1. Spirit Fanfics >
  2. O Brilho dos seus olhos - Naruhina >
  3. Água salgada.

História O Brilho dos seus olhos - Naruhina - Capítulo 10


Escrita por:


Notas do Autor


Oi gente, eu estou postando os capítulos um atrás do outro por que partir semana que vem, vai ficar um pouco corrido.
Mas boa leitura.

Capítulo 10 - Água salgada.


Fanfic / Fanfiction O Brilho dos seus olhos - Naruhina - Capítulo 10 - Água salgada.

O vento e o sol batia no meu rosto, eu já sentia o cheiro da praia, eu, Sakura, Tenten e Ino estávamos no carro que Neji dirigia, a Temari tinha ido mais sedo com Shikamaru, depois de alguns minutos nós chegamos em frente a uma casa grande bem praiana e moderna, nós entramos e Shikamaru nos cumprimenta.

-Neji, Tenten, Sakura, Hinata, Ino. Que bom que vocês todos vieram!

-Eu precisava descansar cara, a Tenten me chamou e acabou me convencendo, acho que estou passando muito tempo trabalhando.

-Claro é bom tirar um tempo para relaxar, bom entrem fiquem a vontade, os quartos são no corredor a direita ou a esquerda.

 

Quando eu entrei meus olhos procuraram o Naruto eu o vi, eu sorri de felicidade, senti tantas saudades mesmo tendo ficado uma semana longe dele, ele estava sentado no sofá sem camisa, só com uma bermuda de praia, rindo e conversando com uma garota, o meu sorriso foi diminuindo, ele mal notou a minha presença. Eu fui até a Sakura deixando as minhas coisas em um dos quartos, e voltei para a sala.

-Oie para você também Naruto. Diz Sakura. 

-Olá Sakura. Ele olha espantado na direção dela. -Vocês já chegaram, eu nem percebi!

-Claro que não você esta muito ocupado, vem Hina vamos para praia as meninas já devem estar lá. Ela puxa a minha mão em direção  a uma porta de vidro que tem a vista direto da praia.

-Hina?. Ele vai atras de mim, ele me segura pela cintura e dá vários beijinhos no meu rosto.

-Na-Naruto. Eu já fico vermelha com a aproximação.

-Eu senti tantas saudades. Ele me abraça. 

-E-eu t-também. Ele da um beijo na minha testa, eu coro mais.

-Assim casalzinho, eu ainda estou aqui. Sakura estala os dedos nos chamando atenção.

-Oi para você também Sakura. Naruto bagunça seu cabelo.

-Baka!. Ela dá um soco no braço dele.

-Aí essa doeu!. Ele passa a mão sobre o local atingido.

-Ninguém mandou!

-Vem Hina. Ele pega na minha mão e nós saímos correndo em direção a praia. Ele entra na água enquanto eu fico para trás. -Vem!

-Não Naruto deve estar muito gelada. Falo tímida.

-Só um pouquinho. Ele mergulha e sobe seus cabelos loiros balançam, sua barriga estava molhada, e ele é tão lindo.

-Hina achei que estava com a Sakura. Fala Ino perto de um garoto pálido de cabelos castanhos.

-Eu estava. 

Ela olha a nossa volta.

-Eu já achei ela, esta na água com a Tenten. A Ino corre para a água com o garoto.

-Hina agora só falta você. Naruto diz me olhando junto com um sorriso eu coro.

-Eu n-não p-posso!. Falo tímida.

-Por que não. Ele sai da água e vem na minha direção.

-O m-meu biquíni... Falo de olhos fechados quase morrendo.

-O que tem ele?. Ele faz uma cara de curioso.

-Ele é m-muito c-curto. Meu deus alguém chama a ambulância eu sinto que vou desmaiar.

-Hina não é uma roupa que não vai te deixar se divertir. Vai não deve ser tão curto. Ele me dá um sorriso lindo, o que me convence.

-Tu-tudo bem. Ele desce a suas mãos até a minha saia que eu estava vestindo e a abaixa, logo em seguida ele pega a minha blusa pela gola e a tira me deixando exposta, eu fecho os olhos de tanta vergonha, eu abrir eles de vagar e rio, o seus olhos queimavam sobre mim, eles passeavam por cada parte do meu corpo.

-Naruto assim você vai acabar comendo ela. Diz Sasuke que aparece lá do nada.

-Vai pra puta que pariu teme!. Ele me paga no colo e me leva para água que estava um gelo.

-Na-Naruto! Você disse que estava só um pouco gelada. Eu jogo água na cara dele.

-Eu tive que mentir para te convencer. Ele me agarra pela cintura por trás.

-Na-Naruto. Eu fecho os olhos e sinto o seu volume me tocando, eu sinto molhada e quente, não pela água que nos cerca. 

-Seu biquíni desamarrou. Aí que vergonha, eu enterro a meu rosto nas minhas mãos. -Pronto.

-Hina que peitão é esse?. Fala a Ino.

-Ino!. Falo já vermelha por que ela tem que reparar?

-Hina você tem mais peito que nós duas juntas!. Fala Sakura divertida. Eu os tento tampar com as minhas mãos.

-Hina você não precisa se esconder. O seu corpo é lindo e não ha nada aí que você tenha que se envergonhar. O Naruto diz perto do meu ouvido, eu escutei mesmo o que ele disse?  Ele falou que o meu corpo era bonito, por dentro eu estava tão feliz. Mas eu disse um simples:

-O-obrigada. Abaixando a minha cabeça.

 

Nós ficamos o resto do dia nos divertindo, o Naruto tinha razão não era uma roupa que não ia me impedir, eu joguei vôlei com as meninas, dancei com elas, eu estava realmente me divertindo. Mas os bons momentos nunca duram muito tempo,algumas garotas vieram falar com o Naruto, eu não minto que não fiquei com ciúmes, uma delas até abraçou e o beijou ele, eles se afastaram de perto de nós, indo para longe. Eu não entendo ele dá sinais que gosta de mim e vai beijar outras, por quê?

 

Depois de alguns minutos ele voltou para perto de nós, eu sentia raiva dele, mas sei que errado, eu gosto dele mas ele não sente o mesmo por mim, então por que eu mal consigo olhar na sua cara Naruto?. A garota chega abotoando a sua blusa, e ajeitando seu short, com o rosto vermelho, as costas do Naruto estavam arranhadas, com certeza eles fizeram.

-Que isso bixa loira, mal chegamos e já esta nesse pique! Fala Sasuke.

-Cala boca Teme.

Sakura, Ino e Tenten olham para mim.

-Te vejo mais tarde Narutinho. Ela pisca para ele, e vai embora com as amigas dela que a esperava.

-E-eu já vou e-entrar. Pego a minha saia e a minha blusa jogadas na areia.

-Já, por que Hina?. O Naruto me pergunta.

-Cala boca Naruto. Diz Sakura. -Não acha que chega por hoje!. Ela fala irritada.

-Como assim?. Ele olha para todos confuso

-Eu já vou indo, mas aproveitem. Dou um sorriso sem graça.

-Quer que eu vá com você Hina?. Pergunta Tenten.

-N-não, t-tudo bem. Eu vou andando em direção a casa.

-Hina espera!. Grita o Naruto.

-Deixa ela. Fala a Ino. -Você muito idiota Naruto!

 

Eu só escuto até essa parte da conversa, vou até o banheiro tomo banho, me deito na cama, meu coração estava aos pedaços, eu acho que nunca vou entender e muito menos ter, o amor. Eu me deito e leio um livro, isso me faz esquecer de tudo a minha volta. Mais tarde Sakura bate na porta do quarto me chamando para ir jantar. O Naruto me olhava mas eu o ignorava, eu comi e voltei para o quarto para terminar de ler o livro, mais tarde vários gemidos domavam a casa, eu enterrei a minha cara tampando os meus ouvidos em um travesseiro, sem sucesso, pego o meu fone e coloco alguma música, minhas lágrimas aparecem percorrendo o meu rosto, me lembro da minha mãe, dos assuntos do meu pai. Por que eu? Por que eu nunca consigo falar o que eu sinto? Por que eu não consigo dizer um simples não? Eu me odeio tanto.

 

-Hinata!. Alguém bate na porta. -É o Naruto, podemos conversar lá fora? Aqui tem muito barulho.

-Tu-tudo bem. Tento secar as minhas lágrimas rápido, abro a porta e o sigo até a praia aonde nós dois sentamos na areia.

-Hina me desculpa. Ele olha para mim. -Se eu te magoei por alguma coisa que eu fiz ou falei, você é como uma irmã para mim, eu não gostaria de ficar brigado com você!. É ele me considera como uma irmã, eu entendo quem se sentiria atraído romanticamente por mim, eu não tenho nada de especial.

-V-você não me magoou Naruto. As lágrimas voltam.

-Então por que você esta chorando Hime? Ele coloca uma mão no meu rosto.

-Eu sou tão fraca Naruto, eu não consigo passar uma noite sem chorar, eu quero, eu tento acreditar que esta tudo bem, mas não esta...  eu amo a sua companhia Naruto, quando eu estou perto de você, eu não vejo o tempo passar, eu sinto que os meus problemas desaparecem, eu gosto tanto de você. Eu sorrio para ele. -Obrigada. Eu o abraço. -Eu te amo tanto. Ele levanta o meu rosto.

-Hina você sabe que pode se abrir comigo,e me desculpa eu não sabia que você se sentia assim. Ele me abraça mais forte me olhando preocupado.

-N-não é culpa sua. Eu sorrio.

-Eu nunca te perguntei como você se sentia com toda essa pressão com essas responsabilidades, quando você partiu eu podia ter ido atrás de você, eu podia...

-E-esta tudo bem agora. Eu passo a mão no rosto dele. -Eu só quero você Naruto.

-Hina eu também te amo tanto. Ele me puxa para cima do colo dele, para me abraçar direito, ele me afasta e tira o casaco que estava usando colocando em mim, pois eu estava com frio, ele me deitou do lado dele, e me abraçou deitado, uma das sua pernas se jogou encima das minhas, me impedindo de sair, eu me senti tão confortável e protegida, ele me fez um cafuné e distribui beijos na minha cabeça até eu adormecer.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Notas Finais


Continua...
Vou tentar postar ainda hoje, mas se não der, posto amanhã de manhã.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...