História O babá (Jikook) - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO
Personagens Personagens Originais
Tags Jikook
Visualizações 337
Palavras 995
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Festa, Ficção Adolescente, Fluffy, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Suspense, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá pessoas!!
Essa é minha terceira fic, se quiserem ver minhas outras duas estarão nas notas finais ok links, okin?
Bom tomara que gostem
E boa leitura <3

Capítulo 1 - (One)


Fanfic / Fanfiction O babá (Jikook) - Capítulo 1 - (One)

|Jungkook on| Segunda-Feira| 6:30 AM|

Sou Jeon Jungkook, um menino que apenas gosta de sair e pegar várias... Mas uns 3 meses atrás encontrei uma mulher muito linda, ela era perfeita pra mim, estamos namorando faz 3 meses e amo ela com todo amor que tem dentro de mim. 

Acordo com minha mãe gritando lá do andar primeiro andar "JUNGKOOK ACORDA", tenho sono leve por isso ela grita e não vem até meu quarto, acordo e vou fazer minhas coisas da manhã, escovar o dente trocar de roupa e etc.

Saio do quarto e desço as escadas de minha grande mansão, indo até a cozinha, e lá estava minha mãe dando comida para minha irmã pequena de 5 anos, e minhas 2 empregadas fazendo panquecas com chocolate para mim comer.

-Bom dia todo mundo-Falo 

-Bom dia-Todas falam ao mesmo tempo 

-Credo, povo estressado-Ninguém responde então decido ficar quieto, abro a geladeira e pego o suco de laranja que tinha ali, e sento na mesa esperando uma das empregadas terminar elas.

Como meu café e vou escovar os dentes de novo, e depois vou arrumar minha mochila, pois já era 7:00 AM e minha aula começava ás 7:30 AM

-JUNGKOOK!-Minha mãe grita lá de baixo 

-CALMA JÁ TO INDO-Respondo 

-NÃO É ISSO, VENHA AQUI-Reviro os olhos e vou até a sala de jogos que era onde ela estava 

Chego na sala e ela estava sentada com meu pai na mesa com papéis na mão, então penso "puta que pariu, minhas notas", mas eles não estavam com cara de bravos então decido não falar nada, sento ao lado deles e vejo vários caras, e um pouco sobre eles.

-Aqui estão os novos babás da sua irmã, e como você fica a tarde inteira aqui, é bom que você tenha um bom relacionamento com eles, então quero que você nos ajude a escolher o novo babá-Meu pai fala, concordo com a cabeça e começo a ver os perfis, e quando passo em um minhas pupilas acho que até dilataram.

O nome dele era Park Jimin. A sensação que tive quando vi ele foi estranha, nunca tinha sentido isso com homens, comecei a sentir calafrios e minha mão começou a tremer, e um sorriso saiu de meu rosto

-Filho?-Minha mãe me olha com uma cara confusa 

-O-oi? 

-Você tá bem? Parou do nada 

-Ah não...Eu to bem sim, não ligue-Sorrio com um sorriso forçado 

Perfil: 

[Foto dele]  

(Mídia do capítulo )

Nome: Park Jimin

Idade: 22 anos 

Personalidade: Alegre, divertido, saúde ótima, extrovertido, adora crianças (4 irmãs de 2 a 12 anos )

Estado civil: Solteiro

Aquelas características dele...Aquele nome...Aquele rosto...Meu Deus, que homem! Mas eu precisava me controlar, não sei que sensação é essa, por que estou sentindo isso? O que ele fez comigo?Eu nunca senti isso em um homem na minha vida inteira...Juro.

-E ai filho? O que achou deles?

-Gostei de todos-Tive que me controlar...Não posso falar do Park 

-Gostou de algum específico?-Sim mãe, eu gostei do Park 

-N-não...De nenhum

-Ok...-Eles me olham estranho 

-Por que estão me olhando assim?-Comecei a ficar nervoso-Aff gente parem vocês dois! Vamos já é 7:20 AM

Me levanto saindo rápido da sala indo por meu quarto.Chego em meu quarto e fecho a porta trancando a mesma e me jogando na cama.Comecei a olhar por teto e a única coisa que me vinha a cabeça era ele...Por que ele não sai? Por que ele tinha que aparecer? O que está acontecendo?

Eu deveria estar pensando na minha namorada...Não devia? Devia estar pensando nela, não nele...Ai meu Deus, eu não sei o que fazer.

-Jungkook?-Minha mãe bate na porta 

-Oi mãe?

-Vamos, já está atrasado

-Ok, já estou indo 

Pego minhas coisas e vou para o carro, na ida para a escola continuei pensando nele, eu não sei como tirar ele da minha cabeça...Não sei como vou fazer se ele for o novo babá, vou ver ele todos os dias, todas as horas

|Algumas horas depois| Depois da aula| 12:30 PM\

A aula acabou e vou dar tchau para os meus amigos e pra Sook, minha namorada 

-Oi amor...

-Oiii-Ela vem e me abraça, mas ela sente que eu não estava bem, que eu estava estranho-Oppa, você ta bem?

-E-eu? C-claro que to! Eu...Eu só to meio estressado sabe, em casa tenho que ficar as vezes brincando com minha irmã enquanto o novo babá não vem sabe

-Sério? 

-Sim, dai eu não consigo dormir direito, então eu to meio estranho, cansado e tal

-Ai tadinho-Ela vem e me abraça 

-Amor, eu preciso ir...

-Já?

-Sim, preciso cuidar da minha irmã

-Ah verdade...Vai lá então-Ele me da um selinho e começa a andar 

Então eu vou pra minha casa, de apé...Aquele abraço que ela me deu...Não significava quase nada pra mim, quando eu abraçava ela antes eu sentia que eu estava protegido, que eu tinha alguém pra amar, e pra me amar, os beijos então...Nem se fala, me deixava louco, eu era um cara muito feliz com ela, ainda sou, mas ta diminuindo.

Só foi uma olhada, apenas uma foto...Eu já fiquei assim, imagina quando eu conhecer ele, se meus pais forem contratar claro... Eu estou ficando realmente louco... Será que eu...Estou gostando dele?

Chego em casa e lá estava minha mãe com os papéis na mão novamente.

-Oi filho, preciso falar com você

-Pode falar mãe-Falo fechando a porta e colocando minha mala no chão mesmo

-Quero que você escolhe 3 desses pra eu colocar na lista dos possíveis babás que podem ganhar o emprego-Ele me dá os papéis e na hora eu não conseguia pensar em nada, só fui e escolhi 3 qualquer ali, e não escolhi o Park...-Ok filho, obrigada-Ela sorri e sai andando pra cozinha e eu apenas corro por meu quarto 

Chego no quarto tranco a porta, ligo o ar condicionado, pois estava suando de nervoso, me jogo na cama e pensei "Eu fui burro ou não de não ter escolhido ele pra ser babá da minha irmã?" 

 

 

 


Notas Finais


Foi isso :)
Espero que tenham gostado, sei que ta uma bosta mas prometo que vai melhorar ok?
Comentem ai, e favoritem pra ajudar a tia aqui <333
~Bjos pra todos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...