1. Spirit Fanfics >
  2. O Apocalipse >
  3. Capítulo VII - Que verdades Sejam Ditas

História O Apocalipse - Capítulo 8


Escrita por:


Notas do Autor


Olha eu aqui denovo :)

Capítulo 8 - Capítulo VII - Que verdades Sejam Ditas


Jungkook estava sentado na cama e Taehyung do seu lado passando uma espécie de pomada em seu rosto e braço. Jimin estava encostado na cômoda.

Então foi assim que vocês encontraram aqueles sujeitos? - Jimin revira os olhos.

Olha, sinceramente, eu não fui com a cara daquele tal de Hoseok.

- Isso só significa que você está com ciúmes. - Tae sorri sutilmente. - Pronto, terminei de passar a pomada.

- Por que você continua cuidando dele? Você teve que lutar contra dois caras e matar eles por causa dele! - Jimin arqueia as sombrancelhas. - Taehyung, você nunca faria isso!

- Bem.. eu não lutei né... - Tae olha para o ruivo. - Eu mordi o que estava perto de mim, e ele atirou mas acertou a parede.. ai eu empurrei e ele tropeçou e bateu com a cabeça e ficou caído. - 

- Você mordeu ele? - Jungkook ri e então fica pensativo. - Mas eu vi você e o Yan lutando.. 

- Ah não, não estávamos lutando. - Taehyung fala e então explica. - Ele mirou a arma em mim e eu fiquei fazendo zigue-zague na frente dele ai eu bati na mão dele igual eu via nos filmes de ação, e a arma dele caiu ai eu apontei e atirei com a arma que eu tinha pegado do outro.

- Meu deus. - Jimin põe a mão na testa e ri.

- Eu não acredito que você fez isso. - Jungkook ri.

- Eu não sei se fico mais chocado com ele parecendo um cara normal - Jimin aponta para Jk. - Ou com você ter feito isso. 

- Como assim um cara normal? - Taehyung olha para Jimin. - Ele é normal.

- É que.. eu e ele, nós nunca chegamos de tentar uma amizade ou coisa parecida. - Jungkook explica e se vira para  o Jimin.- E cadê o gnomo?

- Gnomo? - 

- O Yoongi. - Taehyung se levanta para guardar as coisas.

- Ta conversando com aqueles três no quarto... - Jimin da uma suspirada.

- Vamos lá ver o que eles estão falando. - Taehyung acena e sai na frente, seguido por Jungkook e Jimin.

Quando abrem a porta, todos estavam sentado no chão, Yoongi olha na direção da porta e se levanta.

Ah, oi gente.. algum problema? -

- Não, a gente só veio ver.. sobre o que vocês estão conversando.. - Taehyung se senta na cama.

- Sobre mentiras e verdades. - Hoseok responde antes que Yoongi pudesse falar algo.

- Deveria ser sobre: fica quieto que ninguém falou com você. - Jimin fala tranquilamente se sentando do outro lado da cama. 

- Que? - Hoseok, o olha. 

- Que? - Jimin olha para o mesmo, fingindo inocência.

- Gente, chega! - Namjoon explode. - Vamos fazer o seguinte, pra nós pararmos de termos intrigas, vamos ser abertos uns com os outros, okay? 

- Ihh, isso vai ser difícil pra certa pessoas.. - Taehyung olha de relance para jungkook, sentado na poltrona.

- Isso foi uma indireta captada com sucesso.- O mesmo sorri irônico.

- Que ótimo. - Taehyung sorri da mesma forma.

- Primeiro que nós nem sabemos o nome dele e ele nem sabe o nosso. - Jin se refere ao Jimin e se levanta indo comprimentar o mesmo. - Eu me chamo Jin, Prazer.

- Jimin. - Ele comprimenta o rapaz.

- Eu sou o Namjoon e ele é o Hoseok. - Namjoon fala e então revira os olhos. - Ele costumava ser mais legal, ta.

- Namjoon, meu caro... eu sou legal. - Hoseok sorri. 

- Okay, quem vai começar soltando os podres? - Jin olha em volta. 

- Que tal começarmos por esses dois? - Hoseok olha para o Jungkook e o Taehyung.

Taehyung suspira.

Olha.. eu não tenho muito a esconder, só que eu menti que eu bati nele.. - Ele da de ombros. - na verdade, foram uns dois caras que bateram nele e eu tive que.. matar eles.. 

- Você? - Yoongi o olha surpreso. -  Não era você o sujeito mais dentro da lei que existe no planeta terra? 

- Olha, você pare, okay? - Tae aponta o dedo para ele. - Estavamos correndo risco de vida.

- Ta, ta. - Yoongi ri e balança a cabeça. 

- E você? - Jimin olha para Jungkook e o mesmo suspira.

- É necessário? - 

- É, é muito necessário sim. - Namjoon responde.

- Bom.. resumindo a minha vida, eu roubava joalherias, e tive certas dívidas.. - Ele limpa a garganta. - Quando tudo ficou de cabeça pra baixo, eu me juntei á um grupo de mercenarios.. 

- Por que? - Hoseok faz uma careta.

- Aí eu não correria o risco de ser roubado. - Ele da de ombros. - Mas tive certas desavenças, e roubei eles, o que deu que o Yan veio atrás de mim e me achou depois que a gente se encontrou no hospital. 

- Oh.. - Tae afirma com a cabeça. - E sobre a sua suposta namorada, ela é real?

- Namorada? - Ele ri. - Não ela não é.

- Sabia.. - Taehyung o fita. 

- Aí a gente lutou em cima de um prédio e ele caiu..  e eu vim pro casino aqui do lado.

- E por que aqueles caras te bateram? - Namjoon pergunta.

- Porque um deles era irmão desse tal de Yan. - Taehyung responde pelo Jungkook.

- Ah, ta explicado. - Hoseok afirma com a cabeça.

- Mais Alguém? - Nam olha para os rosto. - Bom, já que estamos todos quites, continuamos assim..

- Namjoon sendo Namjoon. - Jin resmunga e se levanta. - Seu sobrenome deveria ser Paz.

- A Paz foi inventada pelo Namjoon. - Hoseok ri.

- Que a paz esteja conosco. - Jimin sorri.

- Mas a paz está e ela tem 1,80 de altura - Hoseok ri junto com o Jin.

- 1,80cm?? Avemaria.. - Jimin fica surpreso. - E eu aqui com os meus 1,75cm..

- Eu acho que sou mais alto que você. - Yoongi olha para o Jimin.

- Não é não, eu e você somos do mesmo tamanho. - Jimin cruza os braços.

- Dois gnomos, a maionese - Jungkook aponta para yoongi e depois para o Jimin. - e o Ketchup. 

- Eu vou te mostrar quem que é o ketchup agorinha com a minha mão sentando na sua cara. - Jimin balança a mão esquerda, enquanto fala para jungkook.

- Olha aqui, eu não vou ficar passando pomada em ninguém não. - Tae se levanta e para na porta. - Você que lide com os seus machucados.

Assim que ele sai, jungkook se levanta e vai atras do mesmo, hoseok se espreguiça.

Acho que vou deitar e descansar, estou exausto. - Ele põe a mão na nuca e sai do quarto, entrando no que ficava na frente.

- Eu também.. - Jin se levanta. - Tudo o que eu mais quero é dormir, dormir até o mundo acabar.

- Vish, o mundo já está acabando. - Jimin o olha.

- Então é melhor eu começar a dormir. - Ele responde e sai.

Namjoon vai atrás, deixando apenas Yoon e Jimin no quarto. Yoongi fecha a porta e deita na cama. 

Vocês fecharam aquela porta do saguão? - Jimin se lembra da porta.

- Ah, sim, ponhamos algumas coisas pra impedir que abrissem. - Ele se encobre. - Vem deita aqui.

Jimin obedece e deita do lado dele.

Você.. conseguiu se lembrar deles? - Jimin o olha.

- Bom, não muito.. mas sei que eles são confiáveis, eu sinto.. - Yoongi olha para o teto e olha nos olhos do pequeno. - Por que? Está com ciúmes?

- Que? Não.. - Jimin sente as bochechas queimarem. - Eu só.. eu só perguntei.

- Por que você apertou a minha mão aquela hora quando encontramos eles? - 

- Eu.. eu não sei. - Jimin responde baixo e suspira. 

Yoongi se aproxima acariciando o rosto do mais novo.

Yoongi.. -

- Sim? -

- Eu acho que estamos indo rápido demais, não? - Jimin passa o dedo na gola da camisa do outro.

- Você acha? - Yoongi para com o movimento.

- E-eu não sei. - Ele ergue o olhar. - Eu só não quero que isso acabe.

- Isso não.. não vai acabar Jimin... - Yoongi sorri docemente. - Talvez você tenha razão... vamos com calma.

- É.. que seria loucura cair de cabeça em um relacionamento com alguém que você conheceu em menos de uma semana. - Jimin revira os olhos.

Yoongi apenas o vira e fica por cima do mesmo, prendendo-o com o corpo. Jimin surpreso com o ato inesperado, permanece imóvel.

Não. Repita. Isso. - Yoongi o encara sério. - Não revira os olhos perto de mim.

- D-desculpa... - Jimin fala após processar tudo mentalmente. - Eu nao sabia..

- Mas agora você sabe.. - Yoongi passa a mão em seu rosto, acariciando. - A gente pode ir se conhecendo mais se tempo for um problema para você.

- Não... não é um problema.. eu só.. seria estranho eu te falar que te amo? - Jimin põe a mão na cintura do mais velho ainda em cima dele.

- E você me ama? - Yoongi o olha brincalhão.

- Amo. - Jimin sorri. 

- Mesmo me conhecendo em menos de uma semana?- 

- Mesmo te conhecendo em menos de uma semana.- Jimin repete e sorri mais ainda.

- Então.. eu também te amo, Jimin. - Yoongi sorri e o beija intensamente.

Jimin retribui o beijo, apertando levemente a cintura do outro, sentindo a língua de Yoongi pedindo passagem e o mesmo cedendo. 

Naquele fim de tarde, em algum hotel abandonado em Seul, existia duas pessoas apaixonadas uma pela outra, se declarando. Uma que nunca havia sentido esse sentimento antes e fugia dele de todas as formas possíveis, ocupando a mente com o serviço e amigos, isso era tudo oque ele precisava ou pelo menos era assim que o velho Yoongi pensava. E outro que nunca havia dado importância para algo que ele chamava de "sentimento bobo que faz as pessoas fazerem coisas impensáveis e idiotas", Jimin acreditava que estava bem sem ter alguém pois ele tinha Taehyung mas as coisas mudaram, o jeito dele pensar mudou. Tudo mudou.



Notas Finais


Tharaaam... sim eu sei, Yoongi está muito boiola mas essa é o resultado quando uma pessoa super boiola resolve fazer uma fanfic, me perdoemkkkkk


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...