História O amor se esconde por trás do ódio - Capítulo 16


Escrita por: e friskinhah

Postado
Categorias Eddsworld
Personagens Edd, Eduardo, Jon, Mark, Matt, Patryk, Paul ter Voorde, Tom, Tord
Tags Edd X Matt, Eddmatt, Tom X Tord, Tomtord
Visualizações 124
Palavras 998
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Fluffy, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 16 - "Sad kitty part 2"


Fanfic / Fanfiction O amor se esconde por trás do ódio - Capítulo 16 - "Sad kitty part 2"

Comecei a me acalmar aos poucos e ficando com frio, esqueci o moletom..merda.., suspirei me abraçando com força tentando ficar quente e ouvi passos, abracei os joelhos não querendo ver quem era e ele sentou do meu lado colocando a mão nas minhas costas. 

-Tord?..hey..não fica assim amigo..aquilo foi um acidente..-me surpreendi ouvindo a voz do ruivo o olhando e ele sorria, desviei o olhar. 

-...ninguém beija daquele jeito por acidente..e como você não ta triste?..-falei cabisbaixo olhando ele novamente e ele suspirou coçando a nuca. 

-..sabe Tord..todo mundo deve ser perdoado sabe?..então..acho simples..foi apenas um beijo sabe?..se fosse algo a mais eu até entenderia..mas o que você pode fazer é perdoa-lo..ou ficar aqui..-

-..sozinho?..-falei desanimado e ele me abraçou beijando minha bochecha. 

-..não..com seu amigo é claro..agora bota um sorriso nesse rosto se não eu mesmo coloco..-ele falou desafiador mas gentil e eu ri arqueando uma sombrancelha. 

-..ah é?..duvido..-ele não esperou e selou nossos lábios alguns segundos me fazendo arregalar os olhos corando, cai pra trás estatico e ele riu me olhando. 

-..desculpa..você ta bem?..-ele segurou minha mão me ajudando a levantar, cocei a nuca desviando o olhar. 

-..Matt..i-isso não esta certo..n-nós temos namorados..-falei apreensivo e ele coçou o queixo pensando. 

-..apenas..finja que isso não aconteceu ok?..ande..vamos pra casa..-ele me ajudou a levantar e saimos andando, ele viu que eu estava com frio e me deu a jaqueta e eu agradeci sorrindo gentil, entramos vendo Edd no sofá tomando coca e Tom na poltrona comendo pipoca, eles nos olharam e Tom levantou. 

-..Tord!..-quando ele ia chegar perto recuei. 

-.....sai de perto de mim...só o Matt é meu amigo agora...-falei frio puxando Matt pra cozinha comendo algo, Matt ficou me encarando e eu o olhei devolta. 

-..que foi.?..-

-..por que foi tão frio?..achei que o perdoaria..-

-...Matt..entenda..ainda estou triste demais pra o perdoar..a menos que ele faça algo realmente sincero que faça eu me sentir especial ai sim eu o perdoarei..-suspirei levantando lavando a louça até que Matt falou. 

-..e se ele te pedisse em casamento?..-comecei a tossir nervoso e o olhei. 

-..pffftt..ta bom que ele vai me pedir...é mais provavel pedir o Edd..hmf...sabe Matt..as vezes acho que ele ainda me odeia..-ouvimos um passo e olhamos pra entrada vendo Tom e Edd de olhos arregalados e Tom estava..chorando?..cruzei os braços e Tom veio até mim segurando minha mão. 

-..d..desculpa commie..eu..eu não sabia que você se sentia assim..m-me desculpa?..-depois Edd apareceu pedindo desculpa também e eu virei o rosto. 

-....ainda to chateado.....não não..primeiro..POR QUE..vocês se beijaram?..segundo..POR QUE VOCÊS FICARAM TROCANDO SORRISOS?..TEM ALGO QUE PRECISO SABER?...-falei irritado e eles se afastaram, bati a mão na mesa.

-FALA LOGO MERDA...-Matt me abraçou por trás pedindo pra eu ficar calmo e eu me acalmei aos poucos esperando a resposta. 

-..p-primeiro..foi um acidente..j-juramos..e segundo..a..apenas estavamos contando piadas..-Tom falou e coloquei as mãos no rosto começando a chorar. 

-....n-não era merda nenhuma disso..MENTIROSO..o-olha quer saber..TERMINOU OK?..FICA COM O EDD EU SEI QUE VOCÊ PREFERE ALGUEM QUE É UM ANJINHO QUE NÃO TENTOU DOMINAR O MUNDO..ACABOU..NÃO FALA MAIS COMIGO..-fui pro porão indo pro meu quarto secreto sentando do lado da mesa, comecei a limpar o rosto e vi Ringo no canto, ela veio até mim se esfregando na minha perna, sorri fraco a pegando acariciando a mesma que ronronava. 

-..Ringo...você já amou alguém que te deixou..triste?..-ela me olhou confusa e eu ri baixo. 

-..deixa pra lá..hm..vem..vamos te dar comida..-a segurei levantando e saindo do quarto indo pra cozinha vendo Tom e Edd conversando, eles me viram e eu ignorei colocando a comida de Ringo no pote, fui pra sala e Matt pulou nas minhas costas rindo beijando meu ombro várias vezes comecei a rir e ele me levantou me abraçando. 

-..heey..ruivo me bota no chão seu girafa..-falei e ele me colocou no chão ficando de frente pra mim. 

-..hey..você ainda não ta com o Edd?..-ele fez sim com a cabeça. 

-..yep..mais ele disse que posso te alegrar o tempo e do jeito que eu quiser menos fazendo aquilo..-ele falou corando na ultima frase e eu também. 

-..ah..certo certo..mas..você pode tipo..ficar me beijando?..-falei curioso e ele coçou a nucadele 

-..sim e não..nos labios ele não deixa..só na bochecha..-ele sorriu timido e eu dei de ombros sentindo ele beijar minha bochecha, subi nas costas dele e ele saiu correndo. 

-..YEEEE..VAMOS MATAR OS INIMIGOS >:3..-falei e ele riu correndo mais e eu fingi que morri caindo no sofá. 

-..aaa..fui atingido..s-soldado..continue sem..mim..bleh..-fiz pose dramatica e ele riu me segurando. 

-..oh não..meu lider morreu..como posso revive-lo?..hmm..assim?..-ele beijou minha testa. 

-..hmmm..ou assim?..-ele beijou minha bochecha. 

-..e que tal assim..-ele selou nossos lábios alguns segundos e eu acordei ouvindo passos, o abracei desfarçando. 

-..OH NÃOO..MEU SOLDADO MORREU..O QUE EU FAREI?..ACHO QUE VOU QUEBRAR ESPELHOS..-nessa hora o ruivo correu pro quarto abraçando os espelhos. 

-NAUUMM...Q^QQ..-comecei a rir e Tom sentou na poltrona enquanto Edd foi pro banheiro. 

-..parece estar se divertindo....-ele falou indiferente e eu dei de ombros vendo o ruivo voltar sentando do meu lado, deitei o corpo na perna dele colocando a cabeça na sua barriga juntando a mão na sua. 

-..sim..ele sabe..como tratar um amigo bem..diferente de um namorado que trata o outro como um brinquedo sexual e depois joga fora...a espera..EX- namorado..-sorri olhando os olhos azuis do ruivo que sorria gentil me encarando, beijei a testa dele ouvindo uma risadinha do mesmo, fechei os olhos bocejando sonolento. 

-..ruivinho...posso dormir no seu quarto hoje?..acho que tem bicho papão no meu e tenho medo..-lancei um sorriso debochado pro maior que se contorcia na poltrona de..raiva?..ciumes?..whatever..o ruivo fez sim com a cabeça segurando-me e me levando pro seu quarto. 

Ele me colocou na cama e eu o puxei o abraçando com força. 

-..Matt..desculpa..-

-..ué pelo o qu-selei nossos lábios por longos segundos o abraçando novamente. 

-..por isso..eu sei que você não podia beijar nos lábios..m-mas é que eu achei que..sabe..digo, não leve pro lado pessoal..-suspirei e ele riu um pouco. 

-..tudo bem Todd..só não faz outra vez..não na frente do Edd..-ele beijou minha testa delicamente nos cobrindo, bocejei novamente fechando os olhos e dormindo em poucos segundos. 
















Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...