História O babaca do meu melhor amigo (EM REVISÃO) - Capítulo 11


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Jungkook_jung
Visualizações 283
Palavras 1.190
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Ecchi, Festa, Fluffy, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura
#pas

Separem os lencinhos e bom capítulo.

Capítulo 11 - A nossa despedida.


Fanfic / Fanfiction O babaca do meu melhor amigo (EM REVISÃO) - Capítulo 11 - A nossa despedida.

 Yoongi parou em frente em minha casa e me olhou atenciosamente. 

- Fica bem tá? - ele falou dando um beijo na minha testa e eu assenti. 

- Eu vou ficar aqui com ela tá? Qualquer coisa me liga - Taehyung falou e desceu do carro.

- Tchau Emily - Hoseok falou acenando pra mim e sorrindo.

Entramos na minha casa e eu desmoronei, acho que se Taehyung não estivesse me segurando, eu tinha caído naquele chão.

- Isso, chora me amor, chora bastante - Taehyung falou me pegando no colo me levando em direção ao meu quarto. 

Eu chorava e chorava, não sabia o porque, mas a vontade de chorar era enorme e crescia cada vez mais.  

Taehyung me abraçava na tentativa de me acalmar.

- Vai ficar tudo bem - ele falou enquanto fazia um cafuné na minha cabeça. 

Depois de longos minutos chorando eu parei e olhei pra Taehyung, que me olhava com os olhos lacrimejados também. 

- Me conta o que aconteceu, eu tô aqui pra te ajudar - ele disse sorrindo carinhosamente.

       Quebra de tempo 

Como sempre, contei tudo pra Taehyung, desde o dia em que ele disse que me amava até tudo o que eu senti hoje.

- O Yoongi vai falar tudo pra ele não vai? - eu falei chorando mais.

- Eu não sei, eu realmente não sei - depois que o Taehyung falou isso o telefone dele tocou.

- Oi Yoongi - ele disse com um semblante confuso - não, ela tá melhor - ele disse sorrindo me olhando - tudo bem, tô indo pra sua casa - ele falou levantando da cama, agora quem estava com o semblante confuso, era eu - tchau - ele disse por fim e desligou o celular. 

- Você já vai? - eu perguntei fazendo um biquinho. 

- Vou sim, o Jungkook tá vindo pra cá pra vocês conversarem - ele disse e eu levantei da cama assustada. 

- O que? Não, eu não tô preparada pra olhar pra cara dele, não agora - eu falei e ele segurou meu rosto com as duas mãos.

- Você vai ficar bem, você é forte - ele disse e deu um beijo na minha testa.

Bufei e me joguei na cama frustrada, Taehyung mandou um beijo de longe pra mim e sumiu da minha vista.

Fiquei um bom tempo naquela mesma posição até ouvir a companhia tocar.

Me olhei no espelho e eu tava horrível, rímel borrado, cara vermelha e cabelo desgrenhado, nem me dei ao luxo de arrumar.

Fui em direção a porta e respirei fundo antes de abrir, quando abri dei de cara com um Jungkook apreensivo e nervoso olhando para os próprios pés.

- Entra - eu falei com a voz meio rouca por conta do choro de minutos atrás. 

Dei espaço e Jungkook passou do meu lado sentando no sofá.

- O Yoongi conversou comigo, e eu tô aqui pra esclarecer tudo entre a gente - ele falou pela primeira vez desde que chegou ali.

- Tudo bem, por onde você quer começar? - falei me sentando do seu lado com as famosas "perninhas de índio".

- Tudo isso ficou tão confuso desde o dia que a gente dormiu junto e parece que de lá pra cá só veio complicando mais - ele falou me olhando e eu assenti com a cabeça.

- Eu concordo com você, mas eu não sei o que a gente vai fazer daqui pra frente - eu falei e senti meus olhos lacrimejarem novamente. 

- Eu acho que nós estávamos melhores antes de isso tudo acontecer, de quando nós éramos apenas amigos - ele falou e eu senti a primeira lágrima escorrer pelo meu rosto.

- Tudo ficou tão mais difícil desde aquele dia, parece que o mundo todo caiu sobre a gente e que nós não tínhamos mais solução - eu falei e ele assentiu também com lágrimas nos olhos. 

- Eu sinto o mesmo -  ele falou e eu vi a primeira lágrima descer pelo seu rosto.

- Eu acho que nós funcionamos melhor como amigos, como sempre fomos - eu falei e senti mais lágrimas descendo pelo meu rosto.

- Então é assim que você quer que seja? - ele perguntou chorando e eu neguei.

- É assim que tem que ser - o corrigi - vai ser melhor pra mim, pra você, pros meninos e agora, pra Joy - eu falei e ele chorou mais e eu também. 

- Emily - ele tentou falar mais eu o interrompi.

- Ela é uma garota boa Jungkook - falei sorrindo entre as lágrimas - vocês vão formar um belo casal e eu vou torcer por vocês, porque é isso que os amigos fazem, eu só quero que você fiquei feliz, mesmo que não seja comigo - falei e coloquei minha mão em seu rosto.

- Você é a melhor pessoa que eu já conheci na minha vida e eu desejo que você seja a pessoa mais feliz desse mundo - ele falou e inevitavelmente eu chorei ainda mais.

- Obrigada por tudo - eu falei tentando sorrir - por todas as risadas, os momentos, as lembranças, obrigada por existir e ter participado da minha vida - eu falei e ele negou.

- Não fale como se fosse um adeus, por favor - ele disse chorando cada vez mais.

- Mas é um adeus, Jungkook, você sabe que é, nós vamos continuar nos vendo e interagindo, mas você sabe que não vai ser a mesma coisa - falei e ele negou - você sabe Jungkook, no fundo você sabe - eu falei limpando as lágrimas que escorriam dos seus olhos. 

- Por favor, não faça isso comigo, não faça isso com a gente, por favor - ele falou eu senti meu peito arder.

- Não torna isso mais difícil do que já tá sendo - eu falei e acariciei seu cabelo - nós sempre vamos ser os mesmos, aqui - coloquei a mão no meu coração - nós sempre vamos ser as mesmas pessoas, mas com rumos diferentes - eu falei e ouvi ele soluçar por conta do choro.

- Você promete pra mim, que independente do que acontecer, se eu precisar de você, você vai estar aqui? Você vai continuar aqui por mim? - ele perguntou sorrindo em meio as lágrimas. 

- Eu prometo, você vai ser muito feliz viu? E quando você tiver lá no topo, tiver realizado todos os seus sonhos você vai olhar pra trás e eu ainda vou estar lá por você, eu sempre vou estar lá por você - eu falei e ele sorriu com aqueles dentinhos lindos.

Ele se levantou do sofá e eu levantei também, sem esperar ele me deu um abraço, aquele abraço era diferente de todos os abraços que ele já tinha me dado, aquele abraço era de despedida, a nossa despedida.

- Obrigado, por ser você - ele falou e meu deu um selar na testa.

Ele seguiu até a porta e eu fui atrás, no meio do caminho ele virou pra trás sorrindo e me olhou.

- Eu te amo - ele falou sorrindo e eu entendi a referência. 

- Eu também te amo - eu falei e sorri vendo ele virar as costas e ir embora, levando um " eu te amo" e o meu coração.


Notas Finais


Gente eu tô sem condições de escrever porque eu tô chorando demais.

O meu coração tá tão apertado, que dor meu deus.

Comentem o que vocês acharam do capítulo.

Espero que vocês tenham gostado.

Beijoss, amo vocês. <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...