História O amor se encontra abaixo da água - Capítulo 25


Escrita por:

Postado
Categorias Voltron: O Defensor Lendário
Tags Klance, Romance, Voltron
Visualizações 158
Palavras 722
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção Adolescente, Hentai, Lemon, LGBT, Magia, Mistério, Orange, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi! COMO EU DISSE: Eu trollei LEGAL a diretora e não tive que ir para pra escola assistir uns trabalhos chatos pra- Mas enfim! O que importa é que eu estou aqui trazendo mais um capitulo. Espero que gostem e se ele ficou meio curto... Sorry T-T...

Capítulo 25 - Que... Vergonha Pidge me fez passar... NA FRENTE DO BOY!


- O KEITH SUMIU!!!!! - Serio, isso foi gritado tão alto que até os surdos ouviram.

- EITA PORRA!!!! - Dessa vez quem gritou foi o Tritão, sua atenção foi agora para a casa onde Keith e seus amigos estavam, mas até Keith se assustou com esse grito, e também foi nessa hora que: Ele tirou aos mãos da cara do rapaz, e também ele sentiu o sangue gelar. - Que que foi isso? - Perguntou o rapaz ainda assustado. 

- Essa não... - Disse Keith com aquela voz sofrega de: Vou apanhar da mãe, porque fiz caca. Tecnicamente, Keith se fodeu. - Tinha que ser a Pidge, aposto que até os surdos ouviram. - NUM FALEI!!!!

- Conhece essa gritona? - Perguntou a Tritão segurando o riso.

- Não só a conheço como tenho que conviver com ela. - Disse ele entre os dentes com a testa vermelha de raiva e um aviso para o tritão de: Ri de mim que você perde isso que você chama de rabo. Keith suspirou com agonia e com o pensamento de que todos da casa a ouviram dizer que ele sumiu e se o virem na praia dentro do mar, nunca mais iria sair de cara sem um acompanhante. Quando ele pensou que não podia ficar pior e ser humilhado ainda mais...

- KEITH!! - Keith perdeu a sanidade mental dele, ele apenas olhou para a casa e viu Pidge quase que pulando da janela, que se encontrava aberta, em um dos cômodos da casa, no segundo andar. Ela tinha um semblante desgrenhado, com o cabelo mais rebelde que tudo, os óculos com as lentes embaçadas e meio torto na cara da garota que se encontrava afegante e com uma cara de pura raiva. - SEU FILHO DA PUTA!!! ARROMBADO, TROUXA, RETARDADO, FILHOTE DE CRUS CREDO, CHUPA-CABRA DE UMA FIGA!!! - Quantos xingamentos uma pessoa conhece? Ninguém sabe... Mas nessa altura do campeonato Keith já estava com o rosto escondido entre as mãos de vergonha e o rapaz ao lado dele assistindo tudo de camarote e rindo baixo. - VOCÊ TÁ FODIDO!!! EU TE DOU UM MINUTO PARA SAIR DESSE MAR SE NÃO EU TE MATO AI MESMO! PASSAR BEM! - Ela, depois de todo esse escarcéu, fechou a a janela com tanta força que era impressionante de como os vidros não acabaram se quebraram. 

- Que... Vergonha... - Disse Keith em um sussurro, ele estava tão envergonhado que nem tinha reação naquele momento. 

- Ok... Eu acho que já vou indo. - Disse o rapaz vendo a situação ¨comovente¨ do outro. O moreno já ia virando as costas e indo para o mar quando...

- Espera. - Disse Keith com a voz um tanto abalada, o mesmo parou de ir até o mar e lhe deu atenção. - Qual é o seu nome? - Perguntou ele sem nem olhar para o Tritão que deu um leve sorriso. 

- Lance. - Disse ele. - E o seu seria? - Perguntou com a voz curiosa até demais.

- Não ouviu a baixinha gritar? - Perguntou Keith novamente tirando sarro com a cara de bobo do outro.

- Não... - Disse ele coçando a nuca constrangido, que burro! Como pode não ouvir o nome dele com o escarcéu que a garota fez um minuto atrás?!  

- Então descobra por si só. - Disse Keith já se levantando da água e ficando de pé, a unica coisa que Keith ouviu foi algo batendo fortemente na água e por sua curiosidade olhou para trás, mas sua visão foi atingida pela CAUDA DE LANCE!!!!! Toda aquela sua vergonha se tornou em raiva. - Filha da! - Ele iria falar, mas viu que não valia apena, pois o rapaz já tinha ido embora, ele suspirou pesadamente, estava pronto para ir para casa, quando viu boiando na água um colar, era o colar de Lance onde o mesmo tinha a pedra azul, Keith pensou que ele deve ter escapado do pescoço do mesmo quando ele foi para a água, então Keith o pegou e o guardou em sua bermuda não sabendo se teria a chance de devolver ou não.

Mas agora sua unica preocupação era quando chegasse em casa, sabia que todos teriam o que falar e Keith teria que ouvir tudo sem reclamar... Família é pra essa coisas, não é?


Notas Finais


EU SEI, EU SEI! Mas calma que teremos um bem longo daqui um tempinho! Bjs até amanhã... Eu acho! :B (Pessoinha dentuça, Mônica)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...