto suas mãos em minha camiseta, me afasto de seus lábios e tiro a camisa, a mesma passa devagar às mãos em minha barriga, ela segura na beira da calça e me puxa fazendo eu cair em cima dela, começo a fazer trilhos de beijos de seu pescoço até a sua calcinha, vejo que a mesma está molhada, tiro sua calcinha lentamente.

- Abre as pernas pra mim, querida. Digo a mesma abre as pernas e me olha, abaixo a cabeço e começo a lamber seu clitóris.

Suho off

Letícia on

- ahhh assim. Digo gemendo 

Sinto sua língua novamente em mim, sinto minhas pernas bambas, enquanto ele mais me chupava, mas eu jogava a cabeça pra trás de tanta excitação, Suho para de me chupar e volta a ficar em pé, o mesmo tira sua calça junto com a cueca, ele fica novamente em cima de mim, sinto seu pênis raspando se leve em minha boceta.

- Me diz amor você quer que eu te foda?. Ele me pergunta baixinho.

- Quero. Eu digo o mesmo me penetra de uma vez e gememos juntos.

- Ahhh Letícia está mais apertada do que antes, assim eu não aguento meu amor. Ele me fala.

- Ahhh Suho mais forte ahh. Eu estava gemendo enquanto digo as palavras, o mesmo começa a ir mais rápido e bem mais forte, sinto seu pênis estocar em meu ponto G, dou um gemido alto.

- SUHOOO ahhhh. Gemi alto sinto minhas pernas fracas.

- isso amor assim goza pra mim. Ele diz e logo solta um gemido alto também, o mesmo desce sua mão até o clitóris e começa massagear.

- Ahhh Suho eu vou gozar AHHHH. Sinto me desfazer em seu pênis o mesmo contínua com suas estocadas.

- AHHH isso assim Letícia ahhhh. Ouvi seu gemido alto e logo sinto seu líquido em mim.

...

- Tchau meu amor depois a gente se vê ou outras coisas. Digo e ouço a risada de Suho.

- Mas tem certeza que não quer que eu fique?. Ele me diz.

- Tá tudo bem Suho eu vou ficar com ela. Raquel responde atrás de mim.

-Okay então Tchau amor. Ele vem até mim e me dá um selinho.

- Tchau Raquel. Ele diz a mesma dá tchau também, vai até seu carro espero o mesmo dá partida e fecho a porta.

- O que vamos fazer ?. Pergunta a Raquel.

- Bom, vamos tomar chá gelado no jardim. Eu digo e a mesma da pulinhos.

- ADOROOOOOOO CHÁ GELADOOOOO. Ela grita de felicidade e dou risada.

...

- Okay vamos levar as coisas. Ela diz a mesma pega as duas jarras de chá e eu pego os biscoitos, saímos da casa pela porta dos fundos e passamos pelo jardim cheio de todos os tipos de rosa, nos sentamos e colocamos as coisas em cima da mesa.

- e então xuxu como você está?. Raquel me pergunta, toda vez conversamos perguntava se eu estava bem.

- Você quer a sinceridade?. Pergunto.

- Lógico. Ela diz me encarando.

- Bom pra primeiro de conversa, eu não estou muito bem ultimamente, não como direito e não consigo fazer as coisas direito, me sinto fraca mais ainda contínuo feliz por você e Jackson. Eu digo sorrindo mais a mesma estava com a cabeça virada para o outro lado.

-Raquel?. A chama, ela vira para mim com seus lágrimas em seus olhos, seguro em sua mão.

- oh meu amore não chora vai ficar tudo bem. Eu digo.

- Como eu vou viver sem você no mundo? Comp vou viver sem te ver todo dia e dizer que amo minha irmã, eu não quero que você morra Letícia. Ela diz chorando a puxo e deito sua cabeça em meu cotovelo.

-Não vou te abandonar minha irmã de outra mãe, hahaha, não posso dizer que vou estar sempre aqui, mas vou estar aqui do seu lado em seu coração, vou ver você envelhece e brincar com seus netos e quando chegara a hora vou estar lá quando você estiver no seu último suspiro. Eu digo.

- Promete?. Ela me pergunta.

- prometo. Eu afirmo, e assim passamos a tarde vendo o por do sol.

Leticia off

Raquel on

Eu não tenho palavras pra dizer para me conforta, apenas fico passando suas palavras em minha cabeça " eu vou estar lá quando você tiver seu último suspiro", repasso e repasso roda vez que penso nela, lembro de quando nós nos conhecemos, eu estava lá quieta na minha até que ouço e vejo Letícia me chamar que nem louca, pensei no começo e frescura ela vai se distância, mas estive errada, os momentos felizes ela estava lá, nos momentos de raiva ela estava lá, nós momentos de perda ela esteve lá e nos momentos fe tristeza ela estava lá, mesmo tendo seus problemas viu que eu não estava bem, então invés de se ajudar ela me ajudou com tudo, lembro que ela foi a primeira a segurar Elizabette e eu Atenas foi os momentos mais belos de minha vida, eu agradeço todos os dias de ter ela em minha vida. Penso

- Letícia?. A chamo

- Sim?. Ela diz.

- Caso eu morra eu te amo. Eu digo a mesma abre um sorrisão.

- Caso eu morra eu te amo amore. Ela diz e foi minha vez de sorrir.




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...