1. Spirit Fanfics >
  2. O caipira mais gato do sertão >
  3. Formiga da água.

História O caipira mais gato do sertão - Capítulo 5


Escrita por:


Notas do Autor


🐥

Capítulo 5 - Formiga da água.


Fanfic / Fanfiction O caipira mais gato do sertão - Capítulo 5 - Formiga da água.

Óculos de sol e pele branca de tanto protetor solar, uma camisa branca tão fina que chegava a ser transparente e um short que marcava bem suas coxas e sua bunda. Era assim que Hoseok estava e ainda passava mais um quilo de protetor solar em suas pernas bonitas.

–caipira, quando você disse riacho eu não imaginei que fosse um oceano –ouviu Taehyung rir e isso foi o suficiente para o fazer revirar os olhos.

–isso num é oceano não doido, é um rio gigante só –o Kim disse logo tirando sua camisa e a jogando no chão chamando a atenção do ruivo que estava sentado no chão em cima de uma toalha para evitar se sujar ou ser picado por formigas.

–o que você está fazendo caipira? –indagou hipnotizado pelo corpo definido de Taehyung que estava escondido por baixo de sua camisa quadriculada, balançando a cabeça rapidamente para afastar seus pensamentos impuros.

–ninguém toma banho de roupa cara de égua –levou suas mãos até a barra de sua calça a fim de tirá-la, se não fosse pelo Jung cobrindo seus olhos com as mãos e virando o rosto em outra direção.

–não precisa tirar a calça! Não quero ter que guardar a imagem do seu negócio pequeno para o resto da vida –em um resmungo o moreno assentiu, preferia molhar suas calças do que ouvir Hoseok reclamando a cada segundo.

–'ocê que sabe, mas se quiser ver eu mostro –um sorriso cheio de segundas intenções tomou conta do rosto do moreno e Hoseok apenas o olhou torto antes do caipira se jogar na água.

O mesmo ficou submerso por um tempo antes de voltar para a superfície para respirar, tirou alguns fios da frente de seus olhos e nadou para a beira do rio, olhando para Hoseok que havia voltado a passar protetor em suas pernas.

–'ocê num vai entrar na água não? –perguntou e o ruivo apenas balançou a cabeça em um sinal negativo– 'tú encheu meu saco 'pra mim trazer 'ocê 'pra cá e não vai entrar na água?

–não é esse o caso, só não quero ser picado por formigas da água –tirou os óculos escuros da frente de seus olhos os pondo em sua cabeça, Taehyung segurou o riso e olhou para o garoto.

–num tem formiga na água cara de égua, quem contou uma lorota dessas? –riu da forma como Hoseok o olhou com a testa franzida em dúvida e desgosto.

–como assim não tem formigas na água? É claro que tem, aquelas coisas que tem ferrões e são achatadas são o que? –cruzou os braços e Taehyung apenas parou de rir e olhou para o ruivo desacreditado no que ouviu.

–'pra alguém que faz três faculdades 'ocê é bem besta às vezes –sentiu um tapa ser desfigurado em seu ombro e fez uma expressão de dor logo seguido de uma risada debochada.

–nem doeu –viu a mão do ruivo levantar de novo se esguiou do outro tapa que receberia– calma sô, foi só uma brincadeira –reclamou e fez um bico coçando a nuca que deveria estar vermelha queimada pelo sol– se 'tú quiser entrar na água depois fica na parte rasa, não tem muitos bichos e provavelmente você não vai se afogar, eu sei que 'ocê não sabe nadar –sorriu e Hoseok abriu a boca para falar, mas nada saiu.

–bem... obrigado? Enfim, tanto faz, pode ir nadar –balançou a mão em sinal para o garoto ir embora e assim o fez, nadando para partes mais fundas daquele rio de água fria.

O clima estava quente porém a água estava fria e refrescante, boa o suficiente na visão do caipira. Hoseok por outro lado resolveu entrar na água antes que derretesse alí na beira, colocou um pé depois do outro sentindo um arrepio percorrer pelo seu corpo pela água gélida que estava. Um bico ficou em seus lábios até se acostumar com a temperatura da água, então sorriu brevemente, balançando seus pés naquelas águas, de longe Taehyung o observava com um sorriso no rosto.

Por um lado sorria por admirar o Jung, por outro, porquê naquela beirada havia muitas sanguessugas. Sabia que não demoraria nada para o ruivo gritar por sentir algo em sua perna. E claro, sua hipótese estava certa.

–Caipira! Uma cobra me mordeu!

∞     

Hoseok choramingava enquanto sentia o Kim puxar as sanguessugas que estavam grudadas em sua perna, o fazendo gritar de dor. Aquelas coisinhas eram pequenas mas faziam um estrago enorme.

–Ai! Taehyung! Vai devagar! –fez bico e sentia pequenas lágrimas acumuladas no canto de seus olhos pela força que fazia para fechá-los a cada vez que um parasita era tirado a força.

–desculpa cara de égua, vou ser mais preciso –puxou as últimas três sanguessugas de uma só vez que tinham grudado na perna do ruivo, que gemeu de dor– prontinho, agora 'ocê vai sobreviver

–caipira, eu te odeio –cruzou os braços e olhou para o lado, Taehyung riu da forma como o ruivo agia quando estava com raiva.

–num vai me agradecer por te salvar das... formigas da água? –brincou com a forma que Hoseok chamava os parasitas e animais aquáticos.

–eu não, você não fez mais que sua obrigação –reclamou baixinho e o Kim apenas o olhou de uma forma incrédula colocando a mão no peito.

–eu te salvei de bichos venenosos e você num vai nem me agradecer me dando um beijinho? –Hoseok arregalou os olhos na direção de Taehyung que já estava preparado para receber um sermão por pedir algo daquele gênero para o ruivo.

–como assim bichos venenosos?! Está me dizendo que além deles sugarem meu sangue eles colocam veneno nele?! –ignorou completamente o pedido do caipira e apenas ligou para o fato de que aqueles parasitas eram venenosos ou não.

–mas é claro que... –uma idéia passou por sua mente e um sorriso maldoso foi posto em seus lábios– claro que sim, e eu sei qual é a forma de livrar você dá morte cara de égua –Hoseok manhou para cima do Kim e fez um biquinho para o mesmo.

–e qual é, TaeTae? –sua voz saiu manhosa.

–se 'ocê me beijar eu falo –Hoseok fez careta.

–prefiro morrer do que beijar você –revirou os olhos e Taehyung sorriu ladino, deitando o corpo do ruivo na areia e o fazendo arregalar os olhos– ei! O que acha que está fazendo?!

–'ocê disse que ia fazer o que eu quisesse se te trouxesse 'pra cá, e eu trouxe e agora eu já pensei no que eu quero... –aproximou os rostos deixando as respirações próximas, Hoseok apenas ficou calado se perdendo nos olhos do Kim que agora tinha uma das mãos no queixo do garoto da cidade. Suas bocas estavam a centímetros de distância, Taehyung aproximava os rostos a cada vez quebrando o espaço mínimo que ainda havia.

–Taehyung? Amor! Finalmente te achei! –uma garots loira surgiu, cortando o clima que havia entre os dois fazendo o caipira a olhar.

–Ah... Oi Kristen...


Notas Finais


•Dicionário•
–lorota: mentira

Pra quem me acompanhava antes, sabe quem é a galinha que acabou de aparecer e sabe o inferno de mulher que ela é.

meu psicológico ainda não está completamente bem, e recentemente vem acontecendo diversas coisas ruins no decorrer dessa semana.
mas espero que tenham gostado, bebam água é nós ☕


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...