1. Spirit Fanfics >
  2. O caos que você causa em mim >
  3. Um canto teu, uma visita minha

História O caos que você causa em mim - Capítulo 1



Notas do Autor


éricazita 🍉 eu realmente tinha zero ideias sobre o que escrever com essa capa, mas felizmente tinha a andy junto no documento para criarmos um plot gostosinho de ler ♡

andy 🍉 hey! Outro feat nosso, dessa vez com uma capa linda que a Natália fez >>>>tudo <<<< fiquem com esse feat precioso ♡

capa por: @trancyz 📌

Capítulo 1 - Um canto teu, uma visita minha


Seungwan sempre viu no canto a maneira mais sutil de demonstrar aquilo que a feria por dentro. Ali, entre prosas de uma melodia qualquer, ela conseguia ser fiel a si mesma. 

Entretanto, há uma linha tão delicada quanto sua voz, tão transparente que a impede de cantar livremente. 

Como uma maldição de família, quando Seungwan canta ela se torna capaz de conectar dois mundo, estes a Terra e o que dizem ser o Limbo, e foi em uma destas cantorias em que ela conheceu Sooyoung, uma garota de cabelos pretos compridos e uma franja estilosa. A Seung não se assustava mais com esse tipo de coisa, fora desta maneira desde que se conhece por gente. 

Joy — como pediu para ser chamada — era uma mulher de vinte e cinco anos que foi morta no século dezoito por trabalhar com moldagem de barro. Seu trabalho era muito conhecido na Ásia toda, principalmente por ter um talento enorme sendo uma mulher. Obviamente muitos homens com empregos, cargos e salários inferiores se revoltaram e começaram com boatos de que a mulher era uma bruxa. Foi ateado fogo em sua humilde casa para descobrirem se, de fato, ela era uma bruxa. Acabou morrendo por falta de ar e pura injustiça.

A “intrusa” andou pelo quarto decorado de Seung, sorrindo fraco quando sua mão tocou nas roupas macias da outra. Era diferente, era bonito, era luxuoso. As flores sob o armário do lado da cama de Wan eram vivas, eram lindas e vibrantes.

Os desenhos de traço sutil enfeitando as paredes, cada mísero detalhe do quarto deixava Joy intrigada com aquela humana tão doce. 

Diferente de si, que semeava o caos por onde passava, Seungwan levava uma vida humilde, desprovida de grandes mudanças na rotina se não os fantasmas que a visitavam quando cantava.

Ali, naquele quarto pequeno, Sooyoung sentia paz. Sentia-se viva, como nunca sentiu antes. 

— Cante outra vez — sibilou animada. Ela queria sentir o sentimento de alívio percorrendo seu corpo outra vez. Queria ser ela mesma longe do julgamento cruel daqueles que selaram seu destino ao fim. — Por favor. 

"Durante muito tempo minha alma percorreu pela vastidão terrestre, sem que eu pudesse descansar. Eu tive um final cruel. Caótico."

Seung apenas concordou com a cabeça, voltando com a melodia calma e romântica.

Quando a música acabara, Joy sorriu em gratidão, tendo o corpo inteiro iluminado.

— Esse é o caso que você causa em mim — sussurrou para a outra garota, agradecendo mais uma vez com um sorriso simpático.

O canto de Seungwan fez com que Sooyoung ganhasse a paz que procurara durante sua morte inteira.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...