História O Canudinho do Toddynho ( Imagine Jungkook ) - Capítulo 2


Escrita por: e butterfly_-

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Visualizações 75
Palavras 1.230
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Drabble, Ecchi, Ficção Adolescente, Fluffy, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiiiis! Trouxe enfim o bônus pra vocês.
É isso, obrigada.
Em breve vocês poderão ver esse casal na próxima shortfic da Série BTS Colegial: Grávida do meu Melhor Amigo (Imagine Jin).
Boa leitura e perdão pelos erros.

Capítulo 2 - Bônus Especial - Jantar ou assalto?


Fanfic / Fanfiction O Canudinho do Toddynho ( Imagine Jungkook ) - Capítulo 2 - Bônus Especial - Jantar ou assalto?

S/N On

Felizmente já havia terminado de dar uma geral em casa. Joguei-me no sofá exausta, eu realmente estava cansada. Tudo isso culpa do Jungkook. Por que? Bom, ele ia vir essa noite conhecer minha mãe e irmã mais velha e eu fui designada a cuidar da limpeza da casa. É... Eu e Jungkook estávamos oficialmente juntos iria fazer dois meses e ele queria porque queria conhecer minha família. Mentira! Fui eu que insisti mesmo. 

Jungkook era desligado com essas coisas. Só fui saber que estavamos namorando quando um garoto veio dar em cima de mim na panificadora esses dias e o Jeon quase o socou de ciúmes. 

Ainda não tinha conhecido seus pais, mas Jungkook disse que eu não estava perdendo nada. Eu não liguei muito... Mentira! Liguei sim. Jisoo me disse que ninguém conhecia os pais dele, saiu ate umas conversas que eles eram um dos maiores traficantes do estado. Eu conversei com Jungkook mas ele negou tudo. Eu boba, acreditei, claro.

Só espero seriamente que minha mãe não surte ao descobrir que eu namoro Jeon Jungkook, um dos garotos mais problemas do bairro. 

Mas o legal é que ele e Taehyung realmente estao melhorando. Por conta do nosso namoro, Jungkook até se aproximou de Jimin e Jin. Ele tirou 7 na avaliação de matemática, o que já é um grande avanço.

Falando no gostosão do canudão, ele tinha acabado de me mandar uma mensagem.


" Hey, gatinha! Ta preparando o rango pra essa noite? Capricha ai porque já to brocado aqui. " 


                         " Oi Amorzinho! Acabei de arrumar a casa. Agora vou descansar um pouquinho. Mas tenho certeza que mamãe vai fazer uma comida beeem gostosa pra você. "


" Que bom! E é bom você aprender a cozinhar. Nao quero morar com mulher que não sabe fazer comida pra mim não. Flw? "

     

                         " Claro né bb"


" Vou ralar agora, fazer meus corre. Vlw, flw. Beijo na peteca. "

    

                           " bjo no canudão. "


Deixa minha mãe ler isso que ela me mata. Meu Deus! Mas que canudao... AiAi. Mais apaixonada do que eu impossível!


...


Enfim havia chegado a hora. Eu havia me produzido toda pro meu Amorzinho. Coloquei uma regatinha de seda da cor pêssego, uma saia curta plissada preta e uma sapatilha bege. Passei rímel, gloss nos labios e deixei o cabelo solto. Não posso esquecer do perfume pra ficar cheirosinha pro Amorzinho.

- S/NIEEEEEEEE! - Minha irmã, Lauren, gritava da sala.

Ai, que saco!

- Que é? - sai do quarto gritando e cheguei na sala a encontrando deitada lá mexendo no cel.

- Estao batendo na porta, abre lá. - disse. Ai que folgada!

Só fui abrir porque sabia que era meu Amorzinho.

Sai saltitante em direção a porta. A abri e me deparei com aquele sedução moreno. Só meu! Até que enfim, so meu! 

- Oi, paixão. - ele disse arrastado e me deu um selinho demorado. Arrancou meu folego! E que cheiro! Uau! Ele estava muito cheiroso!

- Oi, Amorzinho. - falei tonta depois do beijo. - Entra. - dei espaço e ele entrou. Eu ia fechar a porta até que Yoongi me impede. 

- Yoongi? - perguntei surpresa e com um pouco de medo. Afinal era o Min Suga ali. O cara também era das pesada. Foi ele que desencaminhou o Jungkook. AiAi.

- Suga, babe. - ele disse e piscou.

- Ah, eu trouxe o hyung. Espero que não se importe. - JK disse e entrou com Yoongi do lado.

Ai meu Deus! Minha mãe vai pensar que vieram assaltar aqui em casa, só pode. Ela vai me matar.

Falando nela...

- S/N o qu... - ela parou no meio da sala arregalando os olhos ao ver Jungkook e Suga ali.

- Ah meu Deus! Toma! - Lauren levantou do sofá e entregou seu celular pro Yoongi com medo.

Bati a mão na minha testa. Provavelmente ela pensou que era um assalto. Droga!

- Nunca ganhei um celular assim tao fácil. Legal... - ele sorriu mostrando as gengivas. Até parecia, só parecia. - Maaas, vou deixar com você. Não antes de salvar meu contato pra voce me enviar aqueles nudes top. - Suga piscou e anotou seu numero no celular de Lauren e a entregou. A garota tremula pegou o celular de volta e correu pra cozinha.

- Aaah... Eeer.. Mae, esse é o Jungkook, meu namorado. - fiquei do lado do meu Amorzinho e ele me abraçou pela cintura. - Jeon, essa é minha mãe S/M. - falei e vi minha mãe olhar Jungkook receosa mas logo estender a mão o cumprimentando.

- Um prazer te conhecer. - ela falou incerta.

Jungkook sorriu abertamente.

- Trouxe pra senhora. - ele a entregou um embrulho todo bonitinho com direito a lacinho.

Awn que fofo. Minha mãe pegou e sorriu agradecendo em seguida. Ela abriu revelando uma caixinha. A abriu e viu um colar com um pingente de coração. E era de ouro.

- Foi.. Você que comprou? - mamae perguntou sorrindo amarelo.

- Sim, foi. Não gostou? - Jungkook perguntou incerto.

Mamae sorriu mais animada.

- Não, eu amei! Sério. É lindo. Obrigada, Jungkook. - 

E então ela nos direcionou pra cozinha. Suga e Jungkook sentaram a mesa. Lauren estava sentada de frente a Suga ainda receosa. AiAi.

Antes que eu pudesse me sentar de frente a Jungkook mamãe me puxou num canto.

- Depois vamos conversar mocinha. Ainda não aceito 100% sua relação com o malinha do Jeon Jungkook. - ela disse um pouco nervosa.

Eu dei de ombros com o coração na boca e sentei ao lado do meu namorado.

Mamae se sentou na ponta e começamos a nos servir enquanto a mais velha fazia inumeras perguntas ao meu namorado. Ele respondia todas com prazer. Estava até tudo tranquilo. Tranquilo demais... Ate eu sentir a mão de Jungkook em minha coxa por debaixo da mesa.

Dei de ombros e voltei a comer mas quase engasguei ao sentir sua mão subindo em direção a minha intimidade. O que ele pensava que estava fazendo?

- Fica quietinha. - sussurrou em meu ouvido.

Agora mamae estava entretida investigando a vida de Yoongi que não dava muita trela pra ela.

A mão de Jungkook chegou em minha intimidade. Ele colocou minha calcinha pro lado e começou a fazer movimentos circulares em meu clitores. Droga, Jungkook! Aquilo estava me dando um prazer danado e eu nem ao menos podia gemer ali.

Ele introduziu dois dedos em mim e começou a me penetrar com rapidez.

Mordi meu lábio inferior e contive um gemido. Tomei um gole do suco de uva e apertei as pernas uma na outra sentindo mais ainda se possível seus dedos dentro de mim. Minha intimidade lateja ansiando por mais contato de seus dedos. Minha pulsação cardiaca acelerava a cada segundo.

- Eu quero toddynho. - o garoto disse manhoso em meu ouvido.

- Mas não tem canudinho. - murmurei contendo os gemidos segurando o garfo com força.

- Não seja por isso. - ele disse e tirou seus dedos de dentro de mim.

O garoto se recompôs e sorriu fofo pra minha mãe.

- Acho que preciso ir ao banheiro. - falou ele.

Ela sorriu e me olhou.

- Leva ele no banheiro, S/N. - disse e voltou a atencao pra Yoongi que quase comia Lauren com os olhos.

Jungkook se levantou e me puxou com ele.

Subimos os degraus da escada e eu rapidamente abri a porta do banheiro. Entramos e eu tranquei a porta.

Jungkook me puxou pela cintura e colou meu corpo ao seu fazendo com que eu sentisse sua ereção.

- Senti só seu canudão. - disse e eu ri animada.

Ai como eu o amo!!

S/N off


Notas Finais


No meu jornal tem a programação das atualizacoes de minhas fanfics, incluindo as shortfics da série. Não se esqueçam de ir lá conferir ;)
Em breve: GRÁVIDA DO MEU MELHOR AMIGO (IMAGINE JIN)
Bjs da Lay e obrigada por tudo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...