1. Spirit Fanfics >
  2. O Casamento da Garota de Programa com a Virgem >
  3. Capítulo Único

História O Casamento da Garota de Programa com a Virgem - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


eu quis postar essa foto aqui no site mas pra postar a foto eu também ia ter que postar uma estória. Então tive que inventar essa estória.

Capítulo 1 - Capítulo Único



11 da noite. Aline caminhava numa rua escura voltando da seita quando viu a Karen completamente pelada sentada na calçada.
_Você é louca? Os guardiões da moral todas as noites matam quem está pecando nas ruas e nas festas.
_Eu já estou morta. O vício já me matou.  Por isso meu apelido é Zumbeauty. E você, filha da puta, gosta desses assassinos.
_Eu não concordo com eles. Mas se eu não frequentar a seita fanática meu pai me coloca no hospício da seita. E eu vou passar o resto da vida aprisionada. Os guardiões da moral já mataram 100 mil pessoas e lá nos hospícios da seita tem 80 mil filhos rebeldes escravizados. E se algum jornalista disser isso, a ditadura tortura o jornalista, depois  matam e joga o cadáver no esgoto.
_Aline, você sabe que talvez eu seja tua irmã. O teu pai, esse grande defensor da moral, estuprava minha mãe.
Um bêbado chegou ali com a camisa molhada de cachaça e a Zumbeauty disse:
_Bebeu tanto que a mão tremeu e derramou cachaça na camisa? Cuidado que cu de bêbado não tem dono.
_E cu de puta também não.
_Meu cu não tem dono mas tem preço.
O bêbado pagou e introduziu seu pepino no orifício anal dela. E 5 minutos depois a Aline riu e disse:
_Brocha, esqueceu de tomar viagra? Ou nem o viagra resolve teu problema?
Um guardião da moral chegou e matou o bêbado. E atrás de umas pedras a Zumbeauty havia escondido seu revólver. Ela matou o guardião. 
_Esse guardião é um cara importante, amigo de um senador. Vou ter que fugir pra outro estado.
Zumbeauty foi caminhando pelada até a rodoviária e a Aline decidiu ir com ela e abandonar sua família e seus amigos da seita fanática.
Na rodoviária a Zumbeauty colocou uma mini saia e um sutiã e entraram num ônibus pra Bahia. Chegando lá alugaram uma casa. Durante a tarde a Zumbeauty ia pra praia vender seu corpo e a Aline procurava emprego. A Aline chorava muito e tratava mal a Zumbeauty. Então a prostituta segurou o pescoço da Aline com as duas mãos e gritou:
_Eu te amo tanto e você me trata desse jeito! É porque eu sou puta?
Aline disse chorando:
_Não. Mas eu não quero que você seja de todo mundo.
Zumbeauty percebeu que a Aline estava apaixonada por ela e aquela agressividade era por causa do ciúme. E a Zumbeauty também estava apaixonada. Cada vez que se masturbava, pensava na Aline.
A prostituta resolveu a situação de um jeito heterodoxo. Colocou no refrigerante da Aline um absinto de alto teor alcoólico.
Aline bebeu e depois viu umas luzes verdes e, quando a Zumbeauty começou a fazer sexo com ela, a Aline aceitou. E também começou a fazer sexo oral e penetração na prostituta, e elas gritavam de prazer.
Depois do sexo a Aline disse:
_Eu era virgem. Hoje foi minha primeira vez. Eu te amo mas nós vamos pro inferno porque somos lésbicas e irmãs.
_Aline, não sabemos com certeza se somos irmãs. E existem religiões que não acham que a homossexualidade é pecado.
Elas foram na casa do pai Nelsinho e ele pediu que os orixás abençoassem o amor delas. Quando ouviram um grito:
_Seu feiticeiro, os guardiões da moral ordenam que você se entregue. Hoje nós vamos matar você em uma live.
_Garotas, fujam pelos fundos enquanto eu me entrego.
_Fuja com a gente, Nelsinho.
_Se eu me entregar vocês vão ter mais chance de fugirem.
_Se você se entregar eles matam você.
_Minhas queridas, eu já estou velhinho. E vocês são jovens.
Num outro dia os guardiões chegaram na praia onde a Zumbeauty vendia o corpo e eles começaram a matar as mulheres que estavam usando biquini e a Zumbeauty foi uma das poucas mulheres que conseguiram fugir.
Elas foram morar no Uruguai. A Zumbeauty gostava de ser prostituta, mas a Aline sentia muito ciúme. Por isso a zoombie arrumou um emprego de vendedora na mesma loja em que a Aline já estava trabalhando, na capital do Uruguai.
E no horário do almoço as duas transam no banheiro porque não conseguem ficar 8 horas sem sentirem o prazer do amor que existe entre elas. Os anos passam mas o amor delas continua tão poderoso que, pelo poder desse amor, a Zumbeauty conseguiu controlar seu vício e deixou de ser uma zumbi.
 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...