1. Spirit Fanfics >
  2. O amor vence tudo ( SakuIno ) >
  3. Fim de uma guerra, início de um sofrimento

História O amor vence tudo ( SakuIno ) - Capítulo 103


Escrita por: KibaLobinhoFofo

Capítulo 103 - Fim de uma guerra, início de um sofrimento


Fanfic / Fanfiction O amor vence tudo ( SakuIno ) - Capítulo 103 - Fim de uma guerra, início de um sofrimento


O dia já tinha amanhecido. Sakura e os outros passaram a madrugada inteira no hospital, e a senhora Tsunade juntamente com Shizune ficaram dentro do quarto de hospital durante horas tentando salvar a vida de Ino. 

A Haruno estava angustiada, ela não se acalmaria enquanto não tivesse notícias da namorada. Notícias que não seriam tão boas assim.

Depois de várias horas a hokage e sua ajudante saíram do quarto onde Ino estava hospitalizada. Elas não tinham uma expressão alegre. 

Sakura: Então senhora Tsunade como a Ino está? - Perguntou de forma desesperada.

Tsunade: Eu não tenho notícias muito boas - O coração da rosada disparou.

Sakura: Oque aconteceu com ela?...

Tsunade: Ino sofreu um impacto muito forte em sua luta com Madara, tanto na cabeça quanto pelo corpo. Infelizmente ela acabou entrando em um coma profundo 

Sakura: C-como assim um coma?... - As lágrimas começaram a escorrer pelos seus olhos - Ela vai ficar bem, não vai?!

Tsunade: Como quinta hokage é principalmente como médica eu preciso ser sincera com vocês. Shizune e eu fizemos vários exames e tentativas para reanima-la, mais nada funcionou 

Senhora Yamanaka: Então oque vai acontecer com minha filha senhora? Porfavor me responda, uma mãe não pode ficar sem ter notícias da filha... - Falou chorando. 

Tsunade: Infelizmente, as chances da Ino acordar do come são muito pequenas... Talvez ela nunca mais acorde... - Nesse momento, Sakura desabou no choro, e a mãe de Ino também.

Shikamaru: Mais a senhora acha que ela pode acordar?

Tsunade: Eu não sei, pode ser que sim pode ser que não... - Fica alguns segundos em silêncio - Ino tem o prazo de 24 horas para acordar. Se não acordar até o dia de amanhã ela não vai resistir e pode acabar morrendo. É por isso que eu peço para que vocês não criem muitas expectativas. A única coisa que pode salva-la agora é apenas um milagre... - Como hokage ela era obrigada a manter uma postura de pessoa forte, não demonstrar nenhum sentimento, mais quando se tratava de alguém que ela ama os sentimentos tomavam conta de si. 

Sakura: Eu posso entrar pra vê-la?

Tsunade: Bem... É preciso saber se a mãe da paciente permite sua entrada para ver a filha dela 

Senhora Yamanaka: Tudo bem, pode entrar para vê-la Sakura, fique lá tempo que quiser 

Sakura: Obrigada senhora Yamanaka. Eu preciso muito ver a Ino - Sakura correu até o quarto onde sua namorada estava. 

Assim que abriu a porta viu Ino deitada na cama em coma. Existiam vários feridas pelo seu corpo, também tinham queimaduras de 1° grau em algumas partes. Sakura andou até a cama e sentou-se a o lado de Ino. 

Sakura: Ei meu amor... - Ela levou a mão até a bochecha de Ino e começou a acariciá-la - Eu tô aqui com você. Eu sei que consegue me ouvir... - Durante todo seu tempo de treinamento ela escutava boatos de que uma pessoa em coma poderia te escutar mesmo que de alguma forma ela não estivesse aqui presente. Sakura não acreditava muito nessa teoria, mais quando viu Ino em coma naquele quarto de hospital lembrou-se desse boato - Não tá sendo nada fácil pra mim, nem pra ninguém. Só de pensar que a qualquer hora podemos perder já me dá nos nervos... Mais eu acho que o melhor é aceitar isso. Você escolheu esse caminho e provavelmente vai querer segui-lo. O melhor, talvez, seja aceitar que vocês não estará mais aqui e que em breve vai partir para uma lugar muito melhor que aqui... Quero que saiba que independente de onde você esteja eu vou te amar pra sempre. Pra toda a vida... 

Sakura não falava sério. Após ouvir sua sensei falar que as chances de Ino sair do coma e não deveriam criar muitas expectativas faz a Haruno dizer todas aquelas mentiras para si mesma. Ela queria se preparar para o pior e se proteger do sofrimento que passaria se Ino morresse. Mais não, ela não conseguia manter aquelas palavras por muito tempo. No fundo ela estava destruída, foram tantas as desgraças que aconteceram, agora mais uma, ela não iria suportar tanto sofrimento. 

Percebendo que as palavras que falou não passaram de uma pura mentira, Sakura começou a chorar novamente é pegou a mão de sua namorada, implorando para que ela voltasse.

Sakura: Não! Tudo oque eu disse foi uma pura mentira! Eu não posso aceitar perder você, não posso aceitar que a vida está te tirando da minha vida dessa maneira! Porfavor Ino lute pela sua vida, você ainda tem muita coisa pra viver. Meu amor, você tem que viver por você, pela sua mãe, seus amigos... E por mim! A gente ainda tem muita coisa pra viver juntas, você não pode partir assim. Você prometeu pra mim que quando toda essa guerra acabasse você voltaria pra mim! Porfavor Ino acorda! - Por fim gritou suplicando. Sakura se deitou na cama do hospital apoiando sua cabeça sobre a barriga da namorada e a abraçando fortemente. Ela ficou assim por longos minutos. 

Sakura não queria aceitar o fato de que poderia perder o amor de sua vida, ela não suportaria. Ela ainda não estava pronta para se despedir do seu unico e verdadeiro amor, depois de tantas coisas que passaram juntas aquele não poderia ser o fim. E realmente, não era. 

Depois de muito tempo abraçando o corpo de sua namorada, Sakura se espantou a o sentir as mãos macias da mesma tocarem seus ombros a abraçando. Assustada, ela sentou na cama e viu que Ino estava acordada.

Ino: Não achou que ia se livrar tão cedo de mim, achou? - Falou em voz baixa, quase como um susurro, mais em um tom brincalhão. 

Antes oque eram lágrimas de tristeza se transformaram em lágrimas de emoção. Lágrimas de felicidade começaram a cair dos olhos da Haruno, um enorme sorriso de felicidade brotou em seu rosto. Ela não pensou duas vezes e puxou Ino para um abraço fazendo a mesma ficar sentada na cama.

Sakura: Eu pensei que tivesse perdido você... - A rosada começou a distribuir beijos por todo o rosto da namorada - Pensei que nunca mais te veria novamente! Porfavor não me assuste mais dessa forma! - Mais uma vez ela se agarrou a namorada com se fosse a coisa mais importante da sua vida, e realmente era.

Ino: Agora tá tudo bem, eu não vou mais sair do seu lado. Eu vou ficar com você pra sempre, é mais uma das minhas promessas - Ino abraçou Sakura. 

Quando se sentiu acolhida nos braços da namorada Sakura esqueceu de deveria chamar Tsunade para examinar Ino, mais aquilo não importava no momento. Ino já estava bem, e viva. Agora nada nem ninguém vai poder separar as duas, nunca mais





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...