História O Boato - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook)
Tags Bts, Escola, Junkook Amor, Kook
Visualizações 12
Palavras 632
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Lemon, Luta, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Suspense, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Insinuação de sexo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiiiiiiiii Pessoinhas! Turu bom? Espero que gostem do ep e Bjs no kokoro.

Link da roupa da s/n: https://pin.it/kqhx3dytrfp7nx

Capítulo 7 - Lágrimas de sofrimento !


Fanfic / Fanfiction O Boato - Capítulo 7 - Lágrimas de sofrimento !

- ANTERIORMENTE - 

Omma: tudo bem mais toma banho que o jantar está qualse pronto e você vai me contar tudo. 

É foi aí que eu entrei para os negócios mais sem saber eu já estava neles a muito tempo. 

- AGORA - 

- TERÇA FEIRA 10/08/18 10:02 - 

Acordo com o bendito despertador, desligo, e vou pro banheiro, escovo os dentes, fasso minhas ígneas e tomo um banho rápido, me seco, passo creme pelo meu corpo e visto uma ( link nas notas do autor) e uma bota preta curta, faso um maquiagem sinples, passo perfume, e penteie meus cabelos os deichando soltos, pego minha mochila e deco pra cozinha. 

Omma: Istilo novo! 

S/n: Sim! cansei do meu visu antigo. 

Appa: Olha ela! 

Depois de tomar o café, vou pra faculdade e todos estavam me olhando e ouvi um vozes. 

Olho e.... Só pode ser brincadeira, a Kyung-Soon e seus amigos estão fazendo uma manifestação, cartazes, não sei se rio ou se choro. 

- DEUS É MAIS A S/N E A PRESENÇA DO SATANÁS. - Gritavam. - 

A Kyung-Soon veio até mim. 

Kyung-Soon : Você está agindo como uma meretris e nos em nome de Deus vamos te tirar de faculdades. 

S/n: kkkk - dou uma risada bem cinica - vocês não passam de caipiras malucos, faz o favor e vê se eu estou no fundo pócu. 

Eles me olham e volta a fazer a manifestação. 

Entro na faculdade e vejo o Jungkook que veio até mim e deu um selinho, eu dou um sorriso e ele coloca o braço em volta do me pescoço, fomos andando e todos estavam nos  olhando, ignorei os comentários, eu estava me sentindo bem, feliz, Jungkook ou melhor Kook me faz bem,  ele é como uma luz em meio a escuridão. 

Chego na minha sala e ele me dá um BEIJO e sai, olho para todos que estavam de boca aberta. 

Estou namorando Jeon Jungkook, eu acho. 

Me sento no meu lugar e todos ainda me olhavam. 

S/n: O que estão olhando? 

- uma biscate que pegou o gordinho. 

S/n: Achei que sua mãe já tinha indo embora. 

Todos : OOOOOOWWWWWWWWW! 

- vaca, cadela. 

- puta! 

- vagabunda. 

- desgraçada! 

As garotas da sala começam a me chingar. 

Me levanto e saio da sala indo até o banheiro, não quero que eles me vejam chorar, entro no banheiro e sento no chão chorando. 

Depois de chorar rios, me levanto e lavo meus rosto, ainda bem que não tinha ninguém no banheiro, seco meu rosto e sinceramente não estou com cabeça pra ver ninguém. 

- QUEBRA DE TEMPO DOIS MESES DEPOIS - 

Já fingi que transe com tanta gente  que já perdi a conta. 

S/n: Só isso! Desconto na loja de conveniência! Sua namorada de mentira merece isso? 

- Eu só tenho isso! 

S/n: Não me faça de boba! 

- Tenho 50 wons (moeda coreana) 

S/n: Fechando. 

................................................................. 

S/n: Sorveteira ou eu não digo. 

- Mais e do meu pai! 

S/n : não ligo. 

- ok! Mais por um mês. 

S/n: fechado. 

Aqui estou eu findo transar com os outros por pena e em troca ganho algumas coisas, Eu ainda não contei pro Jungkook sobre essa Mentira que minha vida se tornou. 

Nesse momento estou sentada em uma lanchonete comendo Kimchim, até que um garoto senta do meu lado. 

S/n: O que você quer? 

- Só conversar. 

Sinto uma mão na minha cocha, e tento tirar mais ele vai subindo e eu o enpuro no chão,me levanto e corro dali, ainda bem que já paguei  a comida, e pra minha sorte estava chovendo, eu estava correndo pela ruas de Seul. 

Aconteceu tanta coisa na minha vida Maia isso nunca. 

Me sento no chão chorando e a chuva não estava caindo em mim, olho e era o... 

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...