História O APPA DO MEU FILHO (imagine jungkook-bts) - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), TWICE
Personagens Chaeyoung, Dahyun, Jeon Jungkook (Jungkook), Jeongyeon, Jihyo, Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Mina, Momo, Nayeon, Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Sana, Tzuyu
Tags Bangtan Boys (BTS), Jeongguk, Ji-ho, Mina, O Appa Do Meu Filho, You
Visualizações 43
Palavras 1.004
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiii galerinha gente eu não tô me sentindo sastifeita com minha criatividade então eu tô pensando em acaba com todas as minhas fics

Boa ilusão ❤❤

Capítulo 1 - O começo de tudo


Fanfic / Fanfiction O APPA DO MEU FILHO (imagine jungkook-bts) - Capítulo 1 - O começo de tudo


_________ P.O.V


É lá estava eu sentada no sofá da casa das minhas amigas tentando convencê-las que não estava afim de sair de casa, mas minhas amigas são teimosas então minha tentativa foi em vão.


- vai s/n por favor! - sara insistia fazendo sua famosa birra, enquanto um bico emburrado se formava em seus lábios - não deixa ir só nós três agente é uma família é se lembre das coisas que eu fiz por você - bufei em reprovação. 


- eu já fui bem clara sara não estou com ânimo pra colocar nem um dedo lá pra fora - falei estressada.


- talvez só hoje não faria nenhum mal - opinioou evelyn baixo mais o suficiente pra mim escutar. 


- é legal hoje é sábado mais oque importa? - cruzei os braços - afinal se estão tão interessadas em ir em baladas pra curtir á porta está logo ali - aponto em direção a porta é mantha me olhou com reprovação. 


- pode até não ter prometido nada mas - sorrio sapeca - você vai por que muitas vezes salvamos sua pele de não fica encrencada com seus pais - bufei estressada me sentindo culpada.


- vocês são manipuladoras - rebate zangada comigo mesma - eu me rendo eu vou, mas estaram me devendo dessa vez - os sorrisos que tiam no rosto logo foram sumindo após minha fala.


- ok! Só vou fazer isso por causa que não quero ficar sozinha lá - me fita parecendo pensa - agora vamos nós arrumar iremos umas 19:40 por aí.


Pela primeira vez eu não fiz birra alguma ou algo do tipo, acho que me sentir culpada por não ser do jeito que elas querem que eu seja.


[.......]


Havíamos acabado de chegar na tal balada só nós atrasamos um pouco por causa da evelyn. Sara já foi direto ir pegar uma mesa para nós é um pouco de bebidas. Eu estava me sentindo muito desconfortável com aquele vestido vermelho, super colado que fui obrigada a usá-lo. 


- me lembre de ir passa uns dias com minha vó assim vou poder ter descanso das marmotas de vocês - faço um bico bem emburrado é as mais velhas riem.


- você deveria e nós agradecer é está  feliz - evelyn falava enquanto bebia um pouco do seu soju - olha o tanto de homem que tá babando por você - olhei em volta é tinha alguns homens me olhando mais não eram tantos assim pra se exagerar, mais não me importei muito com isso. Apenas ignorei os olhares alheios é voltei minha atenção as minhas amigas.


- isso é muito difícil de se aceita - bebi um gole de meu soju, sentindo a bebida passa queimando igual fogo pela minha garganta - eu tô achando que vir aqui foi uma péssima ideia.


- aish s/n pare de ser tão teimosa assim só uma vez na vida - a mais velha se levantou um pouco alterada já por conta da bebida alcoólica, as três se entre olharam é saíram correndo em direção a pista, é eu como sempre sem entender nada preferir fica sentando curtindo bem meu bom é velho amigo soju.


Por que será que eu ainda estou aqui? Eu podia muito bem sair escondida é ir pra casa dormir até dizer chega, mas não eu vou ficar pra olha essas criaturas de Deus. 


Eu já queria sair daqui a muito tempo, primeiro: não sou acostumada com barulho, segundo: álcool não me faz bem é terceiro: pegação é muito nojento a luz da balada.


Eu acho que as meninas estão certa porque eu não me tiro do meu corpo por uns minutos ou talvez até horas só pra mim poder curtir um pouco minha vida de solteira.


Sempre soube que era fraca pra bebidas, mas eu sou tudo menos obediente então decidir bebe mais do que um copo.


Lá estava eu na pista de dança ao lado da evelyn, dançando uma dança bem sensual. Eu nunca fui Boa em dançar mas eu estou beba fora de mim então não há mais nada que importe.


Olhei em volta vendo muitos homens safado olhando as mulheres dançando na pista, até percebe um homem me olhando atentamente, me fitando enquanto mordia os lábios inferiores que já os encontravam bastante vermelhos. Eu não vou querer negar nada, ele realmente era um pedaço de mal caminho, mas de ir o ignora-lo é continuar a me divertir, mas do nada sentir alguém vim por de trás de mim é me prender contra seu corpo olha como ele é ousado a esse ponto.


Ele era extremamente bonito mais podia facilmente ser um cafajeste já que está aqui nessa balada de quinta que eu não gostei nem um pouco, mas talvez ele posso animar mais minha noite entediante.


Sei lá eu vim pra quase obrigada oque eu mereço é uma noite com um homem que me faça subir as paredes á noite toda. Viu eu tô fora de si eu não falo coisas tão sujas á esse ponto.


Eu sinto que brevemente eu saberei oque esse aqui que concerteza sexo uma mulher corpão viu só por que sou mestiça eu tinha que fica com o corpão pra mostra minhas lindas curvas.


Aquele homem me apertava tão forte contra seu corpo que claramente dava pra mim percebe que o mesmo ficou exitado. Mas claramente eu não estou sentindo sua ereção agora.



Mas tudo me indicar que vou fazer merda hoje é das grandes espero que esteja errada só uma noitissinha não morrer.



Ele tem músculos fortes é bem definidos seu peitoral já indicar tudo que é pra ser indicado no momento em que me prendeu em seus braços. 


É tudo indicava que o mais alto precisa da mesma coisa que eu que resumindo em uma breve palavra simples é fácil de falar. Sexo.


Muito simples de se falar é hoje é meu dia de sorte então vamo aproveitar ao máximo. Ou eu estou sendo oferecida demais ah oque importa eu tô bêbada meamo



Continuar......


Notas Finais


Como sabem eu não sou boa fazendo imagine é nem sempre me agrado com oque consigo fazer mais eu estou me esforçando por vocês

A capa gente fui eu que fiz não sei se tá bonita ou não mais comentem oque acharam dela

Comentem muito é favorita também

Saranghae ❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...