1. Spirit Fanfics >
  2. O bebê e eu >
  3. Capítulo 1

História O bebê e eu - Capítulo 1


Escrita por:


Capítulo 1 - Capítulo 1


- Não não não, não pode ser, esse treco deve estar quebrado - choramingou sentada no banheiro - Mari, tem certeza que é assim mesmo?

-  Sim Bia, é o que diz na embalagem, já é a terceira vez que você pergunta, tem certeza que são dois palitinhos? - respondeu a ruiva apoiada na porta do lado de fora - abre isso vai.

Bia se levanta e destranca a porta, a ficha já começara a cair e com lágrimas nos olhos a confirmação lhe atingiu, ela estava grávida!

- Deixa eu ver isso aí - Diz a maior arrancando o teste de sua mão - é você está realmente grávida.

-  Merda, como isso pode acontecer? Eu estou ferrada!

- Você quer realmente que eu diga como aconteceu? - riu a ruiva encarando a amiga.

- Não, não é necessário - riu incrédula.

Somente Mari poderia lhe tirar um sorriso nesse momento.

- É amiga, você está completamente fudida.

- Muito obrigada pelo apoio - disse olhando a maior a sua frente.

- Tô aqui pra isso - rebateu - E aí, vai fazer o que agora?

- Agora agora nada, vou pra formatura amanhã como se nada estivesse acontecendo, depois conto pro Tyler - respondeu pensativa.

Como o namorado reagiria a notícia?

- Mari meu amor, pode me deixar sozinha? Preciso organizar meus pensamentos e sentimentos - completou.

- Tem certeza de que vai ficar bem? - a ruiva a encarou com um semblante sério

- Sim sim, tá tudo certo, não se preocupe - disse com um sorriso amarelo

- Tudo bem, se é o que me diz - disse a maior já no batente da saída - Qualquer coisa me liga tá bom?

- Claro, e pra quem mais eu poderia ligar? - riu amarga - Eu vou ficar bem, sou durona lembra?

- Claro que lembro - disse negando com a cabeça - Eu te amo certo?

- Eu também te amo

Dito isso a maior lhe beijou o topo da cabeça, e saiu.

Era isso, agora ela estava sozinha, bem, não completamente, ela tinha o bebê. Bebê, essa palavra lhe causava indigestão.

Eu estou grávida, pensou se sentando no chão, olhou pra barriga:

- Isso ai bebê, agora somos você e eu, e você vai ter que me ajudar a contar pro seu papai e pra vovó.

Vovó, agora que se deu conta disso, como contar a sua mãe, ela não reagiria bem, disso tinha certeza, e seu pai? Pensou, mas logo esse pensamento se dissipou, não não, ele a deixou quando nem sabia falar, nunca o viu, só o conhece pelo dinheiro que caía em sua conta todo mês, dinheiro para faculdade, como se fosse fazer faculdade agora, ela estava grávida oras, será que ainda teria um futuro próspero?

E com esse pensamento foi se deitar, amanhã seria um novo dia afinal.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...