História O Boato - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook)
Tags Bts, Escola, Junkook Amor, Kook
Visualizações 28
Palavras 917
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Lemon, Luta, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Suspense, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Insinuação de sexo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi Pessoinhas! Já são 11 fav e eu estou surtando, tá não é milhoes de fav, mais e maravilhoso e eu AMOOOOOOOO VOCÊS seu lindos, então espero que gostem do ep e Bjs no kokoro.

Foto da roupa da s/n: https://pin.it/lakrrs4c4w7b3z

Capítulo 4 - Uma puta!


Fanfic / Fanfiction O Boato - Capítulo 4 - Uma puta!

- ANTERIORMENTE - 

S/n: vou pro meu quarto. 

Subo as escadas e entro em meu quarto, fecho a porta e vou para o banheiro, tomo um banho e visto um pijama qualquer, me sento na cama e noto que tinha um caixa de presente em sima da cama. 

- AGORA - 

Abro a caixa e tinha um ursinho, fofo, era azul bebê, tiro da caixa e tinha um bilhete, o pego e leio. 

Você me ajudou muito, e eu não sabia como te agradecer então esse ursinho e pra você a é seu senpai tá solteiro. 

Bjs Bjs Kwon,  Deus grego. 

Dou uma risada, Deus grego, convencido, guardo a caixa no armário, apago a luz e deito abraçado com o ursinho. 

- QUEBRA DE TEMPO WOL-YOIL ( segunda feira)  - 

Acordo com um barulho do demônio, o despertador, jogo o despertador na parede, minha mãe vai me matar, me levanto meio sonolenta, vou até o banheiro, ligo a torneira e faço uma conchinha com as mãos e molho meu rosto, escovou os dentes, fecho a torneira, vou pra cozinha. 

Omma: Bom dia! 

S/n: Bom dia! - me sento na cadeira e pego uma torrada. - 

Appa : Bom dia filha! 

Omma: E melhor comer rápido antes que se atrase. 

Tomo o café e subo as escadas, vou para meu quarto, tomo um banho, passo creme pelo meu corpo, coloco uma langerie preta, e visto uma roupa ( link nas notas do autor.) penteie meus cabelos, os deixando soltos, passo perfume, faço um maquiagem básica, pego minha mochila, e vou a caminho da escola, vou a pé,  já que morou  perto de casa, chego e todos estavam me olhando e cochichando, uma garota para na minha frente a Kyung-Soon faz parte do grupo da igreja. 

Kyung-Soon : Bom dia! Eu queria falar sobre Deus. 

S/n: Kyung-Soon você se lembra de mim? Fomos da mesma sala por 4 anos seguidos. 

Kyung-Soon : Não! Eu queria dizer que Deus vê tudo, e você é uma ovelha perdida, e meu trabalho e te levar para o caminho de Deus. 

S/n: tá bom! Tchau. 

Vou andando. 

- S/N OFF - 

- KYUNG-SOON ON - 

Kyung-Soon : Temos que ajuda lá! Salvar sua alma do inferno, vamos orar. - falo para meus amigos, todos da igreja. - 

- KYUNG-SOON OFF - 

- S/N ON - 

Eu fui até o corredor e todos me olhavam, me sinto desconfortável com todos esses olhares sobre mim, eu pensei que perder a virgindade era menos estranho e decreto, vou até meu armário e coloco meus matérias, pego o livro e o caderno da aula que vai ter, fecho o armário, vou andando sinto olhares, olho para trás e todos desviam os olhares, volto a andar e vou para a sala, entro e cochichos sobre mim, me sento e o professor entra. 

Prof: Bom dia! Hoje vou falar sobre  " A Letra Escarlate" uma garota chamada Hester Prynne teve um caso com um ministro e foi forçada a usar um "A" de Adultério em suas roupas. 

Hanna: Você dívida usar um "A" em suas roupas. - diz me olhando. - 

S/n: E você dívida ter roupas que prestam sua vadia suja. 

Todos : OWWWWWWWO

prof: Vocês duas parem! 

Depois disso a aula seguiu em frete, o sinal tocou e eu fui para a refeitório, todos me olhavam como se eu estivese pelada. 

Min-cha: Oi amiga! - me abraça. - 

S/n: Oi! 

Pego minha bandeja com a comida. 

Min-cha: O que foi? 

S/n: todos estão me tratando como um puta. 

Vou até a mesa. 

Min-Cha : Você não e! Eles são todos bando de troxas. 

S/n: tanves. 

Acabo caindo no chão, uma garota me empurrou. 

S/n: Por que você fez isso? 

- Desculpas e que eu nunca tilha visto uma pirralha fora dá água. 

Fala e todos dos refeitório começam a rir, me levanto e saio correndo, até o pátio. 

- Você está bem? 

Olho e era Jeon Jungkook 

S/n: Não muito. 

Jungkook : Não fique asim, eles não merecem suas lágrimas. 

S/n: Você não ouviu? Eu sou uma puta. - deicho lágrimas caírem. - 

Jungkook : você não parece ser uma puta, pelo contrário. 

S/n: Obrigado. 

Ele me abraça e MEUS DEUS como esse garoto e cheiroso. 

Ele separa o abraço e limpa minhas lágrimas. 

S/n: eu vou indo. 

Jungkook : Não liga pra ele. 

Ele sai e eu vou pro pátio. 

Vejo Kyung-Soon e seu grupo, eles estavam orando e pera eles estão falando meu nome, Pra você vê quando você acha que está fodida, acontece uma coisa dessas. 

Iguinoro e vou andando, vejo o diretor. 

Diretor : Park S/n poderia vim até minha sala! 

O sigo até a diretoria, entramos ele fecha a poeta e eu me sento na cadeira. 

Diretor : Eu notei que os alunos, estão falando sobre um Boato sobre a Senhorita. 

S/n: E mentira. 

Diretor : Nessa faculdade não é tolerado um comportamento como esse, você está agindo como uma..... 

S/n: Puta, vadia, piranha. 

Diretor : Rebelde. 

S/n: Eu senpre fui uma anônima um nada, mais um número na estatística, e eu não gosto de ser chamado disso, mãos eu não tenho culpa, e é só um Boato! E se me dá licença, eu vou pra sala. - faço uma reverência e saio da sala do diretor, vou para a sala. 

- QUEBRA DE TEMPO - 

Estou em casa graças a Deus, eu tive que aturar piadas, cochichos, cantadas sobre mim, está tudo tão confuso. 

Me deito na cama, e acabo dormindo. 

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...