1. Spirit Fanfics >
  2. O caipira mais gato do sertão >
  3. Riacho.

História O caipira mais gato do sertão - Capítulo 4


Escrita por:


Notas do Autor


Me desculpem a demora, eu não estava me sentindo muito bem esses dias e estava muito cansada mentalmente, vocês compreenderem não é? Espero que sim, de qualquer forma me desculpem.
Eu vou atualizar com mais frequência, de dois em dois dias.
🐥

Capítulo 4 - Riacho.


Fanfic / Fanfiction O caipira mais gato do sertão - Capítulo 4 - Riacho.

Luvas de borracha, chapéu de palha, botas extremamente grandes, um quilo de protetor solar, óculos escuros e mangas e calças compridas. Esse era o traje de sobrevivência de Hoseok para colher o milho que Jungkook havia pedido para o ajudar.

–ei menstruado pela cabeça, 'tú tem certeza de que vai conseguir colher um tomate com esse traje todo 'jégue aí? –Jungkook perguntou vendo o esforço que Hoseok fazia para tirar apenas um milho dalí, o puxando com toda a força que já lhe era quase nula.

–eu consigo! Está quase saindo! Aaahh! –gritou ao cair para trás esmagando a plantação de tomates que havia alí atrás. No fim Hoseok conseguiu tirar o milho, porém junto com o cauld inteiro da planta e o resto das espigas que haviam nela.

–oh meu santo Antônio, 'ocê é besta 'dimais sô! Óia a 'carfusão que 'tu fez aí na plantação de tomate da mãe, ela vai arrancar teu couro –comentou o moreno, que olhou para a situação de seu primo que tentava se levantar, ofereceu a mão para o mesmo que não recusou e logo se levantou, vendo a situação de suas roupas.

–foi mal por destruir tudo... –coçou a nuca, logo reclamando de dor pelo atrito da borracha com seu cabelo.

–vai 'pra sombra doido, se não vai acabar acontecendo mais tragédia ainda –Hoseok acentiu, indo para baixo de uma sombra de árvore que ers bastante grande e tinha uma ótima sombra.

Se sentou ao pé da árvore e tirou o chapeu junto de suas luvas de borracha, se livrou das botas e arregaçou suas mangas e elevou sua calça até acima de seus tornozelos. O dia estava quente, apenas queria se refrescar, mas de forma alguma ele voltaria para o banheiro depois de enfrentar aquele terrível monstro que havia lá dentro.

–queria estar em uma piscina agora...  –jogou sua cabeça para trás, olhando para cima da árvore e com dificuldade enxergando alguém em cima dela– mas o que é que...

–oi cara de égua –Taehyung disse sentado sobre um dos galhos alí, mordendo um pedaço da maçã que tinha em suas mãos, não demorou mais do que três segundos para Hoseok revirae os olhos apenas por ouvir a voz do caipira– eu vi 'ocê dando uma de cabra do mato alí tentando tirar uma espiga de 'mio, foi hilário –desceu com cuidado da árvore, logo sentando ao lado de Hoseok.

Se o ruivo tivesse forças para levantar, ele já teria ido embora.

–olha aqui, não é culpa minha se eu sou extremamente rico e tenho empregados para fazer minha comida e não tenho que arrancar a comida da terra e fazer depois –falou empinando o nariz e Taehyung deu uma risada anasalada, abraçando suas pernas.

–desculpa senhor burguês, vou me lembrar de não questionar sobre isso de novo –sorriu e Hoseok olhou para o lado abanando seu rosto com as próprias mãos, reclamando sobre o clima infernal que era àquele sertão– vocês sempre tem que passar por esse inferno de calor aqui?

–o que? O calor? Ah isso é algo normal 'pra gente sô, se bem que hoje o sol num 'tá de brincadeira –se levantou e se espreguiçou colocando seu chapéu até então esquecido no chão e levou até a cabeça, o pondo na mesma– eu vou tirar o grude do couro hoje num riacho que eu... –automaticamente Hoseok parou de escutar ao ouvir a palavra "riacho", seus olhos brilharam e rapidamente se levantou dando uma cabeçada no queixo de Taehyung por acidente.

–me leva junto! Por favor! Tenha dó de mim no meio desse calor, caipira –manhou e fez bico, pegando em uma das mãos grandes do caipira e a balançando freneticamente. Taehyung massageava seu queixo golpeado por Hoseok, em seguida o olhando incrédulo.

–'ocê me dá uma cabeçada e depois pede 'pra mim te levar 'prum riacho? Cria vergonha nessa tua cara, macho! –o repreendeu dando de costas começando a andar, sentindo algo em sua perna– mas uai?

–por favor, me leva junto! –Hoseok implorou enquanto olhava para o caipira com os olhos pidões enquanto abraçava a perna esquerda do moreno.

–hmmm, não –reepondeu simples, balançando sua perna fazendo o ruivo a soltar e ficar de joelhos no chão começando a andar novamente.

–eu faço o que você quiser! –Hoseok gritou e de imediato o Kim parou, se virando lentamente para o ruivo o olhando.

–o que eu quiser? –o caipira perguntou com um sorriso maldoso no rosto, o ruivo acentiu desesperadamente– bom, se é assim, aceito


Notas Finais


•Dicionário•
–jégue: mal vestido
–carfusão: confusão
–arrancar o couro: "matar"
–tirar o grude do corpo: tomar banho/se banhar

tá curto, eu sei, mas o próximo é maior

dêem uma lida aqui:
https://www.spiritfanfiction.com/historia/quimica-20291053

https://www.spiritfanfiction.com/historia/hipocrita-20291623

obrigada por lerem, espero que tenham gostado, bebam água é nós ☕


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...