História O amor tudo crer e tudo suporta - Capítulo 9


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 6
Palavras 795
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Musical (Songfic), Romance e Novela
Avisos: Álcool, Estupro, Mutilação, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Heyy amores,bora para mais um capítulo?
Boa leitura ❤

Capítulo 9 - O Jogo


Fanfic / Fanfiction O amor tudo crer e tudo suporta - Capítulo 9 - O Jogo

*Ryan*

Sei que não deveria ter beijado ela,isso vai ferrar mais ainda com o meu psicológico.Mas tudo bem,valeu a pena,e quando ela começou a falar aquelas coisas,eu não me contive.Melhor eu ir logo,daqui a pouco é o jogo e eu ainda nem falei com os meninos.

*Melanie*

Aí que vontade de sair chutando as coisas por aí,na verdade eu sempre descontei meu estresse assim,mas acho que se verem uma menina chutando algo,não ia achar muito normal.Quer saber?que se dane a opinião alheia,tô ligando pra mais nada,já tô com o meu psicológico mais que ferrado mesmo.Vejo uma lixeira na minha frente,sem pensar duas vezes chuto ela.

-Bonito né dona Melanie (escuto a voz da Julie atrás de mim)

-Me erra,minha vontade nem era tá chutando essa lixeira,e sim aquele idiota (digo)

-Deixa eu ver se sei o nome desse idiota...Ryan?(Ela pergunta)

-Tem outro?(digo)

-Sabia que essa de fazer trabalho com ele não daria certo.Vamos,desembucha (ela diz)

-Ele me beijou (digo)

-A força?Se quiser o Charlie da um jeitinho nele e ele nunca mais faz isso,tenho certeza (ela diz)

-Antes fosse,mas eu correspondi a droga desse beijo.Tem horas que eu não me entendo,esse filho da mãe me humilha,brinca comigo e a merda do meu coração não da ouvidos a razão.(digo)

-E que razão é essa?(ela diz)

-Quebrar a cara dele,tirar carteira de motorista,só pra atropelar ele (digo)

-Credo menina,quero morrer sendo sua amiga (ela diz rindo)

-É só não me irritar (digo rindo)

-Vem,vamos embora antes que alguém veja o que você fez com a pobre lixeira (ela diz me puxando)

Fomos para a quadra,o jogo começaria daqui a pouco.As líderes de torcida já estavam prontas,e lógico,Amber se exibindo para os garotos com a sua mini saia.Que ela caia se tiver que fazer algum movimento brusco,e que no mínimo quebre a perna,amém.

Vejo Charlie,vou falar com ele,Julie foi na cantina buscar refrigerante.

-Heyy (digo)

-Oi meu anjo (ele diz)

-Seu anjo hoje tá mais para aquele que foi expulso do céu  (digo rindo)

-Credo Melanie (ele diz)

-Vim desejar um bom jogo,arregaça aqueles arrombados (digo rindo)

-Pode deixar comigo (ele diz rindo e me abraçando)

*Ryan*

Estou terminando de falar com os meninos,quando vejo Charlie abraçando a Melanie.Aquilo me subiu uma raiva,mas eu tenho que controlar,afinal eu não tenho nada com ela.Já sei como esquece-lá.Passei perto da Amber e dei uma piscadinha para ela,e falei baixinho "depois do jogo na biblioteca".Ela entendeu e deu um sorrisinho,sei que vou me arrepender,porque ela é um grude,mas fazer o que né.

Cheguei perto do Charlie e da Melanie

-Hora do jogo,deixa pra namorar depois,foco no jogo (digo)

Parece que para me provocar,ela deu um abraço apertado nele e um beijo na bochecha e ainda falou em bom tom para que eu escutasse.

-Bom jogo meu anjo,vai lá e arrasa,sei que você é capaz.Vou ficar da arquibancada torcendo por VOCÊ  (ela disse,destacando a palavra "você")

Sai dali,fui me trocar,não vou deixar isso me abalar.

*Melanie*

Amei ver a cara do Ryan quando eu disse aquilo pro Charlie.Bem feito,isso é só o começo,se ele quer brincar,então vamos brincar.

-Você não tem jeito Melanie (o Charlie fala)

-Eu sei (digo)

-Por favor,só toma cuidado,não respondo por mim se esse miserável fizer mais alguma coisa a você (ele diz)

- Calma senhor esquentadinho,já te falaram que você fica fofo sendo protetor?(digo apertando a bochecha dele)

- Vai ver esquentadinho,rum.Tô indo antes que o senhor mandão volte e eu soque a cara dele (ele diz indo)

Me sento na arquibancada,Julie se junta a mim.O Jogo começou,era o segundo ano contra o primeiro.Era um jogo dos melhores times da escola,o time vencedor ia competir em um campeonato com a outra escola no próximo mês.Então já sabem como eles estão né.Os meninos do primeiro ano jogam muito,se alguns pensaram que ia ser fácil,se enganaram.Derrepente eles marcaram um gol,sim,o time do Ryan sofreu um gol.As meninas do primeiro ano foram ao delírio.Como estava a cara da Amber?A melhor que poderíamos ver,só ficaria melhor coberto de sangue depois que eu esfregasse no asfalto,mas ok,deixa isso pra fazer mais pra frente.Um garoto do time de Charlie perdeu um gol,o goleiro era bom.Depois de vários vai e vem,Charlie empatou o jogo 1×1.Assim que ele marcou o gol,o povo do segundo fez mais barulho ainda,ele correu sorrindo para mim e para Julie,eu sorri de volta aplaudindo ele,e Julie do nada disse 

-Boa meu amor 

Eu olhei para ela,ela colocou a mão na boca.Sei que eles são amigos,mas nunca se chamaram de meu amor,até porque Julie disse que só chamava de meu amor alguém,se ela realmente gostasse da pessoa.

-A senhorita vai me explicar tudinho depois do jogo (digo com um sorriso)

Ela revira os olhos e foca no jogo.No final ganhamos,3×0.Ryan fez um gol,Charlie outro e o amigo do Ryan,o Alan fez o último.Fizemos a festa lógico,pois o time da nossa turma vai competir mês que vem.Enquanto Charlie foi tomar banho,peguei Julie pelo braço e puxei ela para um cantinho.

-Como você mesmo fala,desembucha,que história é essa de meu amor dona Julie?(pergunto a ela)




Notas Finais


Uiii,será que tem sentimentos além de amizade aí dona Julie?
Até o próximo capítulo 😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...