História O Angel e O Demon - Imagine Suho-Junmyeon - Capítulo 4


Escrita por:


Notas do Autor


Boa noite lindinhos 😍😍😍

Boa leitura amores 😍😍

Capítulo 4 - É hora do jogo virar


Fanfic / Fanfiction O Angel e O Demon - Imagine Suho-Junmyeon - Capítulo 4 - É hora do jogo virar

NARRAÇÃO JUNMYEON

Voltei para dentro de casa, assim que a Eryka me viu veio correndo...

- Vamos ficar aqui na sala ou lá no seu quarto?

- Nem aqui e nem no meu quarto, Eryka o que você está fazendo?

- Marcamos de ficar juntos hoje...

- Eu não marquei nada, então por favor vai para casa...

- Eu quero você seu gostoso...

- Eryka eu não tô afim...

- Aish Suho, como você marca comigo e depois me descarta assim?

- Ah você marcou com o Suho... Falei

- É, marquei com você, para de se fazer de besta...

- Olha Eryka, me desculpa mas não estou com cabeça para sexo...

- Mas eu estou... Ela me empurrou no sofá e ficou por cima de mim

- O que é isso?

- Uma mulher com tesão... Ela rasgou minha camisa e a jogou no chão

- Eryka para... Cobri meu corpo com meus braços

- Me possua Suho... Ela segurou meus braços e os levantou

- Suho não está aqui agora, para com isso Eryka... Falei

Ela se sentou em minha barriga, levou seus lábios nos meus e tentou me beijar, segurei em seus braços e a tirei de cima de mim, ela sentou no chão e me puxou para cima dela...

- Me fode vai...

- Aigoo Eryka...

- O que é isso aqui no tapete da minha sala? Era voz da minha mãe

Nós dois a olhamos, Chen e meu pai também estávamos nos olhando...

- Não é nada disso que está parecendo... Me levantei

- Tá pegando a Eryka? Chen perguntou

- Não, ela que estava tentando me pegar, eu sou inocente... Falei

- Para de ser mentiroso, foi você quem marcou comigo e agora se faz de sonso...

- Quem marcou com você foi o Suho, não eu...

- Aish... Ela deu um tapa no meu rosto e saiu

- Você está bem filho?

- Eu pareço está bem pai? Eu vou é enlouquecer... Sentei no sofá

(...)

NARRAÇÃO S/N

Fui para casa da Yumi...

- Ué, você não ia ajudar o Suho a fazer sei lá o que? Ela perguntou

- Eu ia, mas ele deve está ocupado transando com a Eryka...

- Ele partiu para Eryka?

- E de quem ele não dá em cima? Fala sério, ele se acha por ser gostoso...

- Você o acha gostoso? Ela sorriu

- Eu o que?

- Você ouviu S/N...

- Eu quis dizer bonitinho...

Ela sorriu e negou com a cabeça...

(...)

Era noite, eu estava saindo do mar, passei a tarde toda surfando, Suho estava sentando na areia, fingi nem ver e passei direto...

- Não me viu? Ele se levantou e me acompanhou

- Não...

- S/N vim falar com você...

- Não quero falar com você...

- O que aconteceu hoje foi um grande mal entendido...

- Tanto faz...

- Eu te levo para casa, vamos...

- Eu pedi carona?

Ele segurou meu braço me fazendo olha-lo...

- Não entendi porque você está com tanta raiva de mim... Ele falou

- Deve ser porque você marcou de trabalharmos juntos e se esqueceu que marcou de foder com a Eryka no mesmo horário...

Ele começou a sorrir, sorria me olhando...

- Eu pareço alguma palhaça? Perguntei

- Você está com ciúmes de mim?

- Você bebeu? Porque eu teria ciúmes de você seu cachorro sem pedigree?

Ele voltou a sorrir...

- Idiota... Voltei a andar e ele me acompanhou

- Não sabia que você tinha tanto ciúme assim do seu treinador?

- Só nos seus sonhos, se toca...

- Então porque você ficou com tanta raiva?

- Porque?

- É, porque?

- Porque, porque, porque sim, e me deixa em paz...

- Eu disse que te levo em casa...

- E eu disse que não queria...

- Está tarde, para de ser teimosa...

- Você vai tentar me agarrar se eu entrar em seu carro...

- Prometo que não, vamos...

- Só porque estou cansada...

Ele pegou minha prancha, a colocou atrás do carro, entramos e ele começou a dirigir...

- Aproveitando quero falar o que aconteceu mais cedo com a Eryka...

- Eu não quero saber detalhes da sua foda...

- Eu não transei com ela, e também não marquei nada...

- Claro que marcou, afinal ela não ia atrás de você se não tivesse rolado nada...

- Ela entendeu tudo errado, de verdade, ela não me interessa...

- E porque você está me dando tanto explicação?

- Porque você ficou com ciúmes...

- Só que não né, fala sério... Virei o rosto

- Eu ainda quero a sua ajuda S/N...

- Em quê?

- No meu trabalho de arquiteto...

- Você ainda vai me pagar?

- É claro...

- Tá bom, mas não faça nenhuma gracinha...

Ele sorriu e consentiu, meu estômago roncou...

- Vamos comer, eu paro em algum lugar...

- Não estou com fome... Falei

- Seu estômago diz outra coisa...

(...)

Fomos para um restaurante de frutos do mar...

- Vou querer bobó de camarão... Falei

- O mesmo pra mim... Suho falou

- Já volto... O garçom saiu

- Depois que você me pagar vou comprar uma prancha nova... Falei

- A sua está ruim?

- Está velha, tenho que trocar...

- Esse restaurante é bem legal...

- Eu gosto muito de vir aqui, fica pertinho da praia... Falei

- A noite hoje está linda não é? Olha aquela lua...

Olhei para o lua que estava quase tocando o mar...

- Hoje a noite está realmente muito linda... Falei

Ele sorriu e me olhou...

(...)

Depois que jantamos fomos dar uma volta na praia, até que o Suho era legal, conversamos a noite toda e acabamos dormindo na areia da praia...

(...)

DIA SEGUINTE

Suho parou em frente minha casa...

- Está entregue... Ele falou

- Valeu... Desci do carro

- Ah S/N, não fica com tantos ciúmes... Ele sorriu

- Não se preocupa, eu não tenho... Saí andando

(...)

NARRAÇÃO JUNMYEON

Cheguei em casa e fui tomar banho...

- Meu lírio? Era o Suho

Fiquei na frente do espelho...

- O que foi?

- Desperdiçou a oportunidade de comer a gostosinha da Eryka ontem...

- Aish, para de ficar marcando orgia aqui em casa, aliás, para de usar o meu corpo para fazer suas putarias...

- Você está afim da sereia peituda?

- O nome dela é S/N, e eu não estou afim dela...

- Eu acho bom mesmo você ficar longe dela, aquela mulher é minha, eu a vi primeiro...

- Sério Suhozinho? Você vai fazer o que se eu ficar com ela? Me matar? Comecei a sorrir

Ele me olhou sério...

- Você encheu a minha paciência esses anos todos e eu nunca fiz nada, parece que chegou a hora do jogo virar... Falei

- Para com isso, você sequer se interessa por mulher, sua vida se resume em trabalhar, para de querer minha mulher...

- Mas você sou eu, e eu sou você, então tudo que é seu é meu, e se é assim a S/N também é minha certo? Sorri

- Para com isso desgraçado!

- Ah Suhozinho, você vai passar tanta raiva quando me ver beijando os lábios dela, chupando aqueles seios deliciosos, a devorando...

- Aish! Eu te mato Junmyeon!

- E aí você morre também babaca!

- Aigoo, você vai ter coragem de pegar a minha mulher?

- Ela não é sua, eu nem tinha tanto interesse assim por ela, mas vendo como você ficou alterado eu vou investir nela, quero te ver pirando...

- Você é muito baixo...

- Mas em compensação o pau é grande, não fica com raiva tá Suhozinho... Fui tomar banho sorrindo

(...)

NARRAÇÃO S/N

Estávamos na praia esperando o Suho, virei o rosto ao ver a Eryka, Suho vinha com uma prancha embaixo dos braços...

- Bom dia pessoal... Ele falou

- Bom dia... Falamos juntos

- Podem ir para água, vou ficar de olho em vocês... Um a um fomos indo para a água... S/N... Ele me chamou

- O que?

- É para você... Ele colocou a prancha em minha frente

- Porque?

- É o meu pedido de desculpas sobre o mal entendido com a Eryka...

- Não precisava...

- Claro que precisava, pega...

Aquela prancha era tão linda...

- Eu vou aceitar... A peguei e passei as mãos... Que linda...

- Hoje eu vou te ensinar a surfar de verdade...

- Porque?

- Porque eu sou o seu treinador e quero que você vença o campeonato...

- Você vai mesmo me ajudar? Sorri

- É claro que vou...

- Aaaaaaaaaa... Pulei em seu colo... Muito obrigada mesmo...

- Não precisa agradecer...

Desci do seu colo, ele pegou minha prancha antiga e foi para água junto comigo...

(...)

- Até que você é legal Suho... Falei

- Suho não, me chama de Junmyeon...

- Mas Suho não é seu apelido?

- É, digo, mais ou menos...

- Você é muito esquisito...

- Eu sei, e não pense que eu gosto...

- Bom, obrigada por me trazer em casa, que horas você quer que eu vá para a sua casa te ajudar?

- Umas oito horas da noite, eu tenho umas coisas para fazer agora a tarde...

- Tá bom, e obrigada pela ajuda hoje, você é realmente um ótimo surfista...

Ele sorriu, me despedi e entrei para dentro de casa...

- Oi filha, mais tarde eu vou ir fazer compras e quero sua ajuda...

- Tá bom mãe, não vou fazer nada mesmo...

- E como está o surf?

- Eu achei que seria uma merda treinar com o novo treinador, mas até que está sendo legal...

- Também, um treinador gato daquele...

- Você acha?

- Você não acha?

- Não muito, na verdade nem reparei muito...

- E ele vai casar né?

- É o que? Com quem? Quando? Onde? Como assim?

- Ele vai se casar com a Eryka, os vizinhos só falam disso...

- Isso é mentira, ele não vai se casar! Falei séria

- Calma filha, o que foi?

- Nada mãe, vou sair...

- Vai onde?

- Sair... Corri até a porta

NARRAÇÃO JUNMYEON

- Como assim vou me casar? Vocês estão loucos? Perguntei

- Filho já sabemos o que aconteceu...

- Então me fala mãe, porque eu não estou sabendo de nada...

- Filho senta aqui... Meu pai falou

Me sentei ao seu lado...

- O que foi pai?

- Os pais da Eryka veio aqui em casa hoje conversar comigo e com sua mãe...

- Sobre o que?

- Sabemos que você tirou a virgindade dela, e agora o pai dela exige que você case com ela...

- Era só o que me faltava, eu nunca toquei nela, foi ela que quase me estuprou aqui nesse sofá, é sério pai...

- E o Suho nunca a tocou?

- Não, tenho certeza, essa garota está mentindo, eu não sei quem tirou a virgindade dela, mas não fui eu...

- Certeza filho?

- Certeza mãe, eu nunca a toquei...

- Então é esse o safado quem tirou sua inocência? Um homem grande entrou na minha casa

- Esse mesmo pai, ele me enganou e tirou minha pureza... Eryka falou

- Aish, para com isso Eryka, eu nunca transei com você!

- E ele ainda tem coragem de negar papai, foi bem dentro do carro dele...

- Que mentira! Falei sério

- É verdade! Ela falou

- Quando foi isso? Minha mãe perguntou

- Ontem a noite...

- Para de mentir Eryka, que nervoso!

- Eu exijo que você se case comigo Suho, exijo! Ela falou

- Pois eu também exijo que você se case com minha filha, vai ter que arcar com a responsabilidade! O pai dela falou

- Eu não vou me casar com ninguém...

- Ah seu moleque... O pai dela segurou em minha camisa... Você vai se casar com ela sim!

- Em que século vocês vivem? Ela já deve ter ficado com todos daqui desse lugar e agora está fazendo isso comigo porque eu não a quis...

- Eu vou acabar com você! O pai dela falou

- Solta o meu filho... Meu pai me puxou

- Acho bom esse moleque arcar com as consequências...

- Eu não vou me casar com ninguém, Eryka toma vergonha na sua cara! Fui para o meu quarto

- Oh Junmyeon... Era o Suho

Olhei para o espelho do guarda roupas...

- Não estou com paciência... Falei

- Você é burro assim mesmo ou fez curso?

- Que?

- Ela disse que você tirou a pureza dela ontem a noite...

- E daí?

- Clemência sua anta, pelo amor de Deus mermão, onde você estava ontem a noite?

- Aigoo verdade, eu estava com a S/N...

- Vai desmascarar aquela safada, chama a S/N e pede ela para falar a verdade...

- Eu vou fazer isso agora... Saí correndo do quarto

- Vai onde? Meu pai perguntou

- Sair... Entrei no carro e fui atrás da S/N

(...)

Fui na casa dela e a sua mãe me disse que ela tinha saído, rodei a praia toda e não a encontrei, voltei para casa, meus pais tinham saído, eles foram tentar acalmar os pais da Eryka, Chen tinha saído, eu estava sozinho...

(...)

Já era noite e estava chovendo muito, mesmo assim eu estava na frente de casa esperando a S/N, ele precisava passar na frente da minha casa para ir para dela...

Ela andava na chuva, estava toda molhada, fui até ela...

- S/N...

- Aish! Não fala comigo!

- O que foi?

- Como você é cínico, todo mundo está sabendo o que você fez com a Eryka...

- Eu não fiz nada, e é por isso que eu quero sua ajuda...

- Eu vi o tipo de pessoa que você é, para de mentir...

- S/N... Segurei seu rosto... Ela disse que eu fiquei com ela ontem a noite, mas isso é impossível, eu fiquei com você a noite toda...

- Ela disse isso?

- Disse, e eu preciso que você fale para os meus pais e para os pais dela a verdade...

Ela ficou em silêncio, segurei sua mão e a levei para dentro de casa...

- Você vai gripar, vou pegar uma toalha...

Fui até o meu quarto, peguei uma toalha e a enrolei...

- Você não ficou mesmo com ela?

- Claro que não S/N, se eu tivesse ficado seria homem o suficiente para falar... A olhei... Tira essas roupas molhadas e veste alguma minha...

Ela se aproximou...

- Suho...

- Você vai falar a verdade para o meus pais? Perguntei

- Vou...

- Aigoo, muito obrigado...

- Suho fica comigo...

- Ham?

Ela levantou os pés e me beijou, a segurei pela cintura e consenti ao seu beijo, ela me abraçou forte e eu comecei a devorar sua boca, ela separou nossos lábios e me olhou respirando ofegante...

- Eu quero muito ser sua...

- Eu quero isso a muito tempo...

Voltei a beija-la e fomos para o quarto aos beijos...


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...