História O bombeiro e a florista - Marichat - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Miraculous: Tales of Ladybug & Cat Noir (Miraculous Ladybug)
Personagens Adrien Agreste (Cat Noir), Alya, Chloé Bourgeois, Hawk Moth, Lila Rossi (Volpina), Marinette Dupain-Cheng (Ladybug), Mestre Fu, Nathalie Sancoeur, Nino, Nooroo, Plagg, Sabine Cheng, Tikki, Tom Dupain, Wayzz
Tags Fogo, Marichat, Plakki
Visualizações 151
Palavras 1.181
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Hentai, Lemon, Luta, Policial, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência, Visual Novel
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Muito obrigada pelos primeiros comentários do primeiro capítulo, espero que gostem do capítulo de hoje.
Muito obrigada pelos quase primeiros 15 favoritos , amo vocês,
Espero que gostem do capítulo de hoje

Capítulo 2 - No quartel de bombeiros.



__   Quando eu devo para você,minha querida , Marinette ?   -   O senhor Drawson com o buquê que ia dar de presente para a esposa, querendo sobre o valor do presente, olhando docilmente para a florista que limpava as suas mãos em seu aventual.
___   Como o senhor é sempre gentil comigo, eu vou cobrar um bom preço, acha  de 12 doláres ? , sendo um dolár por cada rosa branca, acha justo ?   -  Marinette sorrindo para o senhor, cobrando um preço pelo buquê , perguntando se ele tinha achado do valor.

___    Você  sempre faz preços justos, minha querida,  eu acho bem justo o valor , então segura o meu buquê para que eu pegue a minha carteira !  -   O senhor Drawson dando uma leve risada antes de responder a pergunta da florista ,  pedindo para que a azulada segure as flores para que ele pegue a carteira para pagar pelas flores, dando as flores para que a azulada as segure.

___     Claro que sim, senhor  !   -   Marinette estendendo os seus braços ,recebendo as flores, segurando elas como se fosse um buquê de noiva , olhando o senhor que estava começando a buscar  a sua carteira.

__   Ah, parece uma noiva segurando um buquê,  Marinette, ai, que vontade de tirar uma foto  de você segurando as flores do senhor Drawson  !   -  Madame Delacour ficando  admirada com o modo que a azulada segurava as flores do amigo, querendo bater uma foto dela segurando as flores.

  ___       Ah,  eu nem sei se aceito isso, eu sou tímida demais em tirar fotos, até mesmo de família ,madame Delacour !   -   Marinette ficando tímida com o comentário da senhora , escondendo o seu rosto com o buquê  de rosas brancas ,  comentando sobre a sua timidez.

___   Que isso, Marinette...  , oh ,minha nossa ,  está tendo um incêndio aqui perto !   -  Madame Delacour rindo de leve da florista tímida, se virando para ver a televisão que estava ligada no jornal local, ficando espantada ao dizer aos amigos que tinha um incêndio perto deles.

    ___   Não se preocupe, madame Delacour, os Miraculosos do Fogo são uma equipe bem treinada , eles vão cuidar do incêndio !   -   O senhor Drawson encontrado a sua carteira ,  falando para que a amiga não se preocupe, tendo absoluta confiança  na equipe de bombeiros de Chicago.

    ____    Quem são os Miraculousos do Fogo ?   -  Marinette curiosa  para saber sobre a equipe de bombeiros que o senhor tinha comentando , olhando para os dois senhores , ainda segurando o buquê.

   ___   Ah,minha querida, você é nova aqui, os Miraculosos do Fogo são a mais importante equipe de bombeiros da cidade ,  eles foram treinados pelo mestre Fu ,  sendo o líder deles , Chat Noir ,  ele é muito bonito, acho que você seria o par perfeito para ele !   -    Madame Delacour ficando impressionada com a curiosidade da azulada , contando tudo o que sabia sobre a equipe ,  querendo bancar a cupido para os dois.

    ___    Sim, mas a Lila também está interessada nele, como a gente a conhece, ela não vai desistir fácil do  bombeiro !   -   O senhor Drawson concordando com a ideia da amiga ,  pegando o dinheiro para pagar pelas flores que a azulada estava segurado, comentando sobre o interesse da Lila no Chat Noir.

___   Aquele tipo de mulher não presta para  ele,  a Marinette é mil vezes do que aquela mentirosa !   -   Madame Delacour  dizendo que a Marinette era paréo  para a Lila, comparando as duas 

   ___  Bem, aqui está o dinheiro , Marinette, coloquei 2 doláres a mais por sua gentileza !   -    O senhor Drawson  entregando o dinheiro das flores, dando á mais pela gentileza da azulada.

___   Obrigada, senhor Drawson, aqui está as suas flores !   -   Marinette estendendo  as rosas de volta para o dono ,  agradeceu pelo dinheiro ,   sorrindo para ele.

___  Por nada, Marinette, eu vou indo , tenham um bom primeiro dia de primavera !   -    O senhor Drawson  recebendo as flores de volta, começando a se despedir das mulheres erguendo o seu chapéu para se despedir , colocando ele de volta, dando as costas para ir embora .

  ___   Até mais , senhor Drawson  !   -  Madame Delacour acenando em despedida do amigo que foi na direção da porta ,  depois voltando o seu olhar para a florista.

___   Até mais , senhor Drawson, volte sempre !   -   Marinette vendo a mesma , se despedindo também  ,  depois voltando a sua atenção para  a senhora.

___     Bem, agora algumas flores para  terminar a escultura para o seu chá beneficiente, eu achei melhor você ver a escultura feita até agora, antes de terminar ela, assim poderá me dizer quando eu termino ela  !   -  Marinette limpando as mãos dela em seu aventual, falando  com a senhora á sua frente ,  convidando a senhora para ver a escultura.

___   Mas  é claro que sim, Marinette, eu tenho a certeza que a minha escultura ficou muito bonita !   -  Madame Delacour aceitando o convite da garota ,sorrindo para ela.

___   Então vamos !   -  Marinette  sorrindo para ela ,  caminhando na frente para guiar a senhora para ver a sua escultura de flores .

   -   x   x  -
    Então as duas mulheres começaram a ir na direção  da escultura  da senhora que tinha encomendado.

   ~    Quebra de tempo  :    No quartel general dos bombeiros   -   Depois do último incêndio.
   
   Um carro enorme de bombeiros tinha chegado depois que apagou um incêndio  ,  o mesmo carro estacionou  no quartel general, assim que parou, os bombeiros começaram a saltar do carro , um dos bombeiros foi na direção  aonde ficava a cabine de duração, assim que chegou , o mesmo bateu na porta , esperou até  ela se abrir .

    -   x x  -
   ___     Um incêndio complicado este , meu amigo , mas conseguimos como sempre vencer ele !   -    O bombeiro tirando  o capacete  , comentando sobre o incêndio com o ocupante do veicúlo.

___   Sim, Concha, eu achei que nunca ia me sair vivo !   -   O ocupante concordando o moreno ,  acreditando que não ia sair vivo do último.

__   Você é humilde ,meu amigo,  você tem ... !    -   Concha dando um tapinha amigável  no ombro do amigo ,   comentando que o amigo tinha sete vidas, sendo interrompido por um chamado irritante.

___    Chat, que bom que está vivo !   -   Lila chegando correndo no quartel  dos bombeiros ,  acenando para o gato  que estava dentro do carro de bombeiros, feliz em ver o gato bem.

__   Parece que a sua fã número um veio te visitar como sempre !  -   Concha vendo a chegada da morena, comentando com o gato que respirou fundo , olhando cheio de medo para o medo.

___    Ela não é a minha fã número 1, ela é a minha perseguidora número 1 !   -    Chat Noir olhando para o moreno ainda dentro do carro, falando que a morena não era fã dele , sim uma perseguidora da vida dele.
 


Notas Finais


Me desculpe por algum erro cometido.
Até mais


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...