História O casamento arranjado. - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Visualizações 365
Palavras 902
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Ficção, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Opaa kilida turubom?
Trouxe mais um capítulo da fanfic do Yoongi (suga), espero que gostem🙆💕

Capítulo 2 - Faltam apenas duas semanas.


Fanfic / Fanfiction O casamento arranjado. - Capítulo 2 - Faltam apenas duas semanas.

QUEBRA DE TEMPO P

YOONGI ON: Levei a S/n pra minha casa, durante o caminho ela não disse nada, tentei puxar algum assunto mas ela só me deixava no vácuo. Cheguei em casa e quando encostei o carro ela saiu e foi entrando em casa! YOONGI OFF.
          S/n: deixa eu ir embora!
          Y: vc não pode.
          S/n: claro que eu poço.

 Y: S/n entenda, vc agora é minha noiva

 S/n: eu não quero me casar Yoongi, não com alguém que está "noivo" e leva uma menina pra cama. Eu não quero me casar com você.

  Y: eu errei em levar uma menina pra cama estando "noivo", me desculpe, mas a escola toda me conhece por levar todas pra cama, a minha vida sempre foi assim, e agora estou "noivo". Um dia vc vai saber o porquê disso tudo.

            S/n: por que não me conta agora?
            Y: ...
            S/n: por favor Yoongi.
     Y: S/n, vc não foi vendida, meu pai ameaçou o seu de matar vc e ele, caso ele não pagasse umas dívidas. E pra não acontecer nada com vc ele teve que entregar vc para mim o bem mais precioso, poupando sua morte.
         S/n: e por que pra você? - quando escutei aquilo meu corpo paralisou e eu só sabia chorar.
       Y: porque sou o filho do homem que vai matar você e seu pai caso ele não pague essa divida, e você estando casada comigo meu pai não poderá fazer nada. Eu não queria casar com alguém sem ama-la ou um casamento forçado. Não queria me casar agora eu tenho só 18 anos e vc é um bebê ainda. - não tenho coragem de dizer que quando ah vi me apaixonei.
          S/n: Yoongi eu tenho 17 anos.
          Y: é um bebê.
          S/n: por que não me contaram?
       Y: não queríamos que se preocupasse, seu pai me fez prometer que cuidaria de você e que não a tocasse sem sua permissão.
          S/n: - eu o abraço e começo a chorar, ele custou ceder mas em alguns segundos ele retribuiu.
          Y: eu não vou fazer nada que não queira.
         S/n: ... - fiquei abraçada com ele, não sei mas aquele medo que eu senti foi sumindo. Adormeci no colo dele.
         Y: - ela me abraçou, nunca tinha recebido um abraço daqueles, seu perfume fazia com que eu quisese ficar ali com ela, seu abraço era aconchegante a mesma acabou dormindo a levei pro seu quarto coloquei ela na cama e cobri com o lençol pois estava muito frio. Fiquei ali sentado em uma poltrona, ela estava bem mas fiquei com medo de que sua febre voltasse.


DIA SEGUINTE


           Y:ei, acorda... Eu tenho uma coisa pra te falar.
     S/n: o que aconteceu? - levantei me sentando na cama coçando os olhos.
           Y: nos casaremos daqui duas semanas.
         S/n: o que? - digo com uma expressão de preocupada.
            Y: tudo bem?
            S/n: Yoongi eu não quero me casar.
         Y: S/n você pode morrer se não fizer isso.
        S/n: meu pai com certeza pagou essa dívida.
           Y: não S/n, ele não pagou. Ele não está conseguindo.
            S/n: o que quer dizer?
           Y: quero dizer que se ele não conseguir pagar no prazo vc irá morrer, e pra isso não acontecer precisamos estar casados, precisamos fingir que nos amamos ou ele vai perceber que é tudo mentira.
            S/n: Yoongi eu não te amo.
          Y: ... - fiquei calado por alguns instantes.
            S/n: Yoongi? Tá tudo bem?
         Y: t-ta sim.. pfv vc precisa pelo menos fingir.
         S/n: tudo bem, eu vou fingir essa farsa para poupar meu pai
            Y: pfv! Ele vem jantar hj aqui.
          S/n: tudo bem. - fiquei sentada na cama e Yoongi na ponta, ainda me olhando. Ele simplesmente da um leve sorriso de canto e saí, fui tomar um banho gelado, me arrumei e desci. Encontrei Yoongi fazendo o café da manhã, não sabia que ele cozinhava e pelo cheiro parecia bom, ele se vira e me encontra sentada no balcão.
       Y: ah oi... Eu estou fazendo seu café da manhã.
        S/n: -desci do balcão e fiquei observando a sua agilidade com os omeletes, e as panquecas.
         Y: o-oque foi? - ele me olha e sorrir bobo.
         S/n: não sabia que vc cozinhava.
        Y: ah... Eu apenas me arrisco na cozinha, tenho um amigo que também cozinha e pode crê é muito bom.
      S/n: hmm deve ta muito bom. - cheguei mais perto pra sentir o cheiro da panqueca.

Y: prova e ver se estar bom. - ele direcionou a colher a minha boca - E aí ?
          S/n: não tá bom...
          Y: sério?
      S/n: ta incrível. Como aprendeu a fazer panquecas tão bem?
          Y: são algumas receitas da minha mãe.
         S/n: e... onde ela...
          Y: ela morreu.
         S/n: d-desculpa eu...

Y: tudo bem... então quer mais um pouco?
    S/n: por favor!!! - sorri e novamente saboreei a panqueca, e acabei sujando o canto da minha boca.
          Y: - Comecei a rir pois ela sujou o canto de sua boca, confesso que ela estava me arrancando várias risadas e era bom, cada risada sua, fazia com que ela ficasse cada vez mais linda.
            S/n: ta rindo do quê? - olhei para ele e o mesmo estava vermelhinho (o menino de branco passou pra vermelho mds)
            Y: calma... - limpei o canto de sua boca com o polegar e coloquei na boca.
          S/n: - senti sua mão no meu rosto, que logo lambeu o polegar me fazendo corar.


Notas Finais


Ficou um pouco embaraçado, mas prometo que vou melhorar.🙇


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...