História O caminho de um Rei, a ascensão de um Imperador. - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias One Piece
Tags Ação, Aventura, Frobin, Kidlaw, Lawkid, Logia!luffy, Romance, Zosan
Visualizações 81
Palavras 1.129
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Ecchi, Ficção, Harem, Hentai, Lemon, Luta, Romance e Novela, Saga, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shounen, Slash, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Bem, como dito na sinopse, eu vou deixar vocês escolherem o par romântico de Luffy, vocês podem escolher entre um único companheiro ou um Harem masculino.

Inicialmente seria um Luffy x Shanks, mas como quem manda são os Leitores, eu deixarei a lista de pessoas disponíveis pra serem o par do Luffy, agora, vocês podem escolher um só ou vários:

Shanks
Coby(pós Marineford)
Dracule Mihawk(lembre-se, o Luffy é espadachim)
Smoker
Dalton
Ace
Crocodile
Aokiji(Kuzan)
Rob Lucci
Kizaru(Borsalino)
Boa Hancock(Versão masculina)
Jinbei
Marco(A Fenix)
Akainu(Sakazuki)
Shirahoshi(versão masculina)
Bartolomeo(relacionamento S&M ?) (Isso se eu não o colocar com o Cavendish)
Doflamingo
Sabo
Fujitora(Issho)
Charlotte Katakuri.
Vinsmoke Reiju (versão masculina)

Vocês também podem votar em que membros adicionais podem entrar oficialmente para a Tripulação dos Chapéu de Palha.
Alem de claro, aqueles listados como paqueras, para entrar na tripulação temos:

Vivi
Rebecca
Buggy
Caesar Clown
Momosuke
Kinemon
Silvers Rayleigh
Eustass Kid.
Garp
Sengoku (se as coisas no manga tomarem o rumo que eu acho que vai, pode sim que uma aliança aconteça futuramente)

Outra coisa, o parceiro do Law, eu estou em duvida entre Eustass Kid e Donquixote Rosinate o "corazon".
----------------------------
As votações terminaram assim que eu começar a abordar o arco de Marineford.

Capítulo 2 - Romance Dawn (parte 2)


Fanfic / Fanfiction O caminho de um Rei, a ascensão de um Imperador. - Capítulo 2 - Romance Dawn (parte 2)

(A capa do capitulo é a aparência do Luffy durante todo o pré-timeskip, imaginem que por cima dessa roupa, ele esteja usando uma capa com capuz e tenha duas espadas embainhadas penduradas pelo cinto de luffy, na parte de trás) 

O que poucos sabiam, é que uma renomada caçadora de piratas do novo mundo, que agora estava nos territórios de East Blue, havia acabado por perecer nas mãos de um Vice-Almirante há algumas horas atrás.

Ela estava em busca do paradeiro de um dos antigos membros da tripulação de Gold Roger: Buggy, o Palhaço. Por mais fraco que esse pirata fosse, ele ainda sim deveria possuir varias informações preciosas sobre o falecido rei dos piratas, mesmo que ele tente ocultar seu passado.

Mas o ponto é, ela não esperava ser emboscada pela marinha, muito menos por um Vice Almirante, e mesmo com a Mizu Mizu no Mi, ela não fora capaz de ir contra aquelas potencias, e acabou por vir a óbito. E como todos sabem, quando um usuário de Akuma ono Mi morre, o espirito do fruto sai e vai a procura de uma fruta que corresponda ao modelo da Akuma no Mi.

Foi assim que o Fruto das Águas fora parar entre as frutas de Luffy, mas não é esse o problema, a situação é que a Marinha esta determinada em encontrar aquele fruto em especifico.

Afinal, o poder de controlar as Águas seria bem benéfico para o Governo Mundial, principalmente contra outros usuários.

Mas, saindo dessa longa e entediante explicação, as dores e o mal estar que Luffy estava sentindo estavam diminuindo, ele estava ofegante, com o suor escorrendo por seu corpo, uma de suas mãos estavam aranhando o chão, por sorte, ele logo adormeceu.

Quando Luffy acordar no dia seguinte, ele terá uma surpreendente e agradável surpresa, no fim, a mal e que vem para o bem. 

-------------------------------------------------------------------------

1 Ano depois, em algum lugar do East Blue....

Havia um navio de luxo sendo atacado por piratas, esses eram os piratas de Alvida que estavam a saquear tudo que tinham ao redor, e em meio deles, havia gentil garotinho de grandes óculos redondos, cabelos lilases e atitude tímida e desajeitada.

Enquanto toda ação acontecia e uma misteriosa ruiva roubava os tesouros dos piratas, um pequeno barquinho se aproximara sorrateiramente do local. Havia somente uma pessoa encapuzada nesse barquinho.

"Então esses são os piratas da Alvida..."

Pensou enquanto tirava o capuz, revelando uma cabeleira negra bagunçada,pele morena e olhos belos e escuros. Esse era Monkey D. Luffy, 17 anos,  estava viajando pelo mar por cerca de 1 ano, apesar de estar sozinho, ele já havia adquirido muito conhecimento sobre esses mares. (Vantagem de ser o neto do Heroi da Marinha)

Agora lá estava ele, dentro do barco pirata, ele teria que ser rápido, tudo que faltava era um mapa a região, e ele sabia que aquela mulher tirana o possuía.

Com isso, ele correu rapidamente para o escritório de Alvida e começou a revirar as gavetas e armários, logo o saqueamento terminaria e ela voltaria, e isso seria ruim. 

"Achei, achei um mapa das ilhas de East Blue"

Infelizmente, sua alegria durou pouco, pois logo um sussurro assustado é ouvido logo atrás dele, e lá estava o pequeno Coby, que havia voltado antes dos outros para trazer algumas garrafas de bebida que agora estavam quebradas no chãos, enquanto o garoto tremia de medo ao mesmo tempo que encarava o moreno.

- Q-quem é v-você ?

O moreno apenas soltou um sorriso reconfortante para o menino assutado e se voltou para a mesa, enrolando o mapa e guardando-o em sua mochila.

- Meu nome é Monkey D. Luffy e eu sou o homem que almeja ser o Rei dos Piratas.

- R-rei dos Piratas ? Você é louco ? Oque esta fazendo aqui ? Cade o seu bando ?

Coby perguntava freneticamente ele estava com muito medo de Luffy, mesmo o moreno tendo a aparência de inofensivo, o simples fato dele ser um Pirata já era amedrontador.

- Respondendo suas perguntas: Sim, eu quero ser o Rei dos Piratas, não, eu não sou louco, eu estou aqui para roubar o mapa que contem as Ilhas que pertencem a East Blue e eu estou sozinho não tenho uma tripulação. Agora é minha vez: Qual o seu nome ? O que um garotinho bonito como você esta fazendo em um navio Pirata ?

Claro que Coby  não deixara de corar com aquele elogio, mas logo ele acabou por se recompor, buscando palavras para responder aquelas perguntas.

- Meu nome é Coby, e bem... eu sou que um escravo aqui nesse navio.

- Escravo  ?

- Sim a cerca de dois anos, eu e um pequeno grupo de pescadores entramos em um pequeno barco para pescar nas redondezas, mas o que não sabíamos, era que os piratas da Alvida tinham ancorado o barco deles próximo de onde nós estávamos. No fim, os outros foram lançados ao mar, enquanto os Piratas tomavam posse de nosso barquinho e eu era levado como refém. 

Desde então então eu passei os últimos dois anos tendo que fazer as tarefas domesticas nesse navio, sendo que a cada poucos minutos, a Alvida-sama me pergunta quem é a pirata mais linda do Oceano e-

- E claro, você responde que é ela, hum que covarde você é Coby...se deixar ser intimidado por alguém tão fraco.

- Eu...

Coby abaixa a cabeça com vergonha, apenas para ser gentilmente levantada pelas mãos de Luffy, que agora estava bem próximo a ele.

- Coby, me diga com sinceridade....Qual é o seu maior sonho ?

Isso fez o pequeno parar para pensar por um momento, seu maior sonho sempre foi um só, mas as chances dele se realizarem sempre foram baixas, e agora que ele estava servindo a tripulação da Alvida elas eram completamente nulas.

- Eu sempre quis ser um marinheiro, prender os caras maus, fazer justiça e ajudar os fracos e indefesos. Mas olha para mim sou pequeno, covarde e ainda por cima trabalho em um navio pirata, as chances de que meu sonho se realizem são nulas.

- Nenhum sonho é impossível Coby, basta acreditar e se esforçar para realizado. Se eu derrotar a Alvida você vira comigo ? ai eu lhe levo até a vila mais próxima e eu lhe deixo lá ai você pode encontrar seu caminho. Aceita ?

Pensando um pouco, o "rosado" começou a repassar por sua mente os últimos dois anos, ele havia maltratado, espancado, zombado e outras coisas mais. Aquela era uma chance que ele não poderia largar, mesmo que o garoto que estava ali diante dele for um pirata, e possível futuro inimigo, havia algo no moreno que o atraía, que o fazia querer aceitar o acordo.

- Eu...eu aceito, Luffy- sama. 


Notas Finais


Gostaram do capitulo 2 ? espero que sim, estou tentando mudar one piece, como seria o anime se luffy fosse mais inteligente, badass e menos idiota ?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...