História O Cão de Suna - Capítulo 9


Escrita por:


Capítulo 9 - Capítulo 9 - ARCOS DOS EXAMES CHUNNIN: O Exame Começa


    O dia estava amanhecendo e acordei com o barulho metálico sendo estrondoso, Temari, não tinha dúvidas, amo dormir com ela, agora ser acostumada com a rotina de manhã dela. É para poucos. Acordei, me levantei, alonguei e dei um longo e demorado bocejo.

 

-Que bom que acordou.- ouço ela fala e me dar um cafuné.- Hoje vai ser um longo dia...

 

    Me sacudi.

 

-Está pronta para o Exame Chunnin, Daisuke?!

 

"Era isso, o Exame Chunnin. Vamos temos que acorda os outros."saio do restante das cobertas e vou em rumo a porta que estava sendo aberta. Percebo que Gaara já estava de pé, e pronto.

 

-Espero que esteja pronta?- Gaara disse, enquanto eu me aproximava.

 

"Mas estou preparada."

 

---------------------------------

 

    Quando chegamos na tal academia, o que fiz na hora foi pular no colo de Kankurö ou Gaara mas eles tem que ter esta pose de que não quer amigos.

    Fomos algumas das primeiras pessoas aqui. Passamos por Izumo e Kotetsu, ignorando-os. Entramos na sala, sentamos ao lado de uma parede. Aproveitei para cheirar novas coisas, quem sabe não encontraria alguma comida, nem tomamos café da manhã.

    Os exames começaram e eu vaguei enquanto Gaara e os irmãos respondiam algumas perguntas. Parei perto de Kiba e Akamaru enquanto andava, desejando-lhes sorte. Parei perto de algum garoto. Saí de baixo da mesa e vi que ele usava um poder ocular, seus olhos eram bem claros. Eu continuei olhando para ele e o vi olhando para mim. Parece que ele me notou depois de alguns segundos. Eu sorri e assenti.

 

"Ei! Eu sou a Daisuke. Espero que possamos ser amigos. Qual o seu nome?" lati, esperando que ele me entendesse e desse a resposta.

 

    Ele já havia terminado o teste e aguardava mais alguma pergunta.- Você é uma cachorrinha estranha. Esse ninja da areia é seu dono. Ele tem um chakra perigoso. Seu destino está cheio de sofrimento e dor.

 

    Me encolhi e retrai as orelhas que era semi-eretas para baixo, minha cauda que era enrolada ficou entre as pernas. "Como assim? O que você quis dizer? Gaara não é mal, você não o conhece para falar dele deste jeito." lati zangada e lhe dei um olhar desagradavél. Saí correndo em direção perto da porta onde estava Kankurö. "Já não gostei dele, quem ele pensa que é. Rude demais e até parece acreditar que conhece o destino de todos. Palhaço." resmungo, me ajeitando no colo dele até adormecer.

    Eu acordei quano aquele tal de Naruto, bateu as mãos na mesa e fez um discurso que é no meu ponto de vista, um tanto dramático sobre ser Hokage. Eu bocejei, me alongando, e decidi acordar, vendo que não teria jeito mais de dormir.

 

Pov de Sasuke

 

    Isso é óbvio. O objetivo disso é trapacear. Enquanto esse idiota do Naruto conseguir responder uma pergunta corretamente, ficaremos bem. Mas, conhecendo ele, ele não vai  se dar bem...

    Meu diálogo interno foi interrompido quando... Aquele estranho cachorro de Gaara estava andando de um lado para o outro. Ele por ser um cachorro é muito estranho. O que ela tava fazendo encarando Neji? Vi ela indo para algum lugar, mas não sei exatamente o local. Lembrei-me do que Kabuto havia dito sobre ela.

 

-Gaara já esteve em uma missão de Rank-A e voltou sem nenhum arranhão.

 

-E a cadela de estimação dele?-Kiba perguntou. Típico de Inuzuka, perguntando sobre o cachorro.

 

-Na verdade, ninguém sabe muito sobre ela. A única coisa que tenho é está: O nome dela é Daisuke e ela é completamente dedicada a eles, não só a Gaara mas aos outros dois também.

 

-Nem mesmo a outra equipe da vila da areia sabem. Eles geralmente são rápidos em derramar informações sobre seus inimigos, mas têm muito medo de Gaara para dizer qualquer coisa. Eles tem até medo do cachorro dele, mas parece ser apenas porque ela pertence a ele. Gaara. Eu a conheci, e ela parece amigável o suficiente para mim.

 

    Depois disso, eles pararam de falar sobre Gaara e seguiram em frente. Kabuto poderia estar errado, talvez. Os moradores da areia também podiam ter medo do cachorro. Talvez, ela parecia ter algum tipo de habilidade. Eu sorri enquanto continuava preenchendo as respostas dos testes. Isso acaba de ficar muito mais interessante.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...