História O amor tudo crer e tudo suporta - Capítulo 62


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 7
Palavras 2.089
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Musical (Songfic), Romance e Novela
Avisos: Álcool, Mutilação, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Heyy amores,chegamos ao último capítulo 💔.Sim,eu tbm estou triste e feliz ao mesmo tempo.Mas bora lá né.
Boa leitura ♥️

Capítulo 62 - Último capítulo


1 ano depois.

*Melanie*

Desde o meu sequestro e o da Lay,as coisas se acalmaram.Dylan e Christian estão presos,Robinson está morto e a Amber foi embora para o Canadá.

O último ano na escola passou super rápido.Confesso que chorei horrores na formatura que foi semana passada.Não posso fazer nada se estava muito sensível.

A banda começou a fazer um sucesso fora do comum,mesmo ainda não tento nossa música.

Hoje era o casamento da Susan e do Henrique.Sim,finalmente eles iriam se casar.E vocês não sabem da maior.O Ryan vai ter uma irmãzinha.Emma.Susan está grávida de cinco meses.

Estou terminando de me arrumar para o casamento.Eu,minha mãe,tia Mariana,Lay e a Ju estávamos nos arrumando junto com a Susan.Já os meninos e o meu pai,estariam junto com o Henrique.Mas estávamos no mesmo hotel.

Terminei de fazer a minha maquiagem,e fui ajudar a Susan a dá o retoque final.

-Você está linda (digo)

-Obrigada querida (ela diz)-Esse é um dos momentos mas feliz da minha vida (ela diz)-O primeiro foi o nascimento do Ryan.

Eu sorrio.

*mensagem on*

Amor,avisa a minha mãe que já estou chegando.

*mensagem off*

Como o pai da Susan já havia falecido,o Ryan que iria levar a mãe até o altar.

-O Ryan já está vindo (digo)

Depois de uns cinco minutos,alguém bate na porta.Logo ele entra.

-Wow,você tá linda (ele diz sorrindo)

-Obrigada filho...só não me faz chorar (ela diz)

-Nada de chorar,não pode borrar a maquiagem (minha mãe diz)

-Antes que me pergunte se ele já foi,sim,ele já foi pra igreja (o Ryan diz)

-Eu quero ir em um casamento que a noiva diga não (a Lay diz)-Mas no seu,óbvio que você tem que dizer sim.

-De onde você tira essas idéias menina?(tia Mariana pergunta rindo)

-Ue mãe,qual o problema?Vai ser legal (a Lay diz rindo)

-Bom,vamos?(o Ryan pergunta)

Assentimos.

Minha mãe,meu pai,tia Mariana e tio Heitor seriam os padrinhos.A daminha de honra,seria a priminha de três anos do Alan.

Chegamos na igreja,e fomos cada um para o seu lugar.Pude perceber o nervosismo do Henrique.

-Daqui um tempo são vocês (a Lay diz para o Charlie e a Julie)

Sim,pode parecer loucura,mas o Charlie pediu a Julie em casamento.Esses dois ai só se separam se morrerem mesmo.

Logo começou a marcha nupcial.Ficamos de pé.O Henrique assim que viu a Susan entrando com o Ryan,não segurou as lágrimas.

Eu estava quase causando um dilúvio naquela igreja.Eu ando muito sensível,sorry.

-Manteiga derretida mesmo (a Lay diz)

-Falou a outra (digo)

-Xiu as duas (a Ju diz)

-Ok mamãe (eu e a Lay respondemos juntas).

*Ryan*

Entreguei a minha mãe ao meu pai.Esse momento era importante para eles,e para mim.

-Sei que não preciso nem dizer isso,mas como um bom filho,vou falar assim mesmo (digo sorrindo)-Cuide bem dela.

-Claro que sim (ele diz)-Dela e de vocês dois (ele diz olhando para mim e acariciando a barriga dela).

Depois do padre dizer aquelas coisas clichês,chegou a hora da troca das alianças.

A priminha do Alan entrou com elas.Ele ficou todo bobo com ela,ela é o xodó dele.

Depois da troca das alianças e mais algumas coisas,o padre finalizou a cerimônia.

-Eu vos declaro marido e mulher (ele diz)-Pode beijar a noiva.

Aplaudimos.Na saída,jogamos arroz neles.

Fomos para o salão curtir a festa.

1 ano depois

Estava ansioso,iriamos fazer um show.Esse não é o primeiro show que fazemos,mas cada show parece ser o primeiro.

-Amor,desse jeito você vai afundar o chão (a Melanie diz)

-Não sei como você consegue se manter calma (digo)

-Quem disse que eu tô calma?(ela pergunta sorrindo)

-Ry (um serzinho pequeno entra correndo e pulando em cima de mim)

-Oi meu amorzinho (digo abraçando a Emma)

-Mamãe disse que era pra vim dizer que vai ficar tudo bem (ela diz)-Eu vou tá te assistindo.

Eu a abraço

-Bora lá galerinha?(meu pai diz)-Emma,vai lá na mamãe.

-Tá bom (ela me da um beijo no rosto)-Te amo.

Eu a aperto no meu braço

-Também te amo baixinha (digo)

Fomos para trás das cortinas.

Estávamos nós seis de mãos dadas.

Logo os fãs começaram a contar

Cinco...quatro...três...dois...um...

Uma voz gritou.

Com vocês...WHO CARES

Entramos correndo no palco.Estava tudo escuro.Logo começou as luzes.Em todos nossos shows,antes de cantarmos,tocava uma música.A música escolhida foi Summer do Calvin Harris.

Depois as luzes se apagaram novamente.Começou um jogo de luzes em nós.Eu e os meninos iríamos cantar Drag Me Down do One direction.

O Charlie começou cantando

I've got fire for a heart, I'm not scared of the dark
You've never seen it look so easy
I got a river for a soul and baby you're a boat
Baby, you're my only reason

Depois foi a vez do Alan 

If I didn't have you there would be nothing left
The shell of a man that could never be his best
If I didn't have you I'd never see the sun
You taught me how to be someone, yeah

E depois a minha

All my life you stood by me when no one else was ever behind me
All these lights that can't blind me
With your love, nobody can drag me down

Agora foi a vez de nós três 

All my life you stood by me when no one else was ever behind me
All these lights that can't blind me

With your love, nobody can drag me down

Nobody, nobody
Nobody can drag me down
Nobody, nobody
Nobody can drag me down

A galera pulava de alegria.Isso me dava uma enorme felicidade

*Melanie*

Depois dos meninos terem cantado,foi a nossa vez.Iríamos cantar Only You -Little Mix.

A Ju começou 

Dancing with your silhouette
In the places that we met
Ooh, tryna find you in the moon
Paris never feels the same
When the streets all call your name
Ooh, so I hide in crowded rooms

Depois foi a vez da Lay 

And I'll follow right down the river
Where the ocean meets the sky
To you, to you

Depois a minha

Once upon a time we had it all
Somewhere down the line we went and lost it
One brick at a time we watched it fall

I’m broken here tonight and darling, no one else can fix me
Only you, only you
Oh, no one else can fix me, only you
Only you, only you
Oh, no one else can fix me, only you, oh
Only you

Depois fomos nós três 

Did I let go of your hand
For a castle made of sand
Ooh, that fell into the blue?
I went following the sun
To be alone with everyone
Ooh, looking 'round a crowded room

And I'll follow right down the river
Where the ocean meets the sky
To you, to you

Once upon a time we had it all (we had it all)
Somewhere down the line we went and lost it
(We went and lost it)
One brick at a time we watched it fall (fall)
I’m broken here tonight and darling no one else can fix me
Only you, only you (yeah)
And no one else can fix me, only you (no one like you)
Only you, (nobody else), only you (oh)
And no one else can fix me
Only you (oh)
Only you
(Falling, falling, falling, yeah)
Only you, (only you), only you, (only you)
And no one else can fix me, only you (only you)
Only you, (only you), only you, (only you)
And no one else can fix me
Only you

-Bom galera (o Ryan começou a dizer)-Eu sei que vocês vieram aqui para escutar todos.Porém eu preciso fazer isso.

Ele olha para nós.O que esse doido vai fazer.

-Esses cincos serem aqui (ele diz apontado para nós)-Me fizeram mudar,e muito.Mas antes de começar a falar,eu vou cantar uma música,porque se não eu corro o risco de chorar e não conseguir cantar (ele diz e sorri)

Ele se ajeita no chão do palco com um violão.Nos sentamos ao lado dele,de frente para o público.

Ele começou a dedilhar o violão e a cantar 

When you're down and troubled
And you need a helping hand
And nothing, whoa nothing is going right.
Close your eyes and think of me
And soon I will be there
To brighten up even your darkest nights

You just call out my name
And you know wherever I am
I'll come running, oh yeah baby
To see you again
Winter, spring, summer or fall

All you got to do is call
And I'll be there, yeah, yeah, yeah
You've got a friend

If the sky above you
Should turn dark and full of clouds
And that old north wind should begin to blow
Keep your head together and call my name out loud
And soon I will be knocking upon your door.
You just call out my name,
And you know wherever I am
I'll come running, oh yes I'll to see you again
Winter, spring, summer or fall
All you go to do is call
And I'll be there, yeah, yeah, yeah

Hey, ain't it good to know that you've got a friend?
People can be so cold
They'll hurt you and desert you
Well they'll take your soul if you let them.
Oh yeah, but don't you let them

You just call out my name
And you know wherever I am
I'll come running to see you again
Oh babe, don't you know about
Winter, spring, summer or fall
Hey now, all you've go to do is call
Lord, I'll be there, yes I will
You've got a friend
You've got a friend
Ain't it good to know you've got a friend
Ain't it good to know you've got a friend
You've got a friend

Lágrimas resumia esse momento.Não só as nossas,mas como os dos fãs também.

-Bom (ele suspira)-Sei que a música é antiga,mas a letra dela expressa exatamente aquilo que eu quero dizer para os meus amigos e para a minha namorada (ele sorri)-Hoje está completando dois anos que eu os conheci,sim,são dois anos que a minha vida mudou.Cada um com a sua personalidade,cada um com o seu jeito,mas acima de tudo,unidos.

Eu sorrio orgulhosa dele.

-Vocês me ensinaram o que é ser uma pessoa melhor,sem vocês eu não estaria aqui hoje.Foram momentos difíceis que passamos,mas que no final valeu a pena (ele diz)-Ok,vou parar de falar e deixar vocês dizerem algo.Mas eu quero que vocês saibam que eu amo muito cada um de vocês (ele sorri)

-Será que depois disso,eu vou conseguir falar?(digo sorrindo e limpando uma lágrima)-Bom,vou tentar né.Sabe aquele frio na barriga quando você chega em uma escola nova?Então,não chega nem aos pés de quando você olha pela primeira vez um certo garoto que te encanta apenas por uma troca de olhar (digo olhando para o Ryan)-Como ele mesmo disse,não foi fácil,passamos por várias provações,tanto no nosso relacionamento,quanto na nossa amizade.Cada serzinho desse aqui,é muito especial para mim,cada um com o seu jeito.Sei que as vezes posso ser chata e pegar no pé,mas quero que vocês saibam que esses dois anos valeram muito a pena,e que a nossa amizade vai ser eterna (digo)-Eu amo muito vocês.

-Agora é a minha vez (a Ju diz)-Vocês tiraram as palavras da minha boca.Lembro do primeiro dia em que a Nie esbarrou em mim (ela diz e sorri para mim)-Sempre falamos que é amor a primeira vista quando isso acontece,mas a nossa foi amizade a primeira vista.Foi ela que me ajudou a vencer a vergonha e ficar com o Charlie.Sim galerinha,de santa essa daqui só tem a cara,porque ela e o Ryan armaram para nós (ela diz)-Bons tempos.E depois chegaram esses dois seres (ela diz apontando para a Lay e o Alan)-O Alan eu já conhecia,mas não tinha muita intimidade,e a Lay eu conheci pela Nie.Confesso que fiquei com ciúmes no começo,mas depois vi que era palhaçada minha.Só quero dizer que eu amo muito vocês.

-Chegou a minha vez (o Charlie diz)-Nem tá indo por casal né?(ele diz rindo)-Beleza,falar de vocês não é fácil,principalmente quando não se gostava do Ryan.É galerinha,eu não gostava dele (ele diz rindo)-Por uns motivos,nós já discutimos feio.Mas agora é tudo tranquilo,assim como o Alan,ele é o meu irmão (ele diz)-E eu quero dizer que amo cada um de vocês.

-Amor,você vai ficar por última (o Alan diz rindo pra Lay)

-Vou falar nada (ela diz)

-Bom,eu sempre fui mas chegado ao Ryan.Meio gay isso?Talvez (ele ri)-O único amigo verdadeiro mesmo era ele.Mas depois que eu conheci essa cambada aqui,minha vida mudou.Mudou mas ainda quando eu conheci esse ser rebelde aqui (ele diz se referindo a Lay)-Eu amo muito cada um de vocês,e vocês podem contar comigo para tudo. 

-Sua vez Lay (o Ryan diz)

-Já falei que não vou dizer nada (ela diz)

-Anda logo Umpa-Lumpa (o Ryan diz)

-Seus chatos (ela diz)-Beleza.Devo dizer primeiramente que eu sou o brilho do grupo né?Abrem alas por favor,que a estrela chegou (ela diz)-Zoeira galera.Bom,eu tenho que dizer que vocês são os melhores,de verdade.Vocês aturam minhas gracinhas,meus barracos e minhas doideiras.Vir para cá e conhecer vocês,foi a melhor coisa que eu fiz (ela diz)-Por falar nisso,obrigada pai por isso (ela ri)-Quero dizer que eu amo muito vocês.Ju e Charlie,meu casal pegação.Nie e Ryan,meu casal certinho.E o meu amor né galera,o melhor namorado do mundo (ela diz)CHORA NÃO COLEGUINHAS (ela grita)-Eu amo vocês galera.

Com esse grito,a galera toda gritou

-Apesar de todas as dificuldades (digo)

-De todos os medos (o Ryan diz)

-De todas as falhas (o Charlie diz)

-De todos os sonhos (a Ju diz)

-De todo o amor (o Alan diz)

-Permanecemos unidos,para sempre (a Lay diz)

-PRA SEMPRE (Gritamos)

As luzes se apagaram e saiu umas fumaças coloridas.Quando se acedeu,estávamos no palco com os nossos pais.

-Eu digo Who (nós falamos)-Vocês digam Cares.

-WHO (gritamos)

-CARES (os fãs gritaram)

-WHO 

-CARES

-WHO

-CARES.

Nunca é um adeus,e sim um até logo.

                              The end.



Notas Finais


Chegamos ao fim...💔.Sabe aquele aperto no coração de marcar o sim?Ent,sou eu nesse momento.Mas estou feliz por conseguir concluir mais uma fic ♥️
Daqui a pouco eu volto com os agradecimentos.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...