1. Spirit Fanfics >
  2. O Baile ( imagine com jimin, Sehun, Kai, Taehyung, Hoseok) >
  3. Cinco Homens E Um Segredo!

História O Baile ( imagine com jimin, Sehun, Kai, Taehyung, Hoseok) - Capítulo 27


Escrita por:


Notas do Autor


Oie meus amores ♡
Finalmente consegui escrever, essa ultima semana foi muito corrido, eu escrevi um pouquinho todo dia habahsuy
Nesse capítulo vai ter a continuação da briga no ponto de vista do Tae ( se n lembrarem kkk) e a chegada do Jungkook no colégio, mas essa chegada vai dar o que falar ainda, mas só no próximo capítulo hasuy e a ideia do Hoseok eu não vou contar tão cedo, vou ser má kkk

Boa leituraaaa!!

Capítulo 27 - Cinco Homens E Um Segredo!


  - Eu não acredito no que eu estou ouvindo. – Disse Jongin irritado. – Sabia que tinha vários gaviões rondando ela. Quando isso aconteceu?


- Ontem. – Respondeu Hoseok. – Eu sei que você está adorando esse fingimento de ser o casal sensação do momento no colégio, mas sinto informar que o coração dela já é todo meu. – Disse ele confiante.


- Se enxerga Hoseok. – Ri. - Ela nunca vai gostar de você, de nenhum de vocês. – Falei debochado.


- Vocês são uns otários mesmo. – Debochou Jongin. – Você não foi o único que beijou ela Hoseok, e pelo visto não vai ser o último. Sabe porquê? Porque todos nós estamos afim dela. Quando digo nós, estou me referindo aos cinco. Não vão dizer que não perceberam isso também?


- Cala a boca! Como falei antes, não vou perder para vocês, seus merda. – Disse Hoseok furioso.


- O Jimin também? Fala sério Jongin, ela vê ele como um irmãozinho bebê. Acha mesmo que ele vai conquistar ela? Se você não conseguiu imagina ele.


- Você não percebeu que a timidez dele é a sua arma secreta? Só você não viu como ele olha pra ______ . E quem disse que eu não conquistei ela? Só vocês perdedores não viram. – Disse Jongin confiante. Só de ouvir tanta barbaridade, não consegui me conter, fiquei enfurecido. De repente quando me dei conta, dei um soco bem na cara dele.


- É assim é? – Disse ele. – Como quiser. – Disse Jongin sorrindo com raiva. Ele retrebuiu o soco.


- Que isso, eu pensei que o grande Jongin, o machão do colégio era mais forte. – Debochei dele.


- Eu estava me segurando, não queria estragar seu rostinho de moça. – Disse ele sarcástico.


- Chega de perder tempo com essa vara de bambu. Eu estou aqui também Jongin. – Disse Hoseok.


- Quer levar uma surra também? Cai dentro. – Falou Jongin mostrando os punhos. Hoseok atendeu seu pedido e pulou com tudo nele e os dois cairam rolando no chão , logo começaram a se socar e a se chutar. Eu entrei no meio da briga e comecei a bater neles também. Vou ficar todo roxo amanhã.


- A rua virou um ringue de boxe agora? – Disse Jimin. Ele nos separou empurrando cada um para um lado.


- Que deselegante. – Disse Sehun com desaprovação.


- Agora o circo está completo. – Disse Jongin limpando o sangue de sua boca.


- Você é ridículo. – Falei para Jongin.


- Não mais que você, o iludido. – Debochou.


- O que está rolando aqui? – Disse Jimin perdido.


- Não sei se isso é assunto pra tratar na presença de uma criança de colo. – Disse Jongin.


- Já que estamos reunidos aqui, eu vou revelar o segredo que todos nós guardamos por tanto tempo. – Falei sério.


- Que segredo seria esse? – Disse Sehun achando esse papo estranho.


- Todos nós cinco estamos apaixonados pela ______ - Falei de uma vez. Sehun fez uma cara de espanto e Jimin parece que engoliu um espinho. A expressão deles era hilária.


- Que absurdo. – Falou Sehun. - Eu...


- Não se faça de sonso! – Disse Jongin alto o cortando.


- Esqueceu por que brigamos aquele dia no colégio? Eu não sou idiota igual você. Acha que eu não sei por que ficou tão nervoso, você estava me espiando e ouviu o que eu falei para ela. – Disse Jongin irritado. – Agora assuma, seu covarde!


- Está bem, não tem jeito mesmo. Eu gosto dela sim. E ai vai fazer o que? Ela também já sabe disso. Eu não tenho vergonha de admitir. – Disse Sehun confiante.


- É tão bom se abrir, certo? – Disse Jongin. – Agora é a sua vez de  abrir o jogo Jimin.


- Não tenho nada a ver com isso. – Disse Jimin tirando o corpo fora.


- Eu sei que você quer ser bem mais do que o ursinho fofo dela. – Falou Jongin com malícia. Eu não pude deixar de rir.


- Você está louco! – Disse Jimin. – De onde tirou essa idéia maluca? – Falou nervoso.


- Você não é inocente Jimin. – Falou Hoseok.


- Você não me engana, sei que é do tipo que come pela beirada. Como dizem? Os quietinhos são os mais perigosos. – Continuou dizendo Jongin.


- É isso ai! Seu pervertido. – Debochou Hoseok.


- Eu não estou acreditando que estamos tendo esse diálogo. – Disse Jimin parecendo que estava em um pesadelo.


- Quais são suas REAIS intenções com a ______ Jimin? – O questionei.


- Eu... Gosto dela também, satisfeitos? Mas não sou babaca igual vocês . – Disse ele tenso.


- Eu não sou babaca! – Protestou Sehun.


- Você é tão cavalheiro que até chutou a ______ escada abaixo. – Falou Jongin sarcástico.


- Qual é a sua Jongin? – Desse Sehun o empurrando.


- Quem está sendo deselegante agora? – Falou Jongin. Ele ia retribuir o empurrão, mas Jimin o impediu.


- Vamos conversar como pessoas civilizadas. – Disse ele sério. – Vamos resolver essa história de uma vez. Ficar se batendo não vai levar a gente a lugar nenhum. 


- Tem razão. – Disse Hoseok. – Acho que tive uma idéia. – Sorriu.




Taehyung off

S/n on

Acordei e enfim era domingo, estava me sentindo bem melhor comparado ao meu modo zumbi de ontem. Yoongina estava ao meu lado, ela parecia uma batata dormindo- Ri- peguei meu celular e tirei uma foto, já teria a foto pra postar no aniversário dela. Me levantei, fui no banheiro fazer minha higiene matinal, voltei para o quarto e me troquei.



- Eu pensei que dormi na casa da ______, não em uma boate de stripper. – Disse Yoongina acordando.


- Pensei que gostasse disso. – Disse tentando fazer uma voz sexy terminando de me vestir. Nós rimos.


- Você está bem? – Perguntou ela.


- Sim, estou aceitando a dura realidade, obrigada por ficar aqui comigo e me animar. – Sorri. – Seus pais vem te buscar?


- Sim, que horas são? – Perguntou Yoongina se levantando.


- São 08:30, por que? – Falei.


- Droga, daqui a pouco eles estão chegando. – Ela correu para o banheiro. Uns minutos depois ela saiu.


- Você tem mesmo que ir? – Falei.


- Sim, minha tia está doente, dai ela mudou de casa, e sobrou para meus pais e eu fazermos a mudança definitiva, ou seja, meu domingo vai se resumir a carregar caixas e pintar paredes. – Disse ela decepcionada.


- Boa sorte para você. – Ri. – Vamos! Ainda dá tempo de comer alguma coisa. 



Nós corremos até a cozinha e comemos um sanduíche. Logo em seguida os pais da Yoongina chegaram. Nos despedimos e ela foi embora. Agora estava eu sozinha novamente, tirando minha mãe que acabou de acordar.

Fiquei o domingo inteiro em casa sem fazer nada, quer dizer, nada de produtivo. Eu assisti filmes, dormi um pouquinho. Eu fiquei na janela do meu quarto observando a paisagem, sim, a paisagem, sem nenhuma outra intenção.

Como quem não quer nada eu dei uma leve espiadinha na janela do quarto do Taehyung. Levei um susto e me abaixei rápido. Ele estava trocando de roupa, eu pensei, olhar não tira pedaço né, me levantei devagar e espiei mais um pouco, me senti uma tarada, mas não me arrependo, ele com certeza tem um corpo lindo, nunca mais vou conseguir tirar essa imagem da minha cabeça. Minha mãe me chamou. Desviei o olhar da janela para a porta, ela estava lá em baixo nas escadas. A  respondi.



- O que aconteceu mãe? – Gritei.


- Eu vou no mercado comprar alguma coisa para janta, tem algum pedido? – Gritou em resposta.


- Sim! Pode trazer aquele salgadinho apimentado? – Gritei animada.


- É muito caro para um pacotinho tão pequeno, mas eu vou trazer, depois me dá o dinheiro.


- O que? Ah mãe...- Falei parecendo uma garota mimada.


- Depois a gente conversa. To indo. Ela saiu.



Quando terminei de falar com minha mãe, voltei meu olhar para o quarto do Tae, mas levei outro susto. Agora já vestido, Taehyung estava olhando para mim, ele sorriu e o meu coração disparou. Eu corri, e fui parar em baixo do travesseiro. Ele provavelmente deve ter achado graça, que papelão ______, fui descoberta. Fiquei ali deitada com a cara queimando de vergonha até meu coração se acalmar. Depois de um tempo comecei a rir, não acredito que fiz isso, que idiota. O resto do dia passou rápido. Na janta comi Arroz e carne – Minha mãe finalmente aprendeu a cozinhar outra coisa - Depois fui dormir – Tipo, umas 21H, sim, eu costumo dormir cedo.

Acordei toda feliz, eu estava bastante empolgada para falar com o Jungkook, eu ia ser a guia turística dele, isso me parece tão divertido, e também, eu quero ver a cara de apaixonada da Yoongina, vai ser hilário. Me levantei num pulo, vesti meu uniforme e deixei meu cabelo solto, ele é tão bonito e brilhante, ele é longo também – Nem me achei agora- desci até a cozinha tomei meu café e fui para o colégio. Encontrei Yoongina no lugar de sempre, e logo em seguida vimos Jungkook chegando no corredor. Nós fomos até ele.



- Oiii! – Falei animada.


- Oi. – Disse Yoongina tímida.


- Oi. – Disse ele sorrindo. – Vocês realmente vão andar comigo?


- Claro, se nós falamos, então pode acreditar em nossas palavras. – Falei.


- Obrigado. – Sorriu.


- Já sabe em que sala vai ficar? – Falou Yoongina.


- Sim, mas não sei onde fica. – Disse ele me entregando um papel.


- Não acredito! Olha isso. – Falei mostrando o papel pra ela. Ela encarou o papel sem falar nada. – Você está na mesma sala que a Yoongina. Vocês vão ser colegas! – Falei. Parecia que eu ia explodir de tanta animação.


- Isso é tão legal! Agora fiquei mais tranquilo. – Disse Jungkook.


- Vamos! – Falei. Nós andamos por todo o colégio, e em cada canto que passávamos alguém me cumprimentava.


- Você é bem popular. – Disse kook impressionado.


- É uma longa história. – Falei. – Eu ainda não me acostumei com toda essa atenção.


     - A ______ já causou muito nesse colégio. – Riu Yoongina. – Mas em outro momento te contamos.


 Depois de fazer um tour pelo colégio, cada um foi para sua sala, foi ai que eu lembrei o problema que me aguardava lá.


Notas Finais


Obrigado a todos e até o próximo Capítulo.

Beijos seus (as) lindos (as)♡😘😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...