História O Casamento do Meu Ex - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Kakashi Hatake, Naruto Uzumaki, Sai, Sakura Haruno, Sarada Uchiha, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Temari, TenTen Mitsashi
Tags Alypierce, Casamento, Kakasaku, Naruhina, Naruto, Nejiten, Saiino, Sasuino, Sasusaku, Shikatema
Visualizações 862
Palavras 1.864
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Ahhhhhhhh como vocês são demais 😍. Obrigada pelos comentários, os favoritos, bem vindos leitores novos.

Que tiro foi esse nessa capítulo? Pois é, eu tô é moooooorta .. Foi uma emoção escrever isso, segurem os lenços, pq eu chorei.

Mas bom, eu não iria postar, pois não tô bem, não tô mesmo, mas vocês não tem culpa e merecem que eu continue. Não irei parar de postar, fiquem tranquilos.

Mas espero que gostem e nos vemos lá embaixo. Bye ❤. Boa Leitura.

Capítulo 4 - Capítulo IV: Minha Família


Fanfic / Fanfiction O Casamento do Meu Ex - Capítulo 4 - Capítulo IV: Minha Família




                      Escrita por AlyPierce.


   O clima no aeroporto estava estranho, Tsunade encarava a criança que dormia nos braços da filha enquanto Sakura já não segurava as lágrimas.

   Atrás da loira também estava assim, Hinata não conseguia segurar as lágrimas, juntamente a Jiraiya, enquanto Naruto estava de boca aberta.

— Filha .. — A frase morreu, Sakura se virou e entregou Sarada a Kakashi que a pegou com cuidado.

   O abraço veio, cheio de saudade, amor, carinho e compreensão, Sakura fungou e as mãos da mãe acariciaram os cabelos.

— Me perdoe mamãe. — Encarou os olhos cor de mel. — Eu ..

   Tsunade sorriu em meio às lágrimas e a puxou mais uma vez para um abraço, Jiraiya entendeu e logo foi de encontro abraçando as duas mulheres da sua vida.

— Vamos pra casa.

                                       ×

   A grande sala de estar, parecia ter ficado menor, em um sofá estava Kakashi e Sakura, enquanto nos demais Naruto e Hinata e Tsunade e Jiraiya.

— Não sei por onde começar. — Disse a rosada de cabeça baixa.

— Meu amor. Do começo. — Seu pai a Insentivou. De reflexo agarrou fortemente na mão de Kakashi que a olhou com amor.

— A três anos atrás, descobri estar grávida, foi um choque para mim, então resolvi conversar com Sasuke, mas a conversa tomou um caminho estranho e acabamos discutindo, ele jogou coisas horríveis em minha cara e eu também. Foi aí que soltei a bomba
" Me lembro até hoje, quando ele disse que o filho que eu estava esperando não era dele e que se fosse era para mim abortar, pra mim aquilo foi o fim, nosso relacionamento já estava precário, então colocamos um ponto final. Confesso que fugi, sim, eu fugi, por medo, decepção, mágoa, sabia que ficar aqui eu iria me machucar e que ele faria de tudo para essa criança não nascer. Nada justifica o que eu fiz, esconder minha pequena de vocês que são avós, mesmo eu sabendo que entenderiam, bom, eu não quis contar, por medo de dar errado, de vocês quererem me arrastar para cá e me forçar a casar com Sasuke. Eu falhei, fui hipócrita, mesquinha, mas foi minha única forma de defesa, a que eu achei certa e lá eu encontrei um pouco da felicidade, meu trabalho é maravilho, tenho pessoas que gostam de mim, amigos que me ajudaram e que estão ao meu lado a todo momento. Eu peço perdão a vocês, eu juro que a partir de hoje, as coisas irão mudar."

   Tsunade não se aguentava em lágrimas, igualmente Hinata.

— Filha, eu e seu pai não estamos decepcionados, talvez triste, por saber que você passou por toda essa dor sozinha, eu e seu pai amamos você de uma forma grande e se você acha que foi o melhor, entendemos você, mas peço que não suma mais e que deixe participarmos da vida da ..

— Sarada. — Concluiu Sakura.

— Da Sarada e da sua vida. Estamos aqui para te ajudar em tudo. — Sorriu feliz para a filha que retribuiu.

— Mas então .. Quem é você? — Jiraiya se virou para Kakashi que estava inerte olhando Sakura.

— Satisfação. Doutor Kakashi Hatake, médico pediatra do hospital em que Sakura trabalha. — Disse com um belo sorriso no rosto.

— Amigo? Hum. — Tsunade os encarou desconfiada.

— Bom, devem estar com fome, preparei um bolo e café, vamos comer e me conte sobre tudo.

— Fico feliz por estar aqui. Mas triste por não ter me dito da pequena. — Hinata abaixou o olhar e Sakura a puxou para um abraço.

— Me desculpa, mas Sarada ainda não é batizada, você e o Naruto aceitam? — Os olhos da Uzumaki se encheram de alegria.

— Ahhhh amor, seremos padrinhos de Sarada. — Hinata saltitava feliz.

— Fico feliz. — Naruto sorriu.

— Então filha me conte sobre tudo. — Pronunciou Jiraiya quando todos estavam acomodados.

— Bom, trabalho no Royal Brompton Hospital como médica neurologista, moro no One Hyde Park, um condomínio de lá, Sarada ainda não está na creche, então deixo ela com uma babá de extrema confiança. Trabalho de manhã, a tarde, e a noite eu folgo pois Konan me ajuda, mas as vezes eu pego plantão então ela fica com Kakashi. — Todos olharam para o grisalho que ficou sem graça.

— Vocês são namorados? — Naruto perguntou na cara dura, Sakura se engasgo com café, enquanto Kakashi não sabia o que dizer.

   Tsunade e Jiraiya olharam a cena e sorriram cúmplices, sabiam que ambos não tinham nada, mas a forma em que o homem olhava para a filha deles, já dizia tudo.

— Que? Não. Kakashi é meu amigo, companheiro de trabalho. — Sakura disse rápido, arrancando um riso de sua mãe.

— Sei .. — Disse Naruto desconfiado.

— Tudo bem. Mas minha filha me conte de sua gravidez, de Sarada.

— Bom, minha gravidez foi tranquila, não tive estresse, tive poucos desejos, mas vômitos e tonturas era frequente, Sarada nasceu de nove meses, 3,5 kg, 45 cm, a pele, a boca, o sorriso e o nariz pareceu comigo, mas infelizmente os olhos e os cabelos da cor do pai, e querendo ou não Sarada é uma mistura nossa, não tem como dizer, a filha não é dele. Mas ter ela foi o melhor presente que eu já escolhi ter, ela me fez conhecer coisas novas, um mundo diferente ao meus olhos, e eu do minha vida por ela. — Disse emocionada. — Kakashi me ajudou muito na gestação, ele chegou as vezes ir dormir lá e de madrugada sair para comprar algo que eu estava com desejo. — Todos ali na mesa deram risada. — Eu tive uma gravidez feliz, mesmo que as vezes o peso das coisas caíam sobre mim, foi aí que Konan entrou, minha amiga psicóloga, ela me ajudou a superar algumas coisas e a me cuidar mais, junto com seu marido Yamato que era meu obstetra.

— Nos agradecemos você Kakashi, por cuidar tão bem de nossa filha. — Jiraiya disse e Kakashi olhou para Sakura.

— Eu cuidarei sempre que ela precisar. — Todos ali notaram a indireta, inclusive Sakura que engoliu seco.

— Bom, vamos falar agora de algo sério e delicado. Filha? Por que você voltou? — Sakura tentava digerir a resposta de sua mãe. Escolhia as palavras para dizer. Sabia que magoaria Kakashi .. Mas tinha que dizer a verdade.

— Eu pensei muito, conversei com Kakashi e decidi que estava na hora deu enfrentar meus pesadelos, vir para cá seria uma coisa difícil, mas eu precisava, tanto para ficar mais perto de vocês, quanto para ver o que meu coração se negou a acreditar, eu preciso ver com meus olhos que Sasuke não me ama mais e que eu tenho que seguir a minha vida. — Tentava segurar as lágrimas. — Estaria tudo perfeito, se eu não recebesse aquele cartão, eu estava decidida a voltar, falar com vocês, mas aquele cartão pesou um pouco. Mas eu, não vim aqui para levar Sarada até ele e estragar o casamento dele com a Ino, na verdade eu nem quero que ele a veja, pode ser egoísmo meu, mas uma pessoa que nega a própria filha, não merece ser pai. Eu quero ter certeza de que eu perdi e que eu devo ser feliz também.

   Todos ali estavam quietos, Kakashi sabia que Sakura ainda sentia algo pelo ex, mesmo aquilo lhe incomodando, a abraçou que retribuiu da mesma forma.

— Estamos aqui com você filha. Mas mesmo que entendemos o seu lado, ele merece saber que tem uma filha e se ele não quiser, é só virar as costas e ignorar. — Tsunade segurou a mão trêmula de Sakura que aceitou o conforto da mãe.

— Bom, vou lá ver como Sarada está. — Kakashi se levantou indo em direção ao quarto que ficariam.

— Ele gosta de Sarada? — Hinata indagou curiosa.

— Como uma filha e ela também ama ele da mesma forma.

— HAHAHAHAHAHA pala Kashi, vo contar pa mama. — Todos olharam em direção às escadas, onde Kakashi vinha com Sarada no colo distribuindo beijos pelo pescoço da pequena.

— Mama. — A pequena levantou os braços quase se jogando no colo da mãe.

— Meu amor? Esses aqui são seus avós.

   Sarada analisou os dois a sua frente e soltou um sorriso largo.

— A vovó. — Apontou para Tsunade que sorriu feliz.

— Sim, a vovó Tsunade, quer ir no colo dela? — Sarada confirmou e foi em direção a avó que sorria boba.

— Filha, você e o Kakashi não ligam de dormir no mesmo quarto né? — Ambos olharam para Jiraiya que tentava não rir.

— Por que?

— Só estamos com um quarto de hóspedes, o outro usei para colocar minha coleção de livros. — Sorriu sem graça.

— Não tem não senhor Jiraiya. — Kakashi se pronunciou.

— Temos que comprar uma caminha para Sarada. Quanto tempo vai ficar? — Tsunade perguntou enquanto brincava com a neta.

— Uns três meses, já que pegamos férias. Mas mãe, não precisa incomodar, vamos para um hotel. — Tsunade negou.

— Aqui tem quarto, como Kakashi disse, não tem problema, quero ficar mais com minha netinha e minha filha. — Sakura não disse nada, Tsunade sempre estava certa.

— Bom irei arrumar o quarto então. — Sakura se levantou. — Mãe, apresenta ela para o Narto e Hinata também.

                                     x


   Sasuke já estava no décimo copo de bebida, a notícia de que Sakura tinha voltado e tudo era culpa de Ino lhe deixava aflito, fazia três anos que não há via, desde a última briga, ela o bloqueou do facebook, integram, Whatsapp, mudou de número e sumiu, não tentou procurar, mesmo que a vontade era de voltar.

   O assunto gravidez vagava pela mente do Uchiha sempre, um lado dizia que era mentira, que não era verdade, mas o outro dizia que ele era pai, que ela estava grávida, mas se fosse verdade, ela o procuraria certo?

— Eu disse coisas horríveis. — Falou meio grogue. — Por que ainda penso em você?

   Ino entrou no bar, encontrando Sasuke debruçado sobre o balcão, jogou uma nota de cem e o ajudou a levantar.

— Vamos amor. Cuido de você. — Sasuke a olhou raivoso. Uma raiva havia entrado em si.

— Não Ino, me larga. — Se soltou do braço da mulher que arregalou os olhos desacreditada. Sasuke nunca tinha a tratado assim.

— Você passou da conta. Vamos para casa. — Disse firme.

— Idai? Problema é meu. Eu vou embora pra minha casa. — Apontou o dedo na cara da loira.

— A casa dos seus pais? — Levantou a sombraancelha irritada.

— Não sei.

   Sasuke abriu a porta do estabelecimento, quando de reflexo viu cabelos rosa, passar correndo no monte de pessoas que tava na rua.

— Sakura .. — Deu um passo a frente sentindo seu coração acelerar.

   Podia sim estar alterado, mas não confundiria aqueles cabelos rosas, que tanto lhe deixou louco, Sakura estava ali, em Tóquio, o que fez com que todas as estruturas de Sasuke abalacem.

                                       • • •


Notas Finais


Então?

Bom, o encontro deles será no próximo capítulo então segurem os forninhos. Por que vai ser top de linha haha.

Esclarecer umas coisas:

*Sempre gosto de inovar e mudar um pouco os personagens nas minhas fanfics.

*Aqui Sakura é filha de Tsunade e Jiraiya. ( Mesmo não sendo )

*Os cabelos rosa, são pintados. ( Já que ela era loira ).

Bom é isso. Espero que tenham gostado. Beijos 😘❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...