História O casamento da minha melhor amiga. - Capítulo 14


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Tags Naruto, Sakura, Sasuke, Sasusaku
Visualizações 143
Palavras 1.001
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi meus bb's 😍
Voltei com mais um capítulo. Já aviso que está curtindo mas prometo que tem capítulo maior vindo aí.
Não revisei o capítulo então me desculpe os erros.
Boa leitura 😘

Capítulo 14 - Capítulo 14: Lembranças.


 

 

- Sakura... - Ele se aproxima mas dou um passo para trás.

- Acho melhor você ir embora Sasuke. - Não conseguia olhar em seus olhos.

 

Ele não me responde. Depois de alguns segundos ele simplesmente saí sem dizer nenhuma palavra.

 

Me jogo no sofá tampando meu rosto na tentativa de abafar o grito que eu dou em seguida.

 

Oque eu estou fazendo com a Karin?!

Eu não poderia me apaixonar pelo noivo dela.

 

 

 

 

 

 

 

Eu fiquei sentada no sofá encarando o teto.

Na tv ainda passava o jogo que a poucos minutos o Sasuke estava assistindo.

O cheiro amadeirado dele também estava ali ainda.

Depois que ele saiu eu não tive forças para me mexer.

Fecho os olhos e o cheiro dele traz a sensação de que ele ainda está ali sentado ao meu lado no sofá.

 

 

Eu devia estar enlouquecendo. Quando foi que eu deixei de odiar tanto o Sasuke?!

Eu quase deixei que ele me beijasse.

Isso não era uma atitude racional.

Eu não devia estar fazendo isso com a Karin. Se ela descobrisse ela jamais me perdoaria. Eu não queria neim imaginar como seria se ela se quer pensasse que eu tinha alguma coisa com o Sasuke.

Imagina se ela descobrisse que eu estava prestes a beija-lo.

Porque se o meu telefone não tivesse atrapalhando com certeza nos teríamos nos beijado. E eu não queria neim pensar no que poderia ter acontecido depois.

Balanço a cabeça tentando afastar certos pensamentos pecaminosos.

 

 

Depois de ficar um bom tempo ali pensando em tudo que estava acontecendo me levanto e desligo a tv.

Agora o apartamento estava em completo silêncio. O único som que poderia ser ouvido era o da torneira da cozinha enquanto pingava.

Vou caminhando até o banheiro. Eu precisava de um banho para apagar o calor que eu sentia apenas com pensamentos sobre um certo Uchiha arrogante.

 

Enquanto a água morna caí sobre minha cabeça e escorre pelo meu corpo eu peço para que ela leve junto qualquer pensamento com o Sasuke.

Só que era muito difícil.

Involuntariamente fecho meus olhos e imagino ele segurando minha cintura novamente.

A sua respiração tão próxima.

Fico imaginando como seria se ele tivesse me beijado.

Passo os dedos delicadamente pelos meus lábios imaginando que eram o lábios do Sasuke ali. Imagino ele me apertando contra o seu corpo enquanto me beija loucamente.

 

Quando abro meus olhos vejo oque estava acontecendo.

 

- Aaah Uchiha maldito. Oque você está fazendo comigo?!

 

Grito como se ele pudesse ouvir enquanto esmurro a parede do banheiro.

 

Saio do banheiro irritada. Aquele banho era para me acalmar e não me fazer lembrar mais do Sasuke.

 

Me jogo na cama ainda de toalha.

 

Eu sabia que não era certo oque eu estava fazendo. Mas, por mais que eu tentasse não conseguia afastar os pensamentos com o Sasuke.

 

Pego um porta retrato em cima da mesinha ao lado da cama.

 

A foto já fazia alguns anos. Era eu e a Karin abraçadas sorrindo.

Passo os dedos delicadamente pelo rosto da Karin.

Eu me lembrava bem desse dia. A gente devia ter uns 16 ou 17 anos.

 

Flashback On:

 

 

Era um sábado e a Karin tinha ido me visitar no orfanato.

Eu gostava quando ela vinha, assim eu não me sentia tão sozinha.

 

O dia estava muito quente então estávamos sentadas embaixo de uma árvore no jardim.

 

- Amiga tenho uma surpresa para você. - Ela diz sorrindo.

 

Uma surpresa para mim?!

 

- Oque é Karin? - Pergunto sorrindo também.

 

Ela olha para os lados para ver se não tinha ninguém por perto.

 

- Você sempre disse que queria pintar os cabelos de uma cor diferente lembra? - Passo a mão por meus cabelos loiros e fico o encarando. Eles haviam crescido muito nos últimos meses.

 

Não é que não gostasse deles como eles eram. Mas a única foto que tinha dos meus pais eu podia ver que o cabelo da minha mãe também era loiro. Do mesmo tom do meu.

E eu não queria me parecer com uma mulher que abandonou sua própria filha.

 

- Vem comigo Sakura. - A Karin saí me arrastando me tirando dos meus pensamentos.

 

Assim que chegamos no banheiro ela tira algo de dentro de sua bolsa.

 

- Vamos pinta-lo agora amiga? - Ela sorria para mim enquanto segurava uma caixinha na mão.

 

No começo fiquei com um pouco de receio mas logo aceitei.

 

O banheiro ficou completamente rosa e é claro que fomos pegas.

Depois de levar a maior bronca e de ter que limpar o banheiro corremos para o jardim da frente do orfanato.

Foi ali enquanto a gente ria do que tinha acontecido que a Karin propôs para tirarmos aquela foto. 

 

- Vem Sakura. - Ela me abraça. - Agora sorri.

 

Ela bate a foto. E aquele momento estava registrado até hoje.

 

 

 flashback off.

 

 

Passo a mão pelos meus fios rosas.

Desde aquele dia eu sempre pintava novamente.

Sem a Karin eu nunca teria coragem de fazer aquilo.

Ela sempre me incentivou e me deu coragem.

Ela era sempre tão decidida, tão corajosa.

 

Hoje em dia ela havia mudado bastante. Mas eu sabia que no fundo ainda existia aquela menina que sempre esteve ao meu lado quando precisei.

Que me defendia quando éramos crianças, que ficou ao meu lado nas noites que chorei pela falta dos meus pais.

 

E é por isso que eu não podia deixar as coisas continuarem do jeito que está.

Eu precisava me afastar do Sasuke, e logo.

 

Porque entre a Karin e qualquer outra pessoa do mundo eu sempre escolheria ela.

 

Se tinha algo nesse mundo que eu tinha medo é de perder a sua amizade e ficar novamente sozinha.

 

A Karin era a única no mundo que eu podia chamar de minha família.

 

Eu já estava decidida.

Amanhã eu iria pedir demissão. Eu não podia mais trabalhar para o Sasuke.

Não quando eu corria um sério risco de me apaixonar por ele.

 

E se isso acontecesse eu nunca me perdoaria por fazer a Karin sofrer.


Notas Finais


Fiquei muito feliz com os comentários do capítulo anterior. Não deixem de comentar, a opinião de vocês é muito importante para mim. ♥️
Obrigada a todos que deram o seu favorito também.
Beijos e até o próximo 😘❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...