História O Casamento da Minha Melhor Amiga - Capítulo 14


Escrita por:

Postado
Categorias Justin Bieber, One Direction
Personagens Harry Styles, Justin Bieber, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Personagens Originais
Tags Casamento, Fanfic, Justin Bieber, One Direction
Visualizações 19
Palavras 1.570
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Insinuação de sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 14 - Capítulo 14


Fanfic / Fanfiction O Casamento da Minha Melhor Amiga - Capítulo 14 - Capítulo 14

Fernanda POV

- já vai.- gritei girando a chave.

- nossa... Você está tão sexy com isso verde no rosto.- Justin disse se escorando no batente da porta.

- ai, meu Deus. Não olha, não olha.- eu disse tampando o rosto.

- mas eu já vi.

- fecha o olho e entra.- eu disse tirando a toalha do cabelo e limpando o meu rosto com ela.- pode olhar.- eu falei ao ver ele com a mão no rosto.

- sua casa é grande e bonita.- ele disse olhando ao redor.

- como descobriu?

- onde você mora? Perguntei pra sua secretária.- disse dando de ombros e andando pela minha sala.

- tá mas, o que você quer aqui? Pensei que já tinha ido embora.- ouvi o telefone residencial tocar, cadê ele?

- eu estou indo, vim só me despedir.- sorriu.

- ah ta, já se despediu?- eu disse procurando o telefone pelo sofá.

- quer ajuda?

- não, deve estar lá em cima. Não saia daí. - eu disse subindo as escadas.- alô?- eu disse ao achar o telefone no criado mudo do meu quarto.

- oi, por favor você poderia chamar a dona Alana?- uma mulher disse.

- então, é que ela viajou. Você quer deixar recado?

- eu ligo depois. Obrigada.- ela desligou antes que eu dissesse tchau.

- quarto maneiro.- Justin disse ao entrar no meu quarto.

- eu pedi para você me esperar na sala. Na boa, o que você quer?- eu disse me irritando, meu dia de SPA não deu certo.

- por que você está tão agressiva?- ele disse arregalando os olhos.

- eu não estou agressiva.- bufei e me sentei na cama.- só estou brava.

- e o que eu tenho a ver com isso?- ele indagou se sentando ao meu lado.

- você estragou meu SPA.

- mandei mensagem perguntando se você estava ocupada, você não respondeu. Falar nisso, você não tem foto de perfil no whatsapp por quê?

- eu tenho foto de perfil sim.

- não aparece para mim.

- é que eu não te adicionei nos meus contatos.- eu disse sem graça com a cara de surpreso que ele fez.

- Eu deveria me ofender?- neguei com a cabeça e ele riu.- ta de boa, mas me desculpa por estragar seu SPA. Por que simplesmente você não foi num SPA?

- porque eu decidi fazer agora.- revirei os olhos, Liam perguntou a mesma coisa.

- ah, espera tem um negócio no seu cabelo.

- o quê? - perguntei passando a mão no cabelo.

- se você tirar a mão eu tiro né.- ele riu e se aproximou, senti o aroma de seu perfume, o mesmo do baile.- pronto.- ele disse mostrando um pedaço de pétala.

Sorri envergonhada e encostei minha mão na sua para pegar a pétala. Logo ele segurou firme na minha na minha mão, me fazendo o olhar. Senti os meus lábios secarem e automaticamente passei a língua sobre eles, umidecendo. Seus olhos foram para minha boca, ele começou a se aproximar e eu fechei meus olhos, por extinto, talvez. Senti o calor de sua boca perto da minha.

- Fernanda? Alguém em casa?- ouvi Bruna gritar.

- droga.- eu disse me levantando.- se esconde.

- por quê?

- Fernanda? É você?- ouvi sua voz se aproximar.

- anda Justin, vai para debaixo da cama.- eu disse o empurrando para o chão.

- Hey, por que não me respondeu? - Bruna disse entrando no meu quarto.

- ah oi.- eu disse me virando para ela.- estava no telefone. Tudo bem?- eu disse indo para a porta na intenção de fazê-la sair de meu quarto, fail.

- é, tudo bem.- disse se jogando na minha cama.

Justin POV

Eu estava debaixo da cama Fernanda já fazia uns cinco minutos, não estava mais aguentando aquele papo de menina. Meu celular estava sem sinal. Eu quero sair daqui, tenho claustrofobia, mas se eu sair a tal Bruna vai me ver, e não quero causar problema para a Fernanda. Olhei para o lado, e vi uma caixa sem tampa, a puxei silenciosamente e fiquei vendo o que tinha dentro. Estava um pouco escuro debaixo da cama, confesso, mas tenho certeza de que sou eu nessas figurinhas. Aumentei o brilho do meu celular e iluminei as figurinhas, são minhas. Achei mais alguns pôster e até CDs meus. Mas, ela é minha fã?

- Bruna, preciso terminar meu banho.

- ah sim, beleza. Vou fazer o mesmo.- Bruna disse e a vi caminhar para fora do quarto.

- Justin?- Fernanda me chamou após fechar a porta do quarto.- vem, sai.- ela me ajudou a sair.- desculpa eu tinha até me esquecido que tu estava aqui.

- de boa. Como vou embora?- eu perguntei enquanto arrumava meu cabelo.

- ela disse que ia para o banho, deixa só eu ir confirmar que ela já entrou no chuveiro.- ela disse saindo do quarto.

Passei meus olhos pelo seu quarto, havia uma mala no canto direito de seu quarto. Ela vai viajar?

- vem, ela já entrou no banho.- ela disse me chamando, descemos as escadas em silêncio.

- Foi um prazer te conhecer.

- igualmente. - ela disse e eu beijei seu rosto.

- bem, é isso.- ela abriu a porta.

- tá me expulsando?

- eu preciso terminar meu banho.- ela deu um meio sorriso.

- ah sim, seu SPA... Desculpa mesmo, ter atrapalhado.

- você não foi o único.- ela disse e eu saí, acenando.

Até mais, pensei. Entrei no carro e dei partida indo pro hotel, apenas peguei as malas e fui para o aeroporto, entrei no jatinho e, simplesmente, adios Londres.

Alana POV

Coloquei meu pijama de frio do Batman, e minhas pantufas da Mulher Maravilha. Ouvi baterem na minha porta e fui ver, minha pipoca havia chego.

- obrigada. - agradeci ao pegar o grande pote de pipoca amanteigada.

Acho que vou chamar o Harry pra ver um filme. Ele foi bem atencioso, hoje, ficando comigo na econômica. Me apressei para ir até o seu quarto que é ao lado do meu, fui comendo a pipoca. A porta dele está entreaberta, será que alguém entrou no quarto dele e sequestrou, ou machucou ele? Vi no noticiário que tem um psicopata que entra no hotel, e pega os hospedes. Voltei no quarto e procurei por algo que pudesse me defender. Só achei um garfo, vai isso mesmo. Empurrei a porta com o garfo e entrei gritando. Puta merda! Harry estava transando com a Kendall.

- o que é isso ?- Harry indagou me olhando.

- me desculpa, eu vi a porta aberta e...- eu disse tentando não ficar nervosa com o cena que estava vendo.

- sério? Ela de novo.- ela disse revirando os olhos.

- sai daqui.- Harry falava tentando conter o riso.- não é uma boa hora pra ver filme.

- oxi. Eu não ia chamar você pra ver um filme.

- ah não?

- não.

- então por que a pipoca?- ele ergueu uma sobrancelha.

- querida, não sei se percebeu, mas você está atrapalhando.- Kendall, como sempre.

- tá bom, ta bom.. tô saindo.- fechei a porta e voltei para o meu.

Puta, que bosta eu fiz. Que mico, que vacilo, que vergonha. Não acredito que vi eles transando, ainda mais com a Kendall de quatro e o Harry lá mandando ver. Que cena ridícula. Coloquei a pipoca no criado mudo e me deitei na cama, cobrindo meu rosto com o cobertor. Queria esquecer essa cena.

Harry POV

- vamos continuar de onde paramos.- falei beijando as costas de Kendall.

- para vai, o clima acabou.- ela disse se levantando da cama.

- para vai, besteira isso, volta aqui.- ela não me deu ouvido e entrou no banheiro com suas roupas.

- volta aqui. Sério, eu faço o clima voltar rapidinho.- argumentei batendo na porta.

- não vai rolar, Harry.- sua voz saiu abafada.

- rola sim, super rola.- eu disse rindo.

- na boa, outro dia.- ela disse abrindo a porta do banheiro, me dando um selinho e foi embora sem mais nada dizer.

- merda.- me joguei na cama e olhei para a televisão desligada.

É, já que não transei, acho que eu poderia ver um filme. Me levantei e procurei minha cueca e a calça de moletom preta por cima. Peguei uma camisa branca e saí do quarto indo até o da Alana.

- pode abrir a porta, eu sei que você tá aí.- eu disse após bater duas vezes.

- tô não.- ela disse me fazendo rir.

- abre logo, sua palhaça.

- tá bom.- ela abriu.- eu dei mancada. Desculpa.

- tudo bem, você pode transar comigo no lugar dela.- sorri.

- idiota.

- vim ver o filme.- falei já entrando no quarto.

- eu também.- Louis disse atrás de mim.

- oxi.

- quem te chamou?- perguntei me jogando na cama da Alana, que estava olhando para nós, incrédula.

- que isso? Só tô ouvindo a gritaria de vocês.- Liam disse nos olhando da porta.

- vamos ver um filme, vem.- Louis chamou ele.

- ah ta, vou só mandar mensagem para a Fernanda e chamar o Niall.- ele disse desaparecendo do meu campo de visão.

- gente, que palhaçada é essa? Meu quarto não é cinema não, po.- Alana disse pegando o controle e se sentando na cama, ao meu lado e ao lado de Louis.

- vai dizer que não está gostando de ver um filminho com a One Direction?- indaguei lançando um sorriso provocativo.

Ela me ignorou e logo Liam e Niall entraram, Liam apagou a luz e trouxe mais pipoca.

- que filme?- Liam perguntou já comendo a pipoca.

- terror.- Alana falou e abriu o now.

- romance.- falei.

- documentário.

- documentário? Sério, Louis?

- ue, aprendi muitas coisas com documentários.-ele deu de ombros.

- que tal comédia?

- temos que entrar em um acordo, né?

- boa, Liam.

- aceito comédia.

- eu também.

- sinto muito, Harry. Você perdeu.- Liam disse fazendo uma cara de pena enquanto eu dava de ombros.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...