História O Barbaro e a Princesa - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias As Crônicas De Gelo e Fogo (Game of Thrones)
Personagens Daenerys Targaryen, Khal Drogo
Tags Daenerys, Khal Drogo
Visualizações 154
Palavras 2.229
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Espero que gostem capitulo fresquinho um pouco mais quente

Capítulo 4 - 4


Fanfic / Fanfiction O Barbaro e a Princesa - Capítulo 4 - 4

Os dias se passaram tranquilos o casamento se aproximava rapidamente dentro de duas semanas aconteceria a união de dois reinos e do pesadelo de uma indefesa princesa.

Daenerys estava visivelmente pertubada todos esses dias que se passaram só a deixou mais nervosa, Drogo sempre aparecia no castelo sem avisar chegava não dizia nada entrava imponente como sempre, fazia questão de se impor e gostava de vigiar a princesa gostava da ira dela toda vez que ele chegava, ele a analisava como se fosse uma de suas éguas sempre ficava a observar para ver se nada nela tinha mudado a queria intacta. 

Hoje parecia um dia calmo, até que Daenerys escuta em seu quarto cavalos se aproximando e já imaginava quem era.

Nervosa ela diz...

_hoje não, hoje ele vai ficar muito bravo por que eu vou fugir agora.

Ela prende os cabelos rapidamente e sai em disparada pelos corredores do castelo encontrando alguns criados no caminho que ficam sem entender porque a princesa estava correndo.

Daenerys se dirigia aos estábulos  sem notar que estava sendo seguida por um dos generais de seu irmão que fica intrigado e se aproxima, o guerreiro faz uma reverência ao chegar proximo da moça, vendo ela pegar um dos garanhões que ali estavam pergunta preocupado pois ela tinha escolhido um que tinha a fama de ser bem veloz.

_Minha senhora vai passear a essa hora com seu noivo já no castelo acho que vai desagradar seu irmão não deveria fazer isso ainda mais com um cavalo tão arisco... fala o guerreiro com notório estado de alerta vendo o visível nervosismo da princesa.

_me deixe Tomás ela diz.. Eu não me importo com meu irmão e com seus podres sentimentos... Saia da minha frente ou passo por cima de ti diz Daenerys já montada atiçando o garanhão que marchava nervoso parado pronto para sair em disparada

General Tomás se assusta com a agressividade da pequena criatura que sempre fora muito doce, mas estava irritada o suficiente pra matar alguém e com bom senso abre caminho gritando 

_cuidado my lady vc pode se machucar

_sei me cuidar grita ela já em distância 

O general observa a princesa adentrar na floresta e pensa.

_ela vai fugir e khall Drogo não vai gostar nada disso pobre moça suspira o general de meia idade e adentra ao castelo lamentando ter que revelar que ela tinha saído, mas era sua obrigação.

Dentro do castelo se via uma muralha de um grande homem com um semblante bastante irritado ele observava Vicerys pronto para agarrar em sua garganta e diz

_você está quebrando o pacto.

_não Drogo não estou diz Vicerys nervoso, ela só saiu pra cavalgar Daenerys é meio impulsiva tenho certeza que daqui a pouco está de volta.

Nisso adentrar o general e diz se curvando.

_lamento ser o portador de mas notícias, mas acho que ela fugiu adentrou a floresta meus senhores.

Drogo nada diz lança um olhar mortal para Vicerys e se pronuncia 

_precisa por rédeas nela se for preciso a tranque será que terei que leva- lá antes do casamento para que não fuja contenha ela ou arranco sua cabeça , vou atrás dela espero ser a primeira é a última.

_ sim Drogo cobrarei os cuidados com Daenerys até o casamento isso não irá mais acontecer.

_assim espero.

Drogo Sai do salão a passos largos e monta seu cavalo com destreza lhe chicoteando e sai em disparada atrás da sua noiva fujona ....

_essa menina tá precisando de uma lição tá me desafiando ela vai obedecer.

Daenerys corria pela floresta pensando ter ganhado sua liberdade estava feliz calma o vestido longo ela rasgou pela metade trançou os cabelos e sentou a beira de uma cachoeira logo após duas horas de cavalgada... Drogo viu o rastro do cavalo mesmo sendo muito veloz ele conseguiu a alcançar ,mas ficou oculto a observar o que ela faria queria ver como ia se virar por um tempo sozinha.

A princesa começou a entrar no lago para se limpar estava muito suada e suja queria se limpar não gostava da ideia de ficar suja 

Ele observou ela entrar no lago de roupa e tudo é nisso a viu se divertir por um tempo na água parecia uma criança

Mas depois de um tempinho ainda dentro do lago ela tira seu vestido e acaba por ficar nua ele não parava de olhar aquela deusa nadando nua e decide brincar com ela... agora ia começar seu castigo.

Daenerys de costas não percebi a figura atrás dela que pega o vestido da moça e segura em suas mãos e espera ela o percebecer 

Ela sente algo estranho como uma grande sombra atrás de si lhe tapando o sol e se vira imediatamente assustada percebendo ter sido descoberta se apavora e tenta fugir pra o outro lado do lago... Tentativa inútil pois imediatamente ouve Drogo dizer...

_aonde pensa que vai tem certeza que vai sair correndo nua por aí ?

Ela o olha e percebi que seu vestido estava nas mãos do guerreiro e mais uma vez se sente envergonhada e grita....

_ me devolva seu bastardo... me devolva 

_vou devolver, mas tudo tem seu preço venha buscá-lo e nunca mais sairá sem minha permissão se fizer isso o terá se não, darei meia volta e o levo comigo vc decide? diz Drogo com um sorriso sem vergonha e piscando para a moça.

Daenerys lhe lança um olhar de ódio e grita irritada

_ você não manda em mim... Não tem esse direito sou uma princesa de sangue nobre e você um bárbaro que se titulou príncipe, um príncipe sanguinário vale destacar" que nem sabe como tratar uma dama como eu.... seu brutamontes grita ela a todo pulmões ....me devolva e mostre o mínimo de gentileza com uma dama.

Khall Drogo ouviu as palavras em silêncio o sorriso em seu rosto que antes era de divertimento se fechou como se fosse a própria tempestade que tivesse cobrido o sol.

Daenerys percebeu o que fez e o que antes era raiva lhe apossou um medo que subiu a espinha lhe fazendo nadar para o outro lado do lago sem nem olhar para trás.... Chegando a margem escutou o barulho.... O grande guerreiro tinha entrado na água com roupas e tudo e vinha a toda velocidade a sua caça.

Nua como estava se sentiu perdida... Arrumou duas folhas de bananeira lhe tapando só o necessário e se pôs a correr, se não estivesse apavorada a situação seria cômica, mas no estado em que estava era pavoroso.... Enquanto corria por entre as árvores se amaldiçoava por ter entrado no lago se não tivesse feito estaria bem longe e seria bem difícil de Drogo a achar ..... Correndo com companhia somente seus pensamentos neste momento pensava em como os seus pés estavam doloridos seus  cabelos muito molhados.... Ninguém que a encontra-se a reconheceria como uma dama que era parecia mais uma qualquer ... Mas ao seu ver era o único jeito de escape então arriscaria, depois de quase vinte minutos de corrida ela escuta alguém bem próximo gritar.

_Daenerys pare agora cansei dessa brincadeira ou vc se entrega por bem ou te pegarei agora mêsmo e será pior não irei mais prolongar isso.

O fato era que Drogo era muito mais rápido podia a ter parado a algum tempo, mas quis ver mais até aonde ela iria e se, se entregaria, mas a princesa mesmo cansada frágil arranhada se mostrou bem teimosa ele já avia se cansado estava furioso com o que ela avia dito e ela teria seu castigo aprenderia respeita-lo por bem ou por mal.

Assustada com a aproximação dele tenta correr mais dizendo para si...

_não me entregarei o que esse bárbaro irá fazer comigo que os deuses me ajudem .... Mas alguns passos e a princesa é parada por uma mão forte que lhe agarra a cintura ela esperneia tentando se soltar, Drogo a pega e a joga sobre o ombro como um saco de batatas com ela esmurrando suas costas.

Drogo impaciente com a moça prende suas pernas e diz com uma voz furiosa.

_pare quieta menina se não irá apanhar daqui ao rio.. me obedeça.

Mas Daenerys finjiu nem ouvir e continuou a bater nas costas do príncipe que não sentia muito a diferença de força era absurda, mas já estava o  irritando o fato dela o ignorar e assim ele lhe mirou uma das mãos nos glúteos que estavam epostos e lhe deu um belo tapa deixando ali seus cinco dedos..


Daenerys gritou ao sentir a ardencia... nunca em toda a sua vida tinha apanhado e muito menos daquele jeito tão humilhante e infantil..

Com lágrimas nos olhos sentindo o lugar sensível ela diz grunhido os dentes


_me ponha no chão eu sei andar covarde.

_se tivesse se comportado não teria levado a palmada, pare de ser mimada nem doeu tanto assim até ficou mais bonito seu bumbum... diz Drogo mudando a expressão de sério pra safado lhe alisando aonde tinha batido e estava sensível

A princesa cora e diz...._ pare com isso me deixe em paz seu pervertido


_, quando nos casarmos darei muitas palmadas em você gosto de fazer isso enquanto estou penetrando bem fundo

Daenerys sente um calor estranho com tals palavras e se sente umida nervosa e desconcertada ela grita .

_pare de dizer essas coisas a uma dama você é um imundo me solte.

_você será minha dama Daenerys tem aprender o que eu gosto na cama terá que agradar seu marido minha princesa ...dizendo isso mais uma vez ele alisa o traseiro de Daenerys que estava em seu ombro imóvel.

_por favor pare você não pode fazer isso me deixe eu odeio você.

_ira aprender a gostar de de mim... diz Drogo agora a tirando de seu ombro pois aviam voltado ao lago.

Ele Analisa o corpo branco nu com a moça tapando as partes íntimas com as mãos estava suja e com alguns arranhões e diz se aproximando com Daenerys se afastando

_eu quero vc quero tanto me aliviar em você.... a olha intensamente nos olhos segurando seu queixo... Percebi a tremedeira da moça e lembra do que disse e que faria só depois do casamento e assim se vira a soltando e diz.

_va se lavar está machucada depois lhe entrego seu vestido.

Daenerys fica confusa jurara que desta vez não escaparia, mas não abusaria da sorte correu para o lago se limpando rapidamente e após se lava viu o vestido na margem do lago saiu envergonhada sobre o olhar do guerreiro que ali estava e se vestiu rapidamente quando ia sair para pegar seu cavalo Drogo a pega pelo braço e a arrasta até seu cavalo montando-a a sua frente.... Daenerys brava diz 

_ eu sei cavalgar não precisa me levar.

_ eu sei ele diz, mas não.confio em você agora fique quieta já fui misericordioso demais com você hoje merecia castigos muito pior que umas palmadas irá ficar trancada que fique bem claro só sairá quando eu for visitá-la, você deveria ter sido melhor educada como princesa não sabe que eu sou seu superior e que mando em tudo ..

 Me deve respeito minha princesa

_Você é um ogro deveria procurar outra pra tal submissão eu não sou a princesa adequada cancele esse absurdo ....diz Daenerys na esperança de ele voltar a trás.

Drogo sorri o balanço do galope do cavalo levantava o vestido da menina e dava para ver toda suas pernas... Iguinora do o que ela disse ele leva sua mão imediatamente em baixo do vestido de Daenerys a fazendo arregalar os olhos sentindo ele tocar sua intimidade.

_ o que está fazendo tire suas mãos daí, mas Drogo não obdceu e começou a mexer num ponto que ele sabia que deixava qualquer mulher louca de prazer até mesmo uma virgem ....ela tentou empurrar a mão dele, mas foi inútil quando começou a sentir uma sensação que nunca antes tinha sentido começou a ficar mole nos braços de Drogo e ele satisfeito vendo a moça pela primeira vez se aproximando do seu primeiro orgasmo... Pare ela dizia com a boca semi aberta e Drogo sorrindo dizia eu acho que vc não quer realmente que eu pare ... A princesa estava visivelmente entorpecida praticamente rebolava pedindo mais, mas ela insistia em dizer não irritada com sigo mesma sem poder se controlar..... até que Drogo esfrega com rapidez e ela solta um gritinho indicando seu primeiro orgasmo molhando toda a mão do guerreiro que estava satisfeito por ter mostrado a ela o quanto sexo podia ser bom.

Eles chegaram ao castelo ele com ela nos braços adormecida por tudo o ocorrido e pelo seu primeiro orgasmo a moça tinha se segurado com todas suas forças e acabou exausta... ele a depoisita na cama e sai olha para os guardas e diz...

_ somente eu e a criada da limpeza entramos aqui a princesa.esta proibida de sair ..

 _Sim meu senhor respondem os guardas se curvando.

_vicerys observa Drogo e diz você a achou imagino que lhe deu um devido castigo.

_dei sim ninguém além de mim e da criada entra naquele quarto ela está proibida de sair até o casamento.

_fez muito bem khall Drogo Daenerys é muito impetuosa merece que se tenha pulso firme com ela .... Mas não quer tomar algo para relaxar deve estar exausto pelo seu estado.

_aceito sim tenho uma batalha pela manhã e preciso de um pouco de descanso e mulheres tbm.

_ será providenciado agora mêsmo um dos melhores quartos e lhe mandarei lindas mulheres pode ir descansar.

Enquanto isso em seu quarto Daenerys estava tendo seu primeiro sonho erótico estava suando e revirava em sua cama ....e em outro quarto do castelo khall Drogo estava esperando concubinas para lhe satisfazer.








Notas Finais


Espero que tenham gostado... por favor ignorem alguns pequenos erros estou escrevendo pelo celular obrigada até o próximo bjs😘😘😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...