História O Anjo Sem Asas ( Interativa) - Capítulo 3


Escrita por: ~ e ~Docetiziinha

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Alexy, Armin, Castiel, Kentin, Lysandre, Nathaniel, Personagens Originais, Rosalya
Tags Alexy, Amor Doce, Anjo, Armin, Bruxa, Castiel, Demônio, Fada, Kentin, Lysandre, Medo, Nathaniel, Sweet, Terei
Visualizações 58
Palavras 309
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Fantasia, FemmeSlash, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Fluffy, Harem, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Slash, Sobrenatural, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Canibalismo, Cross-dresser, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 3 - Prólogo


Fanfic / Fanfiction O Anjo Sem Asas ( Interativa) - Capítulo 3 - Prólogo

Quem sou eu? Porque isso? O que eu fiz para ser assim?


Olá, alguém?

As lágrimas caíam, seus gritos faziam eco, elas pararam, essa frase se repetia com o eco. 

-Como? Porquê?-

Um casal que passava de carro pela montanha neva, para ao ver algo parecido como uma criança cair do céus, de repente a criança entra em contato com o chão.

-Ela está bem?- A mulher pergunta ao médico que acabará de chegar:

- a altura da queda foi grande, mas essa criança teve a sorte de cair na neve. O anjo da guarda dela deveria estar presente.- o homem se retira deixando a mulher junto do marido com aquela angelical criança:

- Venha, aqui é sua nova casa.- Soraia Steffens, a mulher que salvou a garotinha, a empurra para dentro:

- Amor, até agora ela não disse nada.- o homem diz olhando para a  criança.- Qual seu nome?- nada, exatamente nem um movimento ou palavra:

- Não deve saber falar, vamos chamá-la Luzinete.- A mulher fala sorrindo:

- Porque o nome de sua mãe? E não o da minha?- Os dois começaram uma leve discussão, mas foram interrompidos por uma doce voz angelical e doce:

- Sofia, meu nome, é Sofia.- a menina diz olhando triste para o casal.- eu não posso substituir o filho que perderam, mas, eu prometo não dar trabalho.- a voz da garota saio por um fio, suave e doce. 

O casal emocionados deram um abraço na garota e disseram "Vamos ser uma grande família"

11 anos depois

Porque eu não consigo? Eu queria voltar, mas não posso.

Me chamo Sofia, tenho 15 Anos. Não tenho muito o que me descrever, só que eu tenho umas sardinhas que me irritam.

Pode se dizer que sou um anjo que caiu do céu, porque literalmente eu cai, de onde eu vim eu até sei, por que estou aqui também, mas, só não sei o porque delas não funcionarem mais.





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...