História O aniversário inesquecível da Astrid - Capítulo 9


Escrita por:

Postado
Categorias Como Treinar o seu Dragão
Visualizações 56
Palavras 850
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Famí­lia, Festa, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


E ai galerinha ?
Saudades ???
Espero que gostem

Capítulo 9 - Capítulo 9


POR ASTRID ON

Aproximamos os nossos rostos e...

- Ei, ei, ei - o Melequento abriu a boca, como eu quero matá-lo !

- Soluço, não deixa ela te distrair ! - o Perna de Peixe disse, e a Heather deu um olhar mortal pra ele, um dos motivos pra sermos tão amigas

- Certo! - ele infelizmente se afastou

- É melhor você se sentar Astrid. Isso pode demorar - a Heather disse

- Então tá! - falei me sentando contra a minha vontade, mas sabia que se não fizesse não sairia dali tão cedo

- Primeira pergunta: - disse o Soluço - Quem sabe ?

- Só a Heather e a Tempestade - respondi 

 - Perá ai - falou Cabeça Quente

- Quer dizer que você confia mais em seu dragão e em uma Beserker - completou Dura

- Do que na gente ? - finalizou Quente

Aí eu lancei um olhar mortal pra eles

- Não precisa responder - falaram em coro

- Segunda pergunta: qual o nome da música que você cantou ? - Soluço ignorou a interrupção e continuou

- When I'm gone - falei

- Quando ? - a Heather entrou na conversa

- Ontem a noite - disse - não conseguia dormir 

- Espera! Quer dizer que você canta, escreve músicas e cria ritmos pra elas ? Com que frequência isso acontece ? - ele perguntou de uma vez

- Ela escreve músicas desde os 15 anos ! E canta desde os 10. As músicas são sobre como ela se sente sozinha por causa dos pais! - a Heather falou, realmente, saiu como um baque! 

Todos olharam pra ela, e depois olharam pra mim, eu só levantei os braços ( 🤷🏼), não sabia a mennor ideia do que dizer.

- Tem mais algum talento seu que a gente não saiba ? - o Soluço perguntou com o olhar perdido

- Bom... - fui interrompida 

- Ela também desenha! - a Heather estava de mais hoje ! - E tem vários desenhos seus Soluço! 

- Como assim? Você prefere desenhar uma espinha de peixe do que um exemplo de beleza e vikingdade ? - o Melequento perguntou se exibindo

Só não joquei meu machado neles 2 porque sabia que ia me arrepender depois !

- Isso é verdade ? - Soluço perguntou me olhando meio triste

- Sim... - respondi sem conseguir olhar nos olhos dele

- Quando você ia me contar ? - ele se aproximou

- Não ia - falei - ERA uma coisa só minha. Queria que continuasse assim por um tempo.

- Porque ? De que forma ? - ele perguntou

- DA MESMA FORMA QUE EXPLODIR TUDO É COISA DOS GÊMEOS! DA MESMA FORMA QUE SABER TUDO SOBRE DRAGÕES É COISA DO PERNA DE PEIXE! DA MESMA FORMA QUER SER IDIOTA É COISA DO MMELEQUENTO! - gritei me levantando

- Ei! Eu não sou idiota - é sim

- E da mesma forma que pular de penhascos com o Banguela é uma coisa sua ! - olhei nos olhos dele - Cantar e desenhar é uma coisa minha! Que além de você, é a única coisa que não podem tirar de mim!

Ele me encarou por um tempo, sem dizer nada, odeio quando ele faz isso! Percebi que os outros estavam na porta, do lado de fora.

- Soluço - comecei a chorar - Diz alguma coisa !

Ele enxugou minhas lágrimas e falou:

- Sabia que que meu coração dói quando você chora ? - com aquela voz doce dele

Ele me abraçou, eu retribui, então perguntei:

- Não está bravo ?

- Bravo ? Com você ? Nunca! Primeiro porque você tem um machado - eu ri - E segundo, porque eu te amo demais pra ficar bravo com você !

- Isso é bom - falei saindo do abraço

- É ? - ele se fez de desentendido

- É. Porque se você estivesse bravo comigo - fiz uma pausa e encarei os olhos verdes dele - Eu não ia ganhar um beijo de bom dia !

- É um beijo que a senhorita quer ? - ele colocou a mão na minha cintura

- É ! - coloquei meus braços em volta do pescoço dele

Aproximamos nossos rostos devagar... e nos beijamos !

- SOLUÇO !!! - o Bocão entrou na arena - Finalmente eu te encontrei !

- Nós tentamos impedir ! - a Heather disse - Mas ele é o Bocão !

- É impossível segurá- lo - falou Perna de Peixe

- Ele é explosivo !  - os gêmeos gritaram batendo as cabeças 

- Eu não movi um dedo ! - Melquento, como já era de se esperar.

- Vem logo! - o Bocão pegou o braço do Soluço, mas ele foi rápido o suficiente pra me dar um último selinho, que apesar de ter sido bem rápido, acelerou o meu coração do mesmo jeito - Hoje é o dia das reclamações em Berk ! 

- Que Odin tenha piedade de mim ! - ele sussurrou, mas eu consegui ouvir e ri de leve, acho que ele percebeu, porque fez uma cara de bobo, aquela cara de bobo que eu tanto amo!

Quando eles já estavam longe, a Heather veio até mim:

- Então... Vamos fazer coisas de garotas ? - ela perguntou

- Boa ideia !

Montamos nossos dragões e saímos







Notas Finais


E ai ??
Querem matar o Melequento né ?
Não culpo vcs
Eu tbm quero !


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...