História O caminho de um Rei, a ascensão de um Imperador. - Capítulo 3


Escrita por: e Apocalipsia

Postado
Categorias One Piece
Personagens Boa Hancock, Buggy, Coby, Crocodile, Donquixote Doflamingo, Donquixote Rosinante (Corazón), Dracule Mihawk, Eustass "Captain" Kid, Franky, Jinbei, Kuzan (Aokiji), Monkey D. Dragon, Monkey D. Garp, Monkey D. Luffy, Nami, Nico Robin, Personagens Originais, Portgas D. Ace, Rob Lucci, Roronoa Zoro, Sabo, Sakazuki (Akainu), Sanji, Sengoku, Shanks, Smoker, Tony Tony Chopper, Trafalgar D. Water Law, Usopp
Tags Ação, Aventura, Frobin, Kidlaw, Lawkid, Logia!luffy, Romance, Zosan
Visualizações 72
Palavras 1.099
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Ecchi, Ficção, Harem, Hentai, Lemon, Luta, Romance e Novela, Saga, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shounen, Slash, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Mais um capitulo fresquinho para vocês.

Arcos como Baratie, capitão Kuro, Arlong Park serão resumidas em poucos capitulos.

Arcos Fillers serão pulados.

Capítulo 3 - Romance Dawn (parte final)


O sorriso apenas aumentara ao ouvir as palavras vindas do pequeno, e com isso, Luffy se dirige para fora do escritório da pirata, mas para ao perceber que o mais novo não se movia.

- Você não vem Coby ?

Isso pareceu tirar o garoto de seu transe, já que ele estava praticamente no mundo da lua, desde que vu o enorme sorriso de Luffy.

- Ah..sim, vamos sim Luffy-sama.

- Não precisa usar o "sama", somos amigos certo ?

- Haha sim Luffy-sa...Luffy-san.

Logo os dois caminharam pelos corredores que davam a parte de fora do navio, passando por diversos baus e caixotes vazios no caminho.

'Isso provavelmente foi obra da tão falada "Gata ladra", de quem tanto tenho ouvido falar ultimamente'

Pensou Luffy, ele estava sempre parando nas cidades, seja para comprar suprimento seja pra vender qualquer item ou relíquia que ele achava em suas viagens. Para ele era normal ouvir vários rumores desse tipo: Uma mulher esbelta de belos cabelos ruivos, sorrateira como uma serpente, habilidosa como um gato. Enganava os homens e roubava suas fortunas, esta era Nami, a Gata Ladra.

"Ainda bem que eu ocultei meu barquinho com a Água senão provavelmente essa criatura roubaria minhas coisas."

Logo quando estavam próximos do convés no navio, eles ouviram uma voz grossa, porem feminina gritando.

- VAMOS SEUS IDIOTAS, MAIS RÁPIDO, TODO ESSE TESOURO NÃO PODE ESPERAR PARA SEMPRE AI, TRAGAM-NOS PARA CA.

Só de ouvir essa voz, os pelos de Coby se arrepiaram e ele começou a tremer, mesmo com as palavras ditas por Luffy, o trauma de estar junto a Alvida ainda prevalecia.

- Então essa é a Alvida da Clava de Ferro...Hum, e eu achando que ela era realmente algo a se temer. Patético.

- Luffy-sama, o que o senhor quer dizer ?

Luffy não disse nada, ele apenas caminhou calmamente em direção a onde a pirata estava, detalhe, mesmo estando vestido de tênis e o chão ser de madeira, ele conseguia ser silencioso como um fantasma.

- COBY, CADE VOCÊ SEU PIRRALHO INÚTIL ?

Gritou a mulher, nem ela, nem seus capangas havia notado a presença do moreno, que agora estava bem atrás da tirana portando um sorriso sombrio nos lábios.

- O Coby não a ouvira, seu reinado de terror sobre ele acabou Alvida.

Alvida e seus homens viraram-se para ele espantados, não esperavam que alguém invadisse seu navio,muito menos que essa pessoa conseguisse ser tão sorrateira a ponto de não notarem o mesmo se aproximando.

- Q-QUEM É VOCÊ ? O QUE ESTA FAZENDO EM MEU NAVIO ?

- Meu nome é Monkey D. Luffy, prazer em conhecer-los. Eu estou aqui para levar Coby comigo

Disse gentilmente, no entanto, logo suas feições voltaram a ser sombrias e ameaçadores, ninguém percebera uma estranha agitação nas águas ao redor daquele barco muito menos, que agora haviam varias esferas pequenas de Água flutuando acima deles.

- HÃ ? PORQUE VOCÊ QUER TANTO AQUELE PIRRALHO COVARDE EIN ? ELE NÃO PASSA DE UM ESCRAVO QUE SÓ SERVE PARA SER NOSSA EMPREGADA DOMESTICA E DIZER O QUANTO SOU LINDA.

- Você ? linda ? eu acho que alguém precisa de óculos.

Zombou, as esferas de água que antes tinham um barulho baixo, eram facilmente notáveis agora que seu som estava a ficar mais alto, de acordo com o aumento de tamanho das mesmas.

- A-Alvida-sama, e-eu acho melhor a senhora olhar para cima.

- Hum ? OQUEEEEEE ?

A mulher estava assustada, não tinha nem notado que aquelas esferas estavam flutuando sobre eles, muito menos que alguém seria capaz de realizar tal feito. Isso até sua mente começar a relembrar certas lendas, possibilitando-a de chegar a uma unica conclusão:

- Garoto...Você comeu uma Akuma no Mi, certo ?

- Sim, eu comi duas, a Gomu Gomu no Mi e a Mizu Mizu no Mi.

Com isso, ele esticou seu braço como demonstração do poder do Fruto de Borracha. Ele sabia que contar sobre os dois frutos iria amedronta-los, o que seria uma grande vantagem para ele.

- IMPOSSÍVEL, AS LENDAS DIZEM QUE QUEM COME DUAS AKUMA NO MI TEM UMA MORTE CERTEIRA. Como sobreviveu ?

Luffy apenas fechou os olhos como se lembrasse de algo, a dor que ele sentira aquele dia estava cravada em sua mente. 

- Se eu fosse mais fraco naquele dia, eu provavelmente estaria morto.

Coby que ainda estava oculto dos outros, observava tudo impressionado, ele nunca pensou que um homem teria todo esse tipo de poder. 

- Lufy-sama é incrível, eu tenho sorte de tê-lo conhecido.

Mas voltando ao "olho da tempestade", passado o choque inicial, Alvida agora estava tentando dar uma de durona para cima de Luffy.

- Bom, eu vejo que você tem força. É um caçador de recompensas ?

- Não, eu sou um aspirante a pirata.

- Pirata ? sozinho.

- Bom, eu ainda preciso juntar uma tripulação, no minimo 10 pessoas já me satisfaz.

- Hehe então isso nós faz inimigos, certo ?

- Hum, eu já pretendia derrota-la mesmo.

- O que ?

Antes que Alvida pudesse raciocinar, as esferas de Agua tomaram uma forma pontuda e começaram a cair, como lanças, ferindo a capitã e seus tripulantes.

- Perdemos tempo demais, ora de acabar com isso.

Então ele esticara um de seus braços o mais longe possível, antes de faze-lo voltar com toda força em direção ao estomago da mulher.

- Gomu Gomu no Pistol.

Álvida for arremessada longe com aquele soco, caindo no mar, a alguns metros do navio. Seus subordinados estavam chocados demais para reagir, dando assim chance de Luffy pegar de uma de suas mochilas, um saco de pano que estava dobrado, e enche-lo com o saqueamento dos Piratas. 

A sua sorte, era que o saque não eram em ouro ou tesouros, mas sim, dinheiro, ficaria mais fácil de levar assim.

- Venha Coby, estamos indo embora.

- Hai.

Com isso, o moreno segurara o menor com um braço e pulara dentro de seu barco. O mesmo era pequeno comparado ao navio de alvida, mas ainda sim, cabia confortavelmente um pequeno grupo de pessoas. Haviam alguns barris de comida organizados na parte de trás, perto do mastro com a vela, que ainda não tinha uma Jolly Roger.

Luffy pegou o saco de dinheiro e o colocou dentro de em grande bau que havia na lateral do barco, com isso eles estavam prontos para partir. Seu destino ? ilha mais próxima, mas mal sabiam os dois que lá, eles conheceriam o Homem destinado a ser o Imediato e Vice-Capitão de Luffy, e esse homem é Roronoa Zoro, o Caçador de Recompensas.


Notas Finais


Consultem as notas iniciais do capitulo anterior para mais detalhes da votação que esta em andamento


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...