História O brilho nos meus olhos - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Kakashi Hatake, Naruto Uzumaki, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha
Tags Sasusaku
Visualizações 291
Palavras 3.764
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Luta, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Bom dia amores! Mais um cap
*desculpe a demora
👇 foto de capa e o vestido de sakura, pois não sou muito boa em descrever roupas
Até as notas finais

Capítulo 5 - Capítulo 05


Fanfic / Fanfiction O brilho nos meus olhos - Capítulo 5 - Capítulo 05

  Pov’s sakura

Suspirei observando o carro se afasta e logo sumir; voltando meus olhos para a entrada de minha casa. Andei ate lá e girei a maçaneta adentrando a sala tendo a leva impressão de está sendo observada, porém não era só impressão minha okasan me olhava, Seus olhos parecia olhos de coruja, enquanto meu otosan lia algo no jornal como se nada tivesse acontecido

_Bom se precisarem de mim estarei lá em cima_ falei e nem cheguei a pisa no primeiro degrau da escada ouvindo o grito de desespero da minha okasan.

_COMO ASSIM ? _ levabtou-se vindo ate mim_ temos que foca no vestido, seu casamento já e amanhã! _ gritou a mesma 

_ mas okasan! _falei deixando meus ombros cair

_ mas nada _ aproximou-se e nós duas começamos a subimos a escada _sakura você não pode casar-se com um vestido qualquer – falava enquanto subíamos 

_mais oka-san, não terá ninguém no meu casamento ah não ser nós! _ indaguei com os olhos arregalados, não tínhamos tempo para aquilo

_mesmo assim_ chegávamos ao fim da escada

_tudo bem okasan!_ me rendi, pois sabia que minha okasan não desistiria _ vou só liga para Ino para que ela nós ajude , sabe ela entende muito de moda_ minha mãe apertou os olhos e Sorriu  _não que você não entenda, mas é que uma opinião a mais e sempre  boa – ela confirmo com a cabeça e me deu as costa

_ minha filha vai casaaaar – Sai cantarolando pelo o corredor me fazendo sorrir da situação e entrei no meu quarto fechando a porta atrás de mim suspirando me encosto na mesma.

Pov’s Sakura off

(...)

AUTORA N

Sasuke Sorrir por dentro ao vê a situação da rosada após a encenação que tivera de fazer; Entrando no carro e seguindo viajem até a empresa.

 A viajem até lá fora tranquila; Saiu do carro e entrou no prédio, sendo observado por várias funcionárias que ali se encontravam indo em direção ao elevador sem responder os comprimentos de Bom dia que os funcionários ali presente desejavam, logo chegando ao seu andar em seguida entrando na sua sala fechando a porta atrás de si e indo até sua mesa e sentando em uma cadeira com dificuldade por causa da dor...

Ouvira a porta ser Aberta e um Uchiha Madara passa por ela visivelmente irritado

_ não sabe bater?!_ olhava para a janela ainda sentado

_onde estava seu moleque? – esbravejou irritado, batendo com as palmas na madeira da mesa onde Sasuke encontrava-se sentado

_não lhe devo satisfação_ fitou o homem sem animo _ porem_ disse fitando_ vou me casar e Está convidado para o casamento que será amanhã " Oji-san ". – fitou o homem nos olhos

_ o que? _ questionou

_ quer que eu repita ? _ arqueou uma sobrancelha

_pare de brincar! _ falou sério fitando o sobrinho

_ não estou!_ falou mais sério ainda

_quem é a garota?! E no mínimo influente de família rica ? _ sorrir de canto com a pergunta do tio

_ não! _ fitou o homem divertido_ você deve lembrasse do pai dela _ disse fugindo esta pensativo, vendo a irritação estampada no rosto do homem _ ele trabalho aqui a muito tempo, acho que se chama Haruno Kizashi.

_você e um incompetente_ torno a bate as palmas sobre a mesa, fitando o sobrinho de perto_ nem mesmo pra escolher uma noiva serve!_ disse mais baixo olhando o sobrinho nos olhos _ O que vai me dizer que se apaixonou?! Uhm? _ questionou sarcástico _Você pode ter toda a mulher quiser

_estou me casando com a que quero_ desviou os olhos dos olhos negros assim com os seus do seu tio, voltando a mexer com papéis_ O incompetente aqui não sou eu!_ falou com a sobrancelha arqueada desviando por segundos os olhos dos papeis e lançando uma olhar sarcástico para o mais velho_ você quem afundou a Uchiha e eu  e que to  tirando ela dá lama!

_ Muleque. – disse levantando a mão, mirando-a no rosto do sobrinho

_ não ouse ojisan. – segura a mão do homem o enfrentando e fitando seus olhos e após fita-lo por segundos deu as costa saindo da sala, dando de cara com Kakashi ao passa pelo a porta

_ Ei o que aconteceu?_ perguntou o acinzentado ao vê o moreno soca a parede em fúria 

_ não enche _ disse passando a frente de Kakashi

_que bicho te mordeu em ?!_ deposita a mão no ombro do moreno

_ se quer sabe sobre minhas ida a casa de sakura; deu tudo certo, me casarei com ela. Fiz a ceninha deplorável que me falou para fazer. Satisfeito?!_ Puxou o ombro deixando o hatake para trás

Kakshi o observou até que ele sumiu, em seguida viu Madara sair da sala de Sasuke e já imaginou o que deveria te acontecido ali.

Sasuke, pediu a chave do carro ao motorista que havia o deixado ali, entrou no carro e deu a partida, parando em frente uma boate entrando na mesma.

_ Sasuke-Kun _ a loira veio ao seu encontro o fitando dos pés a acabeca umedecendo os lábios

_ to subindo!_ a loira confirma com  um aceno de cabeça

_mandarei alguém para lá _disse mas não obteve resposta. O mesmo entrou em um dos quarto, tirou uma saquinho preto do bolso depositando o pó branco sobre uma mesa, aproximou o rosto da mesma, tampando o lado esquerdo do seu nariz, inalando, sujando com o lado direito todos o pó dali de cima, em seguida levantando a cabeça para cima respirando fundo. Ouvindo a porta se aberta e  uma moça de cabelos pretos entra por ela. O mesmo enche o copo de whisky e toma o liquido todo de uma so vez; em seguida se despindo e já sem roupa jogando-se na cama.

_o que tá olhando?!_ perguntou Grosso _ comece a trabalha! _ ordenou vendo aa menina aproximasse _não me beija. não me toque. Quanto ao meu amiguinho aí em baixo pode começa o engolindo _ disse e a moça se aproximou tirado a roupa enquanto o mesmo estava deitado usando seus braços como travesseiro e olhando pra o teto.

Pensando o que Sakura faria agora

_será que me traia também?! _ sorrir de canto ao pensa assim e logo sentindo seu membro ser engolido pelo a prostituta ali presente, se perguntado porque pensou em Sakura naquele momento

_ dane-se! _ sussurrou para si mesmo, tocando a cabeça da moça , fazendo a ir mais de pressa

Autora off

(...)

POV’S SAKURA

Mexia no anel que fora posto em meu dedo, enquanto me lembrava do beijo que Sasuke me deu.

Eu Sabia que tinha sido pura encenação da parte dele, mas é da minha?_ bom acho que eu levei um pouco a sério...

Esse fora meu primeiro beijo. Eu sei isso é humilhante,  ser BV aos 19 anos, porém minha única paixão sempre fora a medicina, nunca tive tempo para pensa em garotos muito menos sair com um. Nunca me interessei por nenhum.

 Me sentia uma boba, Sasuke com certeza havia percebido o modo como fui entregue a ele, mas não foi sentimento, apenas queria que meu primeiro beijo fosse algo real de verdade para mim.

Batidas foram ouvidas e passa pelo a porta uma Ino com um sorriso largo

_ aaah testuda me conta tudo?_ disse ao passar pela a porta_ Deixa eu vê esse anel._ falou sé aproximando e puxando minha mão _Eu deveria ter te ajudado a salva-lo só assim quando ele acordasse ele me escolheria _ falou me fazendo revirar os olhos

_ino respira tá!_ pedi, segurando em sua mão levando-a até a cama e sentando ali com ela _ Bom não tem muito o que fala..._ falei pensativa_ vou me casa amanhã. – o queixo de ino foi ao chão

_como assim pirou? Você conheceu ele ontem – questionou em um grito com os olhos regalado

_xiii _ coloquei a mão sobre sua boca_ Meus pais não sabe que conheci ele ontem. Se eles sonharem eles jamais deixaram me casar com ele _ queria conta toda a verdade para Ino , mas a mesma era bocuda e poderia acaba falando demais sem percebe. Assim como Sasuke, não queria envolver mais ninguém nessa história louca

_ prontas para ir as compras_ pergunta minha  mae adentrando no quarto animada desviando o rumo da conversa.

_ vamos logo que o dia passa voando_ respondeu a loira animada

Tudo aquilo era estranho, muito estranho na verdade! Em primeiro lugar quando uma pessoa vai se casar ela tem que ter tempo para pensa no vestido que quer, eu não tenho esse tempo. Eu nem tenho ideia do que devo procura e muito menos ânimo pra procura. Minha okasan e Ino andavam pelo os corredores da loja parecendo duas loucas, pegando vários vestidos, enquanto eu conversa com a vendedora pedindo dicas de vestidos para casamento no civil e dava uma pesquisada no Google

_tem que ser esse – diz me empurrando para dentro do provador

_ prova esses também.._ minha mãe joga mais um em meus braços

_para que tantos?_ questionei segurando a pilha em meus braços_ Eu só preciso de um gente. Isso é exagero_ falei vestido o primeiro vestido, que na verdade era mulherão demais. Aquele só podia ser escolha de Ino...

Sai do provador e minha mãe e Ino olharam e sorriam, mas eu não gostei. Neguei com a cabeça me olhando no espelho, e fora assim nos últimos cinco. O sexto foi por quem me apaixonado, não era nada muito cheguei. Na cor branco, a cima dos joelhos. Bem acinturado com um conto de pérolas  o que o deixava rodadinho, mas não tanto. Dava a inpresao de um tomara que caia, ele tinha alcas trasparentes do colo ate o ombro. Sai do provador e me olhei no espelho primeiro, antes de olha para as  duas choronas que me observava

_e esse! _ falei olhando no espelho com sorriso no rosto e satisfação, a propósito nunca pensei em me casa então nunca tive ideia de do que procurar e acha um assim “ tão rápido ” era muito bom

_e sim minha filha e esse! – aproxima a mulher chorosa mexendo em meu cabelo enquanto uma loira já falava em sapatos, brincos e colares. Ouvir o celular toca e ainda vestida no "meu" vestido fui ate a bolsa e o peguei, olhei na tela mas não conheci o número

LIGAÇÃO ON

_ Pois não?_ atendi

_ Sakura! _ a voz do outro lado chamou-me

_ sim sou eu, a questão aqui e quem é você?_ questiono

_ sou eu kakashi _ ouvir o sorriso sem jeito do mesmo _ estou te ligando para te deixa a par de tudo e antes que me pergunte, consegui seu número com Naruto que pediu a Hinata. Você está bem?

_ah tudo bem! _ sorrir sem jeito_ Estou bem e você?

_ estou bem!  enfim Amanhã o casamento acontecera no Jardim da casa de Sasuke, ele e bem grande e Rin está cuidando de tudo, ela disse para ir se arruma lá amanhã, perguntou se tem algo especificou que você queira?!

_Ah não, para mim o que ela fizer estará bom.

_ ok! Te enviarei o endereço para que possa passar para seus convidados, depois do casamento terá um janta tudo bem?!

_sim, mas por favor sem festa e nem muitas pessoa_ pedi

_ não terá, Sasuke também não quer. Então quem manda e os noivos

_obrigada!

_ qualquer coisa me ligue. Tchau.

LIGAÇÃO OFF

desligou o celular percebendo os olhares de minha mãe e Ino sobre mim

_que foi? _ perguntei

_era seu noivo? _ questionou minha mãe

_ fala testuda o que foi?_ sorrir e demorei um pouquinho para fala, só para vê a curiosas e anciedade estamoada nós olhos da duas

_não!_ sorrir satisfeita _ Era um amigo do Sasuke-kun que está nós ajudando com os preparativos. A namorada dele está organizando tudo e eu me casarei no Jardim de minha futura casa _ tentei da o meu melhor sorrir que saio amarelo no momento

_ quero participa das organização _ manifestou-se minha oka-san

_que romântico _ seus olhos brilham

_okasan isso e mesmo necessário?! Rin deixara tudo perfeito. ela e ótima.

_eu sei. só quero ajuda_ fez bico _ Não é legal deixa todo o trabalhos só para eles. Eles vão nos chama de preguiçosos _ disse me repreendendo

_gente vamos para de discutir e vamos em uma loja de lingeries e depois saky vai fazer um depilação completa. Seus pelos estranhamente rosas não São bonitos_ falou baixinho em meu ouvido, a olhei incrédula

_Ino tem razão, se você for dormi com seu marido com aqueles pijamas horrorosos ele pedira divórcio na primeira noite_ sorriam e eu as olhos mortalmente. “ Só podia ser um complô contra mim!”- pensei fazendo cara feia.

Eu não iria compra lingeries e camisolas. O casamento não era real, então eu não precisaria dessas coisas. Mas tinha um problema elas não sabiam!

_isso e realmente necessário?! _ perguntei sem animo_ Meus pijamas são lindos. E meus pelos também _ Eu amava os dois

_ escolhemos as lingeries enquanto você faz depilação, se não, Não dará tempo de fazer, já são 16:13 da tarde. – olha no relógio que estava em seu pulso_ deixaremos você lá e depois te pegamos. – eu não estava nem aí pra o que ia acontece só queria que aquilo acabasse logo, paguei o Vestido e o sapato. E elas me levaram para a depilação como prometido

(...)

AUTORA

Sasuke se despejou na boca da garota que o chupava. Levantou-se e começou a coloca a roupa e em seguida se serviu de Whisky enquanto a garota o observava limpando o canto da boca e lambendo os lábios. Após vira o copo com líquido foi até a mesa onde ainda tinha um pouco do pó Branco, levou sua cabeça até la, ficando com o rosto bem perto da mesa e tampando um lado de seu nariz e sugando o pó com outro levantado a cabeça em seguida e respirando fundo de olhos fechados. Andou até porta sobre  os olhos curiosos da prostituta

_onde vai? _ questionou a garota_ Ainda temos 25 minutos. Faço tudo que você quiser_ sorria a moça nua em cima da cama, o moreno nem a olhou.

_ o dinheiro está em cima da mesa _ foi o que disse fechando a porta atrás de si.

 Já fora da boate entrou no carro e saio em disparada logo estacionondo em frente uma casa grande e luxuosa. Apertou um botão em um controle e o enorme portões se abriu, entrou na casa estacionando o carro e vendo um outro que ele conhecia muito bem. Subiu a escada que dava acesso a sala. Ao chegar na mesma enxergou os cabelos acinzentados.

_ o que faz aqui? _ pergunto, chamando a atenção do homem ali sentado.

_vir acompanha Rin, que está lá no Jardim vendo alguma decoração para lá, já que seu casamento será lá_ fitou o moreno apertodo os olhos _ Já que está aqui precisamos conversa

_ sobre o que?_ questionou em quanto acendia um cigarro

_ suas atitudes!_ sasuke revirou os olhos

_ não vou precisa dos seus serviços como babá hoje _ sorriu sarcástico

_pare de Aguiar como uma adolescentes inconsequente, pois já deixo de ser um a muito tempo. _ falou fitando o rapaz

_ fala sério! Kakashi, não enche o saco_ desviou os olhos do de kakashi

_onde estava? – perguntou e Sasuke voltou a olha-lo

_em uma boate_ kakashi bateu palmas

_ muito bem, então que dizer que será sempre assim. Sempre que se irrita iria bebê, se droga e transa com uma prostituta qualquer; Bravo Sasuke uchiha, seu pai se orgulharia do filho que tem_ foi sarcástico  enquanto batia palmas

_ não transei com ela, ela apenas me chupou, quanto as outras coisas acertou. Como disse amanhã me casarei achei que precisava de uma boa despedida de solteiro _ sorrir de conto apagando o cigarro no cinzeiro

_ sem querer atrapalha vocês dois mais já atrapalhando. Gostaria de sabe que quarto devo arruma para o casal? – pergunta a mulher entrando na sala chamando a atenção.

_ qualquer um. não vamos dormi juntos mesmo.

_Arrume o quarto principal da casa. Vocês iram dormi no mesmo quarto! _ ordenou o acinzentado

_ como assim! agora manda na minha casa?! _ em cara o acinzentado

_ não Sasuke, porém o casamento será uma farsa mas só ficará entre nós, se dormirem em quartos separados os empregados logo perceberam e poderá sair falando o que aconteça aqui. _ Sasuke bufou mais não discutiu

(...)

POV’S SASUKE

Aquele quarto estava fechado a anos, desdá morte dos meus pais.

Aquele era o quarto dos meus pais e eu não queria abri-lo muito menos passa a dormi lá. Isso me traria muita lembranças, dolorosas

_ e então e lá mesmo?_ questionou a mulher dividendo olhares entre kakashi e eu

_ não!_ falei seco sem olha-la_ veja um outro qualquer, menos aquele.

_Rin o arrume_ quem ele pensava que era?! aquela era minha casa._ amanhã você Não irá trabalha

_não tire nada do lugar._ falei ao vê Rin e uma das empregadas subindo as escadas

_não se preocupe não vamos tira, só vamos troca os lenços e tira o pó que deve te lá _ confirmo com a cabeça.

_por que aquele quarto? _ olhei pra kakashi  questionando sua decisão

_ aquele quarto, e o quarto dos seus pais além de ser o mais grande e belo de todos os quarto dessa casa, também e o quarto dos donos da casa que será agora você e Sakura. O senhor e a senhora uchiha. Está mais do que na hora de o abrir, sua mãe adorava aquele quarto e não gostaria de vê-lo nas condição que está hoje_ Kakashi e uma das pessoas que aparentava mais se preocupa comigo. Ele era o mais próximo de um pai que eu tinha, além de sua pouca idade. Assim como Naruto era como um irmão, mesmo que eu não assumisse isso para eles.

kakashi sempre puxara nossas orelhas quando fazíamos algo errado, aliás Naruto também não era o melhor dos meninos. Já havíamos aprontado várias coisas juntos, até que Hinata apareceu na vida dele o fazendo muda e deixa a vida agitada de lado e ficando caidinho de amor pelo a menina.

_ faça o que quiser._ falei irritado me levantando

_me conte o que aconteceu com você e seu oji-san?_ perguntou kakashi mirando minhas costa

_ele não gostou muito de sabe que vou me casar, ah eu o convidei. _vir o olhar de kakashi sobre mim enquanto eu me servia com um whisky – servido? _ pergunto

_ sei que fez isso só para provoca-lo._ arqueou uma sobrancelha _ A penas dois dedos _ joguei o litro de vidro para ele e um copo. “Ele não pensou que eu o serviria, pensou?!”- mas fez bem em convida-lo._ dei de ombro me sentando e sentido uma dor incômoda na costa_ sabe que de agora em diante que terá de deixa essa vida de lado, e foca em proteger Sakura. – olhou em meus olhos_ Esse decisão foi tomada por você mesmo que me surpreendeu muito, então a acate e fique sóbrio para protege-la

_ já me arrependi dessa maldita decisão. – peguei o litro de whisky e subo as escada com ele em baixo do braço.

_ a onde vai?! Temos que fala a respeito do atentado contra você._ observa-me sentando no sofá

_ da uma uns socos no saco de pancada. Venha também, você pode o substituir. estou com saudades de te acerta uns socos._ ainda de costa para Kakashi, ouvir seus passos indo até a escada e continuei meu percurso sendo seguido pelo o mesmo entrei no quarto, de treinamento onde eu passava boa parte do meu tampo quando estava sem ter o que fazer, ou quando a raiva me subia e eu não tinha em que desconta quem levava socos era o saca. Era ali o lugar onde eu me divertia de verdade, minhas espadas e kunais eram minhas verdadeira paixão, e essa paixão não era só minha, kakashi e Naruto também.- pronto para leva porrada?! – perguntei colocando o whisky em cima da mesa. E tirando minha blusa social em seguida meus sapatos e minha calça, pegando um moletom na cor cinza que estava ali e vestindo. Kakashi entra na sala e faz o mesmo enquanto eu me aquecia.

_ não chamará ele?_ parei o que tava fazendo. segurando o saco de pancadas e encostando minha cabeça nele.

_ele quem? – perguntei me fingindo de desentendido

_ sabe muito bem de quem eu to falando!_ fala terminando de coloca o moletom.

_por que eu deveria? ele nunca voltou. Por que ele iria se preocupa em vir _soquei com força o saco ouvindo o barulhos que fizera e o vendo ir para longe.

_ por que ele se importa com você, e ficaria feliz em sabe que você está se casando _revirei os olhos enquanto kakashi colocava as luvas. Minhas  mãos ja estavam   vermelhas e doloridas. Kakashi era lerdo demais. _ e também Ele tem que sabe que estão querendo te mata._ sorrir e soquei o saco com mais força ainda.

_sério que ele se importa?_ perguntei socando cada vez mais forte o saco_ ele me largou aqui quando eu tinha apenas seis anos, após meus pais morrerem e nunca mais voltou, nem para sabe se estou bem. _socava repetidamente o saco, cada vez com mais força tentando desconta minha raiva nele. Minhas costa doíam, mas eu não me importa só queria desconta em algo aquilo que eu estava sentindo. _ e melhor deixa-lo onde ele está, não o quero perto de mim_ dei mais um soco e vir o saco se afasta o suor já escorria em minha testa.

_ espero que não tenha cansado. – diz se aproximando.

_ te derroto apenas com uma mão._ me posicionei para ataca e kakashi fez o mesmo. Me aproximei e deferi socos contra ele que foram rapidamente bloqueados. O mesmo me atacou com chutes e soco que conseguir bloquear também.

Sentir falta de naruto ali também.

Lembro de nós dois pequenos na academia onde treinávamos sempre competindo para vê qual de nós dois éramos o melhor. Kakashi sempre nos acompanhava, aliás ele que nós vício em artes marciais. Senti a dor aguda no meu rosto, Kakashi havia me acertado um soco.

_ acho que alguém amanhã se casara  de olho roxo. – sorrir e eu aproveitei a distração do mesmo e dei uma rasteira nele, que caio igual a saco e batata no chão


Continua...


Notas Finais


Quero comentários com as opiniões que tanto amoo até elles então bjus
Aguardando...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...