História O Caminho Mais Longo - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias João Guilherme Ávila, Thomaz Costa
Personagens João Guilherme Ávila, Thomaz Costa
Tags Jomaz
Visualizações 211
Palavras 850
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, LGBT, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Como capítulo inicial, resolvi fazer algo curto, apenas para apresentar o personagem principal, o pontapé inicial da história e um exemplo do que esperar das cenas mais quentes que estão por vir.

Capítulo 1 - Viagem



-Ah, droga!
-O que aconteceu, pai?
-Mais uma viagem à trabalho é o que aconteceu! 

Thomaz já estava acostumado com o vai e vem do trabalho do seu pai, mas parece que o próprio não estava. Aquela devia ser a segunda... Talvez terceira viagem do ano. E isso só no primeiro semestre! Trabalhar em um clube de futebol não era nada fácil, principalmente quando é preciso resolver problemas legais em outros países. Carlos, seu pai, era advogado há um bom tempo, mas Thomaz não conseguia se lembrar de nenhuma vez em que vira o pai feliz com a profissão de escolha. 

-Pelo e-mail da secretária do Sr. Braga, vou passar alguns dias na França. Aparentemente alguns jogadores se envolveram em uma briga em uma boate e acharam melhor que tudo fosse resolvido na Justiça local. 
-E quando vai ser isso?
-Sexta - respondeu - mas vou conseguir me planejar melhor se eu já pegar o voo amanhã. Será que tem como você...
-Já estou nisso!

Apesar de ser inteligente o suficiente para se formar em uma faculdade de Direito, seu pai não era tão inteligente no que dizia respeito à tecnologia, principalmente no que se referia a aplicativos de viagem. 

-Vou precisar ir junto dessa vez? Sabe, com o projeto na escola e tudo mais...
-Ah... Acho que não. É, melhor não. Eu prometi que não ia fazer você viajar mais do que o necessário e sua diretora não iria gostar se eu te tirasse das aulas novamente. Fora que você já é suficientemente grande pra se cuidar sozinho por uns dias. Pelo menos é o que eu acho... Certo?
-É claro!

E não estava mentindo. Apesar da fama de "bagunceiro" na escola, Thomaz não costumava ser irresponsável, principalmente quando se tratava da opinião de seu pai. 

-Tudo bem, então. Vou arrumar minhas coisas e amanhã conversamos melhor antes da escola. Ah, e falando em escola, é melhor você já ir dormir. Vai precisar acordar um pouco mais cedo para resolvermos tudo, beleza?
-Tudo bem. Boa noite. 

Indo da sala ao seu quarto, Thomaz entrou rápido, fechando a porta atrás de si. Foi até o banheiro, escovou os dentes e se deitou na cama para dormir. Como ainda não tinha dado nem 1h e ele não costumava dormir mais cedo que isso, resolveu mexer um pouco no celular. 
Entrando no Twitter, o garoto começou a ver alguns dos pornôs que algumas das pessoas que ele seguia deram RT. Apesar de não ser algo tão recorrente, ele costumava se masturbar algumas vezes por semana. Normalmente era durante o banho da manhã, mas naquela noite a excitação havia despertado um pouco mais cedo que o normal. 

Colocando seu fone de ouvidos para abafar os ruídos, clicou em um dos vídeos e começou a assisti-lo. Já sentindo seu pênis endurecer, colocou a mão dentro de sua samba canção e começou a massageá-lo. Já sem camiseta, pois era costume dormir sem, sentiu o corpo esquentar cada vez mais enquanto sua mão ia da cabeça até a base, fazendo o caminho reverso e repetindo os movimentos. Passou um pouco de cuspe em sua outra mão e, desse modo, começou a massagear suas bolas. Vez ou outra soltava um gemido baixo, cuidando para que o som não saísse alto demais e seu pai acabasse ouvindo. Apesar de jovem, seu pênis endurecido já chegava aos 18cm e, mesmo não sendo tão grosso como gostaria, era dotado de veias em todo o membro, deixando-o ainda mais bonito de se admirar. 

Após alguns minutos, ele largou os vídeos e o celular, usando apenas sua própria mente. Os movimentos com as mãos começaram a se tornar mais intensos. Tirando uma delas de suas bolas, segurou o travesseiro e, com a outra, acelerou ainda mais o movimento. Seu pênis parecia brilhar com a lubrificação que saia dele. Após alguns minutos, ele soltou um gemido um pouco mais alto e gozou. Foram dois jatos longos quentes e alguns curtos, cobrindo boa parte do abdômen e dos pelos pubianos que se encontravam aos montes em seu corpo. Mesmo depois de gozar, continuou com o vai e vem em seu pênis, parando apenas quando sentiu atingir o limite. Passando sua mão por sua ejaculação, pegou um pouco da porra e colocou em sua boca. Apesar de parecer estranho, ele gostava de tomar aquilo e, levando em conta que era dele, não havia nada de errado nesse ato. O gosto não era nem tão doce, nem tão salgado, mas a temperatura elevada deixava tudo mais gostoso ainda. Deixando um pouco no abdômen, se levantou e foi ao banheiro para mijar, como é saudável fazer depois de uma ejaculação. 

Voltando para sua cama, se deitou sem limpar o que havia sobrado, pois gostava de deixar secar sozinho. Era raro se masturbar naquele horário, mas quando o fazia, fazia pra valer. Colocou a mão sobre o abdômen sujo e, assim, adormeceu. 

Se alguém entrasse no quarto naquele momento, veria o grande sorriso estampado em seu rosto e entenderia tudo. Ele não conseguia esconder o quanto amava aquele líquido branco e gosmento que saia de seu próprio corpo.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...