1. Spirit Fanfics >
  2. O caipira mais gato do sertão >
  3. Um caipira, dois patricinhos.

História O caipira mais gato do sertão - Capítulo 6


Escrita por:


Notas do Autor


tô puta porque eu tinha feito o capítulo mas só ia postar quando estivesse melhor, eu entro nessa merda e o capítulo tá todo apagado
tive que reescrever essa buceta
enfim...
🐻

Capítulo 6 - Um caipira, dois patricinhos.


Fanfic / Fanfiction O caipira mais gato do sertão - Capítulo 6 - Um caipira, dois patricinhos.

Hoseok se encontrava com uma cara de poucos amigos, olhando com raiva enquanto comia uma barrinha de cereais que havia levado para seus "casos de emergência". Via aquela garota loira baixa tentar selar a boca de Taehyung, que desviava a todo custo.

O ruivo revirava os olhos vendo a cena totalmente patética da garota tentando beijar o caipira.

–a namorada daquele amancebado chegou? Eta nós, aquela garota é tão galinha, tenho pena dele –soltou um som estalando a língua no céu da boca, Jungkook havia soltado a frase e Hoseok apenas rolou os olhos.

–eu tenho pena dela, o que ela acha que vai ganhar ficando com aquele garoto? Àquela besta podia estar atrás de alguém que preste, mas está perdendo tempo com ele –um bico se intalou nos lábios de Hoseok, Jungkook o olhou com malícia.

–ciúmes primo? –Hoseok fez careta– não se preocupa não primo, da fruta que ela gosta o Taehyung chupa até o caroço –falou Jungkook e o ruivo apenas fez um som como se quisesse vomitar.

–e eu lá quero saber a sexualidade daquele caipira! –repreendeu seu primo, que riu da reação de Hoseok– eu heim, eu só sinto pena deles, os dois não prestam um para o outro

–sinto cheiro de ciúmes –falou, Hoseok deu um tapa no ombro do mesmo– ai!

–cala a boca! Eu não tenho nenhum motivo para estar com ciúmes dele, seu idiota –olhou para o lado, completamente emputecido com seu primo que ria da cara do mesmo.

–'ocê num assume que gosta dele, 'tá na cara que 'ocês se amam –falou Jungkook e Hoseok estava com um bico, completamente enfurecido.

–mas que porra! –berrou olhando para seu primo batendo as mãos na cerca branca que estavam apoiados– eu odeio aquele filha da puta com todas as minhas forças! Entendeu?! Por que diabos eu iria gostar de alguém que eu detesto caralho?! –Jungkook deu de ombros.

–talvez seja... cú doce –sorriu e Hoseok estapeou o mesmo que ria alto recebendo os tapas fracos do ruivo.

–vai plantar batata seu imbecil! –bufou e voltou a olhar para os dois, que agora estavam colados. Kristen estava com as duas mãos ao redor do pescoço do caipira, que afastava o rosto todas as vezes que se a mesma se aproximava.

–'tú vai perder o macho mesmo, Hoseok? –olhou para o primo que estava quase com as veias saltadas de raiva vendo aquela cena.

Kristen levava uma das mãos do caipira até dentro de sua saia curta, que tentava tirar dalí a toda circunstância. Mas a loira não permitia, Hoseok ouvia os gritos de desespero do Kim.

–ah quer saber? Chega! –complemente puto, Hoseok pulou a cerca branca indo na direção dos dois. Jungkook olhava seu primo se afastar sem entender muita coisa, apenas observando.

–TaeTae, eu preciso de você... –mordeu os lábios levando as mãos até seus peitos que estavam cobertos por sua camisa com o decote aberto, os apertando. Taehyung aproveitou a oportunidade e tirou sua mão das partes íntimas da garota– ei, me dá outra chance, vai... eu sei que eu errei, não devia ter dado em cima do seu primo

–Kristen –embolou o nome da mesma, achava difícil pronunciar pelo seu sotaque– num posso, já te dei mais chances do que já tomei banho

–quantas, cinco? –arqueou uma sobrancelha.

–claro que n...

–ei! –a voz alta de Hoseok chamou a atenção dos dois, Kristen sorriu de lado.

–ele é o ruivo aguado que você fala tanto, TaeTae? –se aproximou do mesmo, o analisando de cima a baixo– tão feio que dá dó

–pelo menos não me visto igual uma quenga –viu Taehyung segurar a risada.

–dá para ver como você se veste, achou essas roupas onde? Nos achados e perdidos? –sorriu ladina, ouvindo uma risada anasalada do ruivo.

–achou esse cérebro aonde? No brechó? –rebateu e Taehyung apenas riu alto batendo palmas, quase caindo no chão.

–Taehyung! Você deveria me ajudar com esse... esse... esse feio! –fez bico olhando para o caipira que estava vermelho de tanto rir– seu idiota, devia me defender!

–não sabe se defender e vai pedir socorro para o seu namoradinho? Ele vai fazer o quê? Me bater com um trigo? –debochou e o moreno já estava rolando no chão, sem fôlego rindo alto– Taehyung, chega!

–pelo menos eu tenho um namorado que me ama –na hora Taehyung parou de rir, olhando seriamente para a loira.

–quando a gente voltou e quando eu disse que te amo? –perguntou sério.

–você vai voltar para mim Taehyung, vai por mim –falou para o caipira, em seguida olhou para Hoseok novamente de cima a baixo– e você, toma cuidado, tem uma garota nova na área, e ela odeia perder –sorriu de lado, saindo dalí em seguida berrando– vem Taehyung!

Hoseok revirou os olhos, estendendo a mão para Taehyung, que prontamente a pegou se levantando e ficando com os corpos praticamente colados.

–de nada por te salvar, seu caipira vagabundo –falou e Taehyung sorriu, o ruivo sentiu uma certa aceleração no coração ao ver aquele sorriso quadriculado tão lindo.

–isso me pareceu ciúmes, cara de égua –riu quando Hoseok resmungou baixinho, provavelmente o xingando– eu vi 'ocê olhando de longe... 'tava bem emputecido, num era? –sorriu de lado.

–eu estava, mas não era por ciúmes, eu já estava de saco cheio vendo vocês quase se beijando –falou, olhando para o lado.

Taehyung apenas riu e ficou olhando fixamente para o Jung, que olhava para o rio onde estavam bem na beira. Percebendo o olhar fixo do Kim em si, olhou para o mesmo quase deixando suas bocas se encostarem.

–que foi idiota? Está olhando o que? –perguntou olhando nos olhos do moreno, quase sussurrando próximo a boca do mesmo.

–é que 'ocê é lindo, cara de égua –tocou no rosto do mesmo com uma das mãos, e como uma garotinha de colegial apaixonada, Hoseok corou sentindo o Kim fazer um carinho na bochecha corada da sua face, aproximando cada vez mais os rostos. Hoseok apenas estava seguindo o fluxo, fechando os olhos faltando poucos centímetros para as bocas por fim se encontrarem.

–Kim Taehyung! –o berro de Kristen o fez voltar a realidade. Empurrando o caipira brutalmente.

–caipira... eu... eu não acredito que tocou na minha cara com essa mão, a mão que você tocou na... argh! Que nojo porra! –limpou o rosto com as mãos, se afastando dalí.

Taehyung passou a língua entre os lábios, olhando para o rio que corria lentamente alí. Riu para si mesmo, negando com a cabeça.

–essa foi quase, Taehyung


Notas Finais


•Dicionário•

–amancebado: amigo, companheiro.

petição para matar a Kristen, alguém?

https://www.spiritfanfiction.com/historia/suas-cores-20543055

https://www.spiritfanfiction.com/historia/minha-familia-20536982

leiam essas ones também (se quiserem)
obrigada por lerem, bebam água é nós ☕


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...