1. Spirit Fanfics >
  2. O camponês (Bakudeku-Katsudeku-ABO) >
  3. Compreendendo

História O camponês (Bakudeku-Katsudeku-ABO) - Capítulo 6


Escrita por: AikoUzumaki02

Notas do Autor


Foi mal pela demora 😕

Mas aqui está 😉💕

Como sempre...

⚠️ Não revisado ⚠️

Boa leitura 📖

Capítulo 6 - Compreendendo


Fanfic / Fanfiction O camponês (Bakudeku-Katsudeku-ABO) - Capítulo 6 - Compreendendo

°Dia seguinte •°


Izuku estava no jardim do castelo, o mesmo se encontrava sentado na grama olhando para suas mãos, o ômega ainda tinha certo medo dos poderes e agora se lembrava de como perdeu sua mãe, mas seu pai...ainda era uma morte desconhecida que, possivelmente, nunca lembrará. Feromônios de caramelo com chocolate amargo invadiu as narinas de Izuku, o pequeno ômega se virou para trás vendo Mitsuki o olhando, sem perceber Izuku soltou seus feromônios de medo pelo que poderia acontecer...

Mitsuki: Por favor fique calmo. - Pediu e Izuku assente - Eu...conversei com o Katsuki e Denki, eles me falaram um pouco sobre você. - Contou e Izuku não disse nada - Posso me sentar ao seu lado? - Perguntou em dúvida

Izuku: Ah, claro. - Permitiu e Mitsuki se sentou

Mitsuki: Seu nome é Izuku Midoriya, certo? - Perguntou em dúvida e Izuku assente - Sei que fui muito grossa com você, eu fui criada para desprezar quem não fosse da realeza. - Explicou - Mas...vou te dar uma chance, quero saber tudo sobre você, pode me contar? - Perguntou e Izuku assente

Izuku: Bem...eu sou um ômega, tenho 18 anos e recentemente eu descobri que tenho poderes. - Disse e Mitsuki concordou

Mitsuki: Katsuki me falou sobre isso, ele suspeita do Shigaraki e sinceramente, eu também suspeito. - Olhou para Izuku, agora que vocês vão se casar e você é da realeza você precisa de total segurança, então peço para que não saia do castelo e que não fique perto dos murros, por segurança, está bem? - Perguntou e Izuku assente - Ótimo, venha comigo - Se levantou - Quero dar minha decisão.

Izuku apenas se levantou e começou a seguir Mitsuki pelo castelo, até chegarem na sala do trono, onde estava Katsuki discutindo com Uraraka...

Uraraka: Qual é Katsuki, por favor, eu vou uma ômega da realeza. Até sua mãe concorda comi... - Foi interrompida

Mitsuki: Não mais. - Falou parando ao lado de Katsuki - Eu conversei com Izuku e tomei minha decisão. - Disse e todos olharam para a mais velha - Eu permito que você se case com Izuku! - Falou para Katsuki, que concorda

Uraraka: O QUE? - Gritou - Isso é traição ao meu reino, você não pode fazer isso! - Gritou com Mitsuki

Mitsuki: Posso, como já fiz. Agora se está insatisfeita com a MINHA decisão, saia do castelo e não volte mais. - Disse e Uraraka bateu o pé no chão irritada, então a mesma se virou para Izuku e foi até ele

Uraraka: Fique esperto, camponês! - Alertou e Izuku deu dois passos para trás

Katsuki: Espere um pouco, você está ameaçando meu ômega? - Pergunta se colocando na frente da Izuku - Eu posso muito bem levar isso como ameaça a vida da futura rainha e traição, mesmo sendo uma princesa eu posso prende-la. - Disse e Uraraka se afastou

Uraraka: Já estou de saída! - Disse saindo da sala do trono, assim deixando o clima tenso mais calmo

Katsuki suspirou aliviado pela saída de Uraraka, o alfa de virou para Izuku vendo que o mesmo tinha uma expressão assustada...

Katsuki: Tudo bem? - Perguntou tocando no ombro direito de Izuku

Izuku: Ah, s-sim...foi só...repentino! - Explicou e Katsuki concordou

Mitsuki: Vou ir atrás dela e garantir que ela vá embora. - Disse saindo da sala do trono

Katsuki: Agora que minha mãe permitiu nosso casamento, o que acha de darmos uma volta? - Perguntou em dúvida

Izuku: Ah, claro! Tem um lugar no jardim que eu gostaria de ir, mas está sempre fechado. - Explicou, então Katsuki concordou

Katsuki: Sei qual é, vem vou te levar até lá! - Disse estendendo a mão para Izuku que a pegou, assim Katsuki guiou Izuku até o lugar

___


Após Katsuki abrir a porta, Izuku entrou surpreso, era bem mais bonito por dentro do que pela janela. O pequeno ômega pulou os dois pequenos "rios" de água e se sentou no sofá, enquanto Katsuki fazia o mesmo...


Izuku: Aqui é muito bonito e tranquilo. - Falou enquanto olhava para as diversas flores que havia no local


Katsuki: Quando eu era pequeno eu vinha para cá quando estava triste ou irritado. - Começou - Esse era o lugar preferido do meu pai, ele sempre estava aqui quando estava sobrecarregado dos afazeres do reino - Contou e Izuku assente


Izuku: Eu não lembro muito do meu pai, ele não era muito presente, mas quando estava em casa, ele sempre ficava comigo e minha mãe. - Contou enquanto tirava os sapatos e Katsuki fazia o mesmo


Ambos colocaram os pés em cima do sofá, Katsuki olhou para Izuku enquanto o menor segurava a capa do mesmo e puxou para cima tampando o rosto do mesmo...


Izuku: Hahahahah foi mal, mas você estava me olhando de mais. - Disse enquanto gargalhava e Katsuki levantava a capa um pouco


Izuku parou de rir quando percebeu que Katsuki estava se aproximando de si, o menor ficou parado quando o nariz de Katsuki tocou o seu, os olhos vermelhos se encontraram com os verdes, então os lábios se encontraram. Izuku demorou para corresponder o beijo, mas correspondeu, Katsuki empurrou Izuku para se deitar no sofá, assim ficando por cima do mesmo e assim continuaram por um bom tempo.


___


As portas da sala do trono se abriram, o lugar era meio assustador. Uraraka foi até em frente ao trono, se ajoelhando para a pessoa sentada nele...


Uraraka: Rei Shigaraki, tenho notícias boas. - Disse enquanto se levantava


Shigaraki: Diga, espero que seja algo útil! - Disse e Uraraka sorriu


Uraraka: Eu achei o garoto! - Contou e Shigaraki se levantou as pressas


Shigaraki: Onde? - Perguntou


Uraraka: Ele é o ômega do rei Katsuki Bakugo, amanhã terá uma festa para apresentar ele aos nobre, então seria uma boa você ir! - Contou e Shigaraki riu


Shigaraki: Perfeito, muito bem Uraraka. - Disse e a mesma riu - Irei fazer você a ômega de Katsuki, se me ajudar a pegar o garoto. - Estendeu a mão para Uraraka - Estamos de acordo? - Perguntou em dúvida


Uraraka: Sim! Estamos! - Disse apertando a mão de Shigaraki


___


Izuku e Katsuki estavam sentados no sofá, enquanto conversavam animadamente.


Izuku: É sério? - Perguntou sem acreditar no que fora contado


Katsuki: É! Você é o primeiro ômega que eu beijo. - Falou e Izuku assente - Ah, eu esqueci de te avisar. Amanhã terá uma festa aqui no castelo, para conhecerem você! - Disse e Izuku assente meio nervoso


Izuku: C-Certo! Bem...eu realmente tenho vergonha de ficar com tantas pessoas, mas vou tentar dar meu melhor! - Explicou e Katsuki concorda


Katsuki: Tudo bem, sei que vai dar tudo certo! - Segurou a mão de Izuku - Obrigado por estar comigo, mesmo que eu tenha te forçado a se casar comigo


Izuku: Katsuki! - Segurou a mão do mesmo também - Eu aceitei isso, então não sinta como se você tivesse me forçado a me casar com você. Você está livre da Uraraka agora e eu poderia pegar minhas coisas e sair daqui, fingindo que havíamos brigado, mas não vou fazer isso. - Disse e Katsuki sorriu de leve - Estamos nos unindo para sempre e sei que se a gente começar a conversar e se conhecer melhor, isso pode dar certo, né?


Katsuki: Sim, pode dar certo! - Falou, enquanto levantava a mão de Izuku e beija a mesma - Obrigado.


Izuku: Não precisa me agradecer, Kacchan! - Disse assim abraçando o maior que retribuiu.


Notas Finais


Até a próxima 🤗


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...