História O amor que nasceu de uma amizade - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Undertale
Personagens Papyrus, Personagens Originais, Sans, W. D. Gaster
Tags Historia Original, Ink!sans, Mistério, Personagens Originais, Romance, Undertale
Visualizações 26
Palavras 1.165
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Fantasia, Hentai, Lemon, Magia, Mistério, Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Essa é só a introdução da primeira fanfic que eu escrevi, espero que gostem e desde já obrigado por ler heheh

Capítulo 1 - O Início...


Fanfic / Fanfiction O amor que nasceu de uma amizade - Capítulo 1 - O Início...

Em um multiverso onde todos os universos de Undertale existem juntos: por vários e vários anos, os monstros viviam no subsolo o qual era dividido por cidades .Porém... tudo mudou quando misteriosamente a barreira desapareceu, até hoje ninguém sabe explicar o motivo de tal acontecimento, depois disto acontecer, os monstros começaram a morar na superfície, juntos com os humanos, seguindo algumas leis, criadas com proposito de conseguir prevenir problemas como preconceitos, violências e coisas do gênero. embora não tenha sido bem assim que as coisas aconteceram, afinal existia e ainda existe muito preconceito (principalmente) por parte dos humanos contra os monstros que por sua vez (apenas alguns monstros) também possuíam preconceitos contra os humanos.

Uma ceta cidade é dividida por raça, ou seja, divide humanos e monstros, e também faz divisão entre pobres e ricos. Do lado rico, na casa mais linda, morava a família responsável pela criação das leis, a mesma inicialmente era composta por uma humana e um monstro que deixavam bem claro tanto a amizade deles quando o relacionamento amoroso, mesmo com a existência de todo esse preconceito, eles conseguiram se casar e após um tempo descobriram que o primeiro filho deles estava a caminho. Porém como nem tudo é perfeito, quando a humana estava com 6 meses de gravidez, a péssima notícia é dada a ela: um monstro foi assassinado e para a maior infelicidade dela, este monstro era seu marido, ela ficou tão desesperada que a mesma acabou passando muito mal. Sua gravidez que antes era sem risco algum, se tornou a gravidez com mais riscos que os médicos da cidade já haviam visto, tanto que varias e varias vezes, ela quase perdeu sua filhinha, a única “ coisa”  que tinha ficado dele para ela, a mais pura e inocente prova do amor deles, que mesmo após tudo, nunca iria deixar de existir. Como consequência, a humana ficou muito doente, e sua gravidez só piorava, cada vez mais, o que fez com que sua filha nascesse antes da hora, que nasceu doentinha, mas bem e com o corpo com partes humana e partes monstro, o que de certa forma, facilitava um pouco sua vida neste mundo imundo e cheio de preconceitos.

Porém, o esperado pelos médicos veio a acontecer, a humana não aguentou e veio a falecer minutos depois do nascimento.

 

[...Após um tempo, ou seja, alguns anos...]

 

 * Autora-Chan: Vamos apresentar os protagonistas certo?!  :3 *

 

A  primeira protagonista se chama Naghy, Naghy Miyamoto. De início ela tem 5 anos, a mesma foi criada pelas suas babás e seus empregados. Suas característica física é basicamente seus cabelos longos e rosa, olhos rosa mais claro que seu cabelo, sua pele branca, chegando até mesmo a ser pálida, a mesma também uma aparência mais velha, fazendo com que as pessoas pensem que ela tem uns 3 anos a mais do que realmente tem. Sobre sua expressão facial é na maioria das vezes séria, agora falando do seu jeito: ela é muito fechada, tanto que nem mesmo sua babá Nina, a qual cuida de tudo relacionado com suas educação, sabe como ela( Naghy) se sente, sendo impossível de saber quando a mesma está triste ou feliz.

Mas apesar disto, ela é sempre muito amável e carinhosa.

Seu maior sonho é acabar de uma vez por todas com todo o preconceito e deseja do fundo de sua alma que ambos, humanos e monstros, possam viver em harmonia mesmo que isso custe muito para a mesma.

Há sim, você deve está se perguntando “ onde está os pais dela?”  certo? ( espero que sim heheh ) , bem respondendo a está pergunta, ninguém sabe onde eles estão, ou será que sabe? E não quer contar por algum motivo... enfim deixarei você no mistério, pelo menos por enquanto.

Naghy tem duas babás, Nina, que como eu já havia citado cuida de tudo que envolva sua educação e sobrevivência, já a outra babá, se chama Marin e cuida do dinheiro da Naghy, pois a mesma é de uma família muito rica, porém a mesma não se importa com isso, nunca se importou com coisas fúteis como o dinheiro.

 

Bem, eu sei que é uma explicação bem curta e básica mas espero que com o passar dos capítulos, você consiga pegar a essência dos personagens.

 

Agora vamos para o segundo protagonista...

Ele é um monstro, esqueleto para ser mais exata, cujo o nome è Ink, Ink Sans. Ele é filho de um pintor, Ink! W.D. Gaster mas iremos chama-lo apenas de Gaster Ink.

Ink Sans desde que nasceu mora com a sua família na parte mais pobre da cidade. Apesar de Gaster Ink ser um pintor com pouco reconhecimento, ele trabalha para uma das famílias mais rica. Ink inicialmente tem 7 anos. Desde que ele conhece o mundo, o mesmo sofre bastante preconceito apenas por ser um monstro e de família humilde.

Passando para a sua aparência, o mesmo e um esqueleto branco, tem marca de tinta preta na “bochecha” direita, um de seus “olhos” é azul e o outro é amarelo em forma de estrela, com a capacidade de mudar de forma de acordo com as suas emoções. Ele nunca sai de casa sem seu cachecol marrom com degrade e sua roupa muda de evento para evento. Bem, agora indo para o seu jeito de ser, ele é um pouquinho fechado com quem não conhece e geralmente não fala sobre o que aconteceu com ele quando o mesmo tinha 4 anos, assim como a Naghy, ele também tem seus mistérios heheh, mas ao decorrer da história você irá saber deles, então não se preocupe com isso ok?! Heheh.

Sua expressão com seus amigos normalmente bem brincalhona.

Acho que você já deve ter percebido que eu sou péssima para descrever essas coisas heheh.

Para quem já “ conhece”  o Ink e tais, saiba que eu mudei tanto a história dele quanto a personalidade.

Está fanfic, assim como E.C.F ( a segunda fanfic que eu escrevi e a primeira que eu postei)  faz parte de um universo alternativo que eu criei, sempre gostei de criar histórias, mas nunca escrevia elas, porém isso mudou quando eu conheci os universos alternativos de Undertade e principalmente as fanfics, depois disso eu cheguei a criar alguns universos que ainda estão apenas na minha imaginação para só depois começar a escrever e postar.

Essa história que você está conhecendo agora foi a primeira que eu comecei a escrever heheh.

Sobre os universos dentro de um universo ainda maior, que eu chamo de multiverso Naghytale, pelo nome já deve dar uma moção da personagem principal deles ne?! Heheh, sim estes universos giram em torno da minha personagem Naghy, que em quase todos é muito pacifista, bondosa, amável...  inocente e coisas do tipo, porem dependendo do contexto do universo em questão, ela pode ter coisas negativas, como o desejo de vingança, o ódio, a maldade e coisas do gênero, mas tendo pelo menos um pouquinho de sua essência positiva...

Bem qualquer duvida e só perguntar.


Notas Finais


obrigado novamente =3 S2


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...