1. Spirit Fanfics >
  2. O brilho da Lua >
  3. Cavaleiro.

História O brilho da Lua - Capítulo 2


Escrita por:


Capítulo 2 - Cavaleiro.


_Hei, calma aí!solta um pouco tá?

Eu tirei as mãos dele do meu pescoço, sou pintor , não posso ferrar minhas costas ou meus braços. Ele sentou no banco de trás do carro, os pés descalços não tocavam o chão, ele os encarava perdido...eu acho que vou é perder minha paciência.

_Desculpe, senhor. Seu nome é tão nobre quanto a sua ação? Perdoe-me por perguntar, salvador, mas os meus pés já tocaram o chão?

Que? A..ele fala estranho 

_Nao..eu peguei você no colo. Meu nome é Jeon Jungkook.

_Juro que lhe agradeço, Jeon. Mas devo ser devolvido . Sou Park Jimin. Pode me chamar de Jimin.

_Bom, Jimin, você foi arremessado de uma janela e cavalos fantasmas me fizeram achar você e te trazer pra cá. Se quiser voltar pode ir andando, não vou te levar. Claro, são dez da noite e você está de camisola, eu acho que vão te matar ou te agarrar ..pode ser os dois Também, em uns cinco minutos.

Mais um olhar doce e preocupado, vou vomitar assim.

_Porque fariam tal coisa? Eu sangro como vocês, a pele, viceras e sangue  envolve o meu corpo do mesmo modo que o seu. Porque só um é visto como carne?

Ele fala como escreve, que estranho..a aparência Também não é comum. Baixinho,cheio de curvas, bocão bundão, não é atoua que eu confundi com mulher, o cabelo tão grande..eu acho que vai até o pé, como ele conseguiu deixar desse tamanho? Ele não parece tão velho. Ele é muito branco, frágil..os olhos azuis me assusta..são de verdade. Ele parece mágico.

_Bom, Jimin, as pessoas simplismente são malvadas...ainda mais com alguém como você.

_O que o meu Ser tem de diferença não deveria superar a essência do igual. Por isso os homens permanecem presos a sua pequinês…

_é...sei. então..passa a noite aqui.. depois você vê pra onde vai.

_Obrigado. Você é Encantador, mas acho que me refugiar te trazer uma fúria que você não conhece,preciso ser devolvido. Não quero voltar, mas preciso. Se não vai me levar, terei mesmo que andar. 

Seus pés foram levados ao chão, mas não conseguiram sustentar o corpo que os usava de apoio, o grito de dor me fez pegá-lo no colo de novo. Esse cara é de açúcar ? O pano se afastou do corpo dele, os tornozelos inchados, arranhados e com marcas de..

_Voce.. estava mesmo acorrentado?

_Era o meu estado. Acorrentado no quarto desde os meus 14 anos..como sabe onde eu estava e em que situação eu me encontrava, eu nunca o vi de minha janela, me lembraria de você.

Eu fui cantado?

_Bom..eu lia os seus poemas. Você pediu ajuda. Eu vim.

…………………….

Arregalei meus olhos, ele entendeu o meu pedido de ajuda, eu escrevi com o coração, ele leu o meu? Os meus poemas são só palavras para a maioria .. mas... não para ..os cavaleiros. Ele pode ser um..eu procurei por um a anos, como ninguém apareceu eu lancei um último adeus ..ele foi o único que apareceu, mas eu não posso simplismente condená-lo..se meu pai me acha…

Os espíritos ajudaram ele..mamãe.. irmão. É ele?

……………………..

_Entendi.

_Só? Sem poemas? Você fala cheio de poesia e de repente você fala só "entendeu"?

_Eu falo normal a língua dos homens eu a domino bem as palavras, falando desse jeito, Jeon, me ofende, posso não saber nada da vida fora a minha torre e o que vejo pela janela...eu amo a cidade. Eu amo tudo o que é fora da torre...longe do meu pai.

_É dele aquele grito ?

_é.

_voce me conta na minha casa eu tô te segurando a séculos, se segura.. você pode segurar o seu cabelo? Eu vou pisar nele já já.

_A sim. Eu não corto o cabelo. Eu gosto dele assim.

_Imaginei. 

Subi com ele sofrendo ouvindo poemas sobre o cabelo dele. Porra eu vou vomitar com certeza, ele não é só gay, é o gay mais gay que eu já vi..pelo menos me acha bonito então ..umas cantadinhas e umas passadas de mão e ele é meu, esse cara é virjão, uma brincadeira com ele e terei minha musa de volta, com ele aqui poderei ter os poemas que quiser. A grana que eu quiser. Eu só tenho que manter ele aqui e feliz. Eu não sei que magia é essa que ele tem comigo, mas se ele tiver feliz, eu estarei rico fora que...eu posso pintá-lo enfim, ele pode ser o modelo perfeito.

_A que coisa do seu pai em ..que chato. Você nunca saiu de lá neh? 

_Nunca. Aquelas paredes ouviu mais palavras minhas do que qualquer leitor meu, ainda que lhe tenha o melhor dos meus sentimentos,. A dor ainda existirá eternamente. 

_Dá pra você falar menos ...com menas poesia. Com menas palavras?

_A.. tá. Desculpa. Não converso com alguém a muito tempo...meu pai não falava muito comigo. Apenas me proibia de sair.. há muitos caçadores na floresta.

_ ainda fazem isso? Eu caçava quando era criança, mas não caço a anos. 

_A eles ainda vão lá?

_voce não é um animal, porque tem medo?

_Hum..meu pai tem medo..de outras coisinhas...meu pai não é tão malvado, ele só é assustado, eu..sou diferente. Hum..raro.

_Sei…Quer tomar banho? Comer?

_Dormir..estou exausto.

_ podemos conversar um pouco..na cama?

_Creio que sim.

Eu sorri contente..e.. está dentroooo

_pronto..cama. 

_Obrigado. Você é gentil.

_A eu sou sim. Porque...não tira a roupa? Fica..mais a vontade.. cristal..

_Rs gosta do meu user? Minha mãe me chamava assim.

_É lindo...lindo como você..

_ me..me acha bonito?

_Bastante…

Eu respondi deitando na cama e me aproximando dele.

_Eu…obrigado mas, Jungkook..o que está fazendo?

_Hum..sabe, cristal, você é tão lindo, tão romântico, inteligente, você é minha musa, minha inspiração.

_Sou!?

_é sim.

Coloquei a mão na cintura dele, não preciso transar com ele, mal o toquei e já amoleceu na minha mão.

_Porque.. está tão perto?

_Porque queria ...te ver mais de perto

Estava quase o beijando, eu já estava de olhos fechados quando ouvimos um relinchar alto, Jimin saiu de baixo de mim e foi correndo pra janela, eu fiquei besta olhando ele gritar com um cavalo negro enorme embaixo da minha janela.

_ DESISTE PAPAI! EU NÃO VOU VOLTAR!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...