História O cavaleiro Negro!!! - Capítulo 10


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Sakura Haruno, Sasuke Uchiha
Tags Fantasia, Naruto, Romance
Visualizações 143
Palavras 2.916
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Fantasia, Ficção, Romance e Novela, Sobrenatural
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Boa Leitura e desculpem a demora

Capítulo 10 - Capítulo 10 O Casamento!!!


Fanfic / Fanfiction O cavaleiro Negro!!! - Capítulo 10 - Capítulo 10 O Casamento!!!

O Casamento 


 

A chegada do rei do pais do Som tinha deixado Sasuke muito preocupado, tanto ele quanto o pai de Sakura sabiam que aquela aparição significava problemas, o rei tinha preparado toda documentação colocando Sasuke como seu sucessor e que isso se daria a partir daquele momento, não quando o rei Kizashi viesse a morrer.



 

Alguns ancião achava um pouco apresada aquele proclamação, mais o rei sabia que alem dele ter pouco tempo de vida, ele, desconfiava que Orochimaru teria algum espião dentro do seu castelo e para não haver nenhuma duvida sobre sua sanidade mental ele daria a Sasuke o reino em vida e em sua plena convicção mental, para que ninguém tentasse usar a doença como desculpa para tentar tirar o que era de direito de Sasuke ao se casar com Sakura.



 

Fora que o rei tinha plena convicção que Sasuke daria um bom rei e honraria sua filha e protegeria seu povo. Depois de documentar a proclamação que ficou marcada para o dia do casamento TenTen e Neji, dessa forma todo povo saberia que Sasuke já era o novo rei do pais das flores, já que o casamento seria aberto a todos.


 

Já era quase hora do jantar quando Sasuke entrou no quarto Sakura, estava deitada dormindo, ela era linda ele pensou, se aproximou e lhe deu um beijo cálido nos lábios que a fez desperta e lhe sorrir e aquele sorriso o fazia esquecer dos problemas que assolavam o reino.


 

Ele se deitou ao lado dela e puxou seu copo, fazendo pequenas caricias nos cabelos da esposa, e ela ouvia o bater do coração do mesmo, ela sabia que ele estava preocupado já que com o casamento de TenTen e Neji o castelo estaria com pessoas desconhecidas mesmo sendo do reino das flores.


 

Quando Sasuke teve a noção da extensão dos poderes de Sakura, na mesma hora ele entendeu o porque de tantos pretendentes, no começo imaginou que fosse pela riqueza das fronteiras das flores ou pela beleza de Sakura mais agora ele sabia era pelo poder e homens com sede de poder não medem esforços para matar e destruir.


 

— O que te afligem meu marido? _Ele não respondeu apenas fez outra pergunta

— Sakura se você tivesse de se casar com outro, o pacto que fez comigo pode ser feito para outra pessoa.

— Porque eu me casaria com outro Sasuke? Eu... _ Interrompida

— Sakura responda apenas o que perguntei

— Não, eu não posso passar meu dom para mas ninguém, se eu me casasse novamente eu poderia cuidar dos machucados cura-lo, como posso curar qualquer pessoa, mais meu escudo protetor e minha vida foi dado a você, e só você tem direito a ela.

— E porque só pra mim, e porque não para outro?

— Porque a você foi dado por amor, meus poderes te aceitaram na mesma hora que te conheci eu só não sabia disso ou seja se você não fosse meu marido fosse outro, eu não poderia lhe dar meu escudo pois ele faz parte de minha essência e a minha essência te quer, mais meu sopro de vida eu te deia por amor.


 

Quando Sakura respondeu isso a Sasuke seu rosto tomou um tom escarlate que fez Sasuke sorrir, como ele já tinha percebido Sakura estava apaixonada por ele, e o mesmo ele poderia dizer de si. Mas ele não tinha feito essas perguntas a toa, ele achava que um dos sacerdote era o traidor já que os poderes dos Haruno são passados por gerações e só os sacerdotes tinham total sabedoria da extensão de cada um deles.


 

Agora mais do que nunca o Cavaleiro Negro teria que descobrir quem era, já que pelo que ele percebeu da visita de Orochimaru esse não sabe que Sakura só pode trocar de vida se for por amor.


 

Sasuke ainda ficou com Sakura no quarto teve vontade de novamente desfrutar do corpo dela principalmente depois que ela disse o amar, mais Sakura era sua esposa e ele jamais a tomaria feito um animal que saciar sua carne, depois se levanta e vai embora, ele desejava demorar horas cavalgando sobre ela sentindo prazer e dando prazer. Mais ele sabia que a qualquer momento eles poderiam ser interrompidos por isso não a tomou.




 

Com pouco tempo  a luxuria que estava nos pensamentos a paz do casal foi interrompida com as batidas na porta,  uma criada informou que o jantar estava servido e que todos os aguardavam a mesa. Sasuke beijou os lábios da esposa, um beijo suave com promessas para o resto da noite e juntos foram para o grande salão onde estava sendo servido o jantar.



 

Todos estavam a mesa, menos Karen e sua presença não passou despercebida pelas demais pessoas que estavam a mesa, mais o que intrigou Sakura não foi o fato dela não ter ido jantar e sim da incógnita que apareceu aos olhos de Sasuke quando Hinata informou que Karen estava indisposta.



 

Sasuke disfarçava bem mais Sakura percebeu por um segundo a preocupação passar pelos olhos do guerreiro e isso a incomodou, e a situação se alarmou assim que depois do jantar Sasuke a enviou para o quarto sozinha lhe dizendo que precisava resolver uma pendência.



 

Disfarçadamente ela olhou para TenTen e a prima não precisou de muito para entender que deveria averiguar onde o moreno iria depois que deixasse Sakura em seus aposentos. Quando Sakura se recolheu ao seu quarto ela estava aflita, desejou não ter pedido para TenTen para bisbilhotar seu marido. Afinal o que o coração não ver os olhos não sentem. 



 

Ficou imaginado o que ela faria se acaso amanhã TenTen lhe disse que o marido tinha ido ver Karen e se ela o confrontasse e ele assumisse que a ruiva realmente era sua amante o que ela faria, não poderia se separa, como seu marido e como um rei, ela lhe devia obediência e submissão, ele poderia fazer o que quisesse ter quantas amantes desejasse, ela sabia que vários reis tinha um harém mais ela não tinha nascido para dividir.



 

Estava perdida nos seus tormentos, não seria feliz se Sasuke tivesse outra, morreria, definharia se ele realmente fosse um homem promiscuo, Sakura chorou imaginando Sasuke tocando em outra e sua imaginação estava lhe atormentando tanto que acabou pegando no sono. 



 

Sasuke foi ao quarto de Karen ele realmente ficou preocupada afinal ela esperava um filho seu independente dela não ser a mulher que ele gostaria que estivesse grávida dele isso não o isentava de suas responsabilidades, e naquele momento ele precisava saber o que ela estava sentindo.



 

Ele bateu na porta do quarto da ruiva, ela não precisava de muito para saber de quem se tratava, ela tinha certeza que se não aparecesse para jantar com a desculpa de estar se sentindo mal o moreno apareceria, eles foram criados juntos ela conhecia o caráter do mesmo.



 

Assim que ela abriu a porta Sasuke entrou, não queria ser mal interpretado então não iria se demorar . Mais Karen tinha outros planos, então assim que ele fechou a porta ela se jogou nos braços dele e lhe roubou um pequeno selinho nos lábios, tentou abraça-lo mais ele a afastou.


 

— Você veio? _ Mais uma vez tentou abraça-lo
 

— Pare com isso Karen, só estou aqui para saber o que realmente estava sentindo mais vejo que já estar bem.
 

— Na verdade estou enjoada e como eu sabia que se fosse jantar poderia passar mal e sua bela esposa estaria lá não quis causar nenhum desconforto para ambas as partes. Pelo menos por enquanto.
 

— O que você quer dizer com Isso?
 

— Meu amor, minha barriga vai crescer e eu não poderei esconder, então acho bom você resolver como vai ficar minha posição em sua vida e no seu reino.


 

Sasuke sabia que Karen tinha razão ele não poderia esconder o estado de gravidez da mesma, mais ele também sabia que Sakura jamais o perdoaria mesmo que ele estivesse engravidado Karen antes de conhecê-la.



 

— Você ira com Naruto e Hinata e depois do casamento e quando o bebe nascer eu o trago para morar comigo.
 

— Nunca ou você me deixa aqui para cuidar do meu filho ou eu juro SASUKE UCHIHA CAVALEIRO NEGRO de Konoha e rei do pais das flores que faço um escândalo e depois aborto o bebe e conhecendo a índole de sua amada esposa ela nunca vai perdoá-lo, fora que Naruto também o odiará para vida toda.

 

— Você estar louca mulher, se você ficar aqui ela sempre vai achar que temos alguma coisa e eu lhe conheço o suficiente para saber que você fará de tudo para que pensei isso mesmo. Veja Karen você terá um titulo já que Naruto será o novo senhor das fronteiras e como você prima de primeiro grau e ele lhe considera como uma irmã, com certeza não faltara pretendentes.

 

— Não quero nenhum outro homem eu quero você. Aceito ser sua amante, e não quero sair do castelo, então dê seu jeito ou eu juro que cumpro o que falei. Agora saia dos meus aposentos antes que sua esposa comesse a lhe procurar e nos tenhamos que contar a verdade antes do previsto. E tem outra coisa, você sabe muito bem que no momento que a criança nascer nenhum homem de honra ou posses se casara comigo porque sarei manchada pela vergonha . Agora por favor saia e pense na proposta que lhe fiz.



 

Karen foi até a frente da porta abrindo a mesma para que Sasuke passasse esse por sua vez apenas a olhou de uma maneira travessada, mais não disse mais nada, o que estava feito estava feito iria apenas pedir a aos deuses que Sakura não o odiasse quando toda essa sujeira viesse a tona.



 

TenTen viu a hora que Sasuke entrou no quarto da ruiva e também viu o momento que ele saiu, verdade que ele não se demorou, mais ela tinha certeza que Sakura não iria gostar de saber. A moça dos olhos de chocolate ficou se perguntado se deveria ou não contar a prima afinal seu casamento seria no dia seguinte e Neji lhe tinha dito que depois do casamento de ambos todos partiriam. Então tomando a decisão resolveu que não contaria daria uma desculpa qualquer.



 

Quando Sasuke retornou a seus aposentos, Sakura já dormia, ele se pois a tirar sua veste para deitar do lado da mesma, se aproximou divagar para não acorda-la, mais assim que se deitou ao lado da mesma notou o belo rosto manchado por lagrimas o que o fez se perguntar o que teria acontecido para que a mesma chorasse.



 

Já Sakura assim que sentiu a presença do marido na cama, não desejou abrir os olhos, não desejou olhar para ele, principalmente porque não desejava brigar, porem essa era sua real vontade, afinal ela percebeu o perfume forte que o mesmo estava um perfume que não pertencia a ele.



 

Pela manha Sasuke se levantou primeiro que a esposa, estava louco para tela mais infelizmente o casamento de um dos seus melhores amigos aconteceria logo mais tarde e ele precisava deixar o castelo em total segurança. Quando ele terminou de se vestir Sakura despertou dando a ele a visão do colo branquinho a mostra.




 

— Bom dia minha flor!

 

Sasuke lhe saudou com um sorriso e se aproximou para beija-la mais Sakura foi mais rápida se levantado e correndo para o banheiro, o moreno notou a esquivada dela, mais achou que não deveria pressioná-la, não agora, deixaria para conversar com sua esposa depois do casamento de Neji e TenTen.



 

Aguardou Sakura sair do banho iria ajuda-la a se vestir. Ele já tinha colocado isso como habito gostava de ajudar a cobrir o corpo que lhe saciava todos os desejos, porem Sakura se demorou mais do que previsto, ele notou que ela queria evita-lo mais ele não arredaria o pé, ele a esperaria, ele não deixaria um capricho de Sakura lhe privar de seu prazer matinal. Quando a criada que vinha ajudar Sakura todas as manhã a vestir, Sasuke disse que não precisava. Para a criada  não foi nenhuma surpresa ser dispensada pelo Cavaleiro Negro, a verdade era que ela já não fazia mais essa obrigação desde o casamento dos dois, pois notava a satisfação que o futuro rei demostrava toda vez que lhe dizia que ele ajudaria a sua mulher.




 

Sakura saiu do banheiro tendo a certeza que Sasuke já tinha ido mais grande foi a surpresa dela ao velo a aguardando, ele não disse nada apenas se aproximou dela e cheirou seu pescoço, ela nada falou apenas retirou o pano que cobria seu corpo e pegou o vestido que usaria naquele dia.




 

A flor de Cerejeira deu ao Cavaleiro Negro a visão do seu delicado corpo o que o fez suspirar, ela colocou o vestido e se pois de costa para ele, então lentamente ele abotoou cada botou do vestido de sua bela esposa lentamente e beijava seu pescoço a cada botão que fechava, os pelos da nuca dela se ouriçavam, ela poderia até fingir que não ligava mais seu corpo mostrava ao contrário.




 

Depois de ajuda-la a se vestir ele a virou para ele, as madeixas dela se encontravam soltas, então o Cavaleiro Negro colocou suas grandes mão por dentro do mesmo e puxou o corpo de Sakura para seu, lhe beijando toda extensão da boca, em um gemido lento ela se derreteu nos braços dele, ele sentiu ela lhe dar passagem, segurou firmemente uma mão em sua cintura e a outra puxava seus cabelos em uma aperto seguro, de encontro a sua boca, desceu as mão por baixo do vestido e se amaldiçoo por não ter feito isso antes já que agora iria ter quer retira-lo.




 

Desçeu as mãos por baixo do vestido e sentiu todo o corpo dela tremer mais quando olho para contemplar a bela mulher que estava  nos seus braços o que viu não foi apenas desejo e sim um olhar de duvida um olhar de submissão, havia luxuria sim com certeza até desejo mais o amor que viu na noite que a tomou, não estava mais ali e sim duvida.



 

Então parando com as caricias ele beijou cada canto do rosto dela, em seguida sentou na cama e puxou o  corpo dela a colocando em meu colo.


 

— O que foi minha Flor, porque essa tristeza no olhar?
 

— Não foi nada meu marido
 

— Porque estar mentindo para mim, sou seu marido, fale pra mim o que te perturba minha.



 

Antes que Sakura falasse alguma coisa, ouve-se batidas na porta era uma Tsunade afoita do outro lado e pelo visto ela não se encontrava sozinha.O cavaleiro Negro suspirou em frustração teve vontade de gritar com aquelas mulheres faladeiras mais se conteve afinal ainda tinha que organizar a segurança do castelo para o casamento de logo mais tarde.




 

— Não pense que nossa conversa acabou. Mais tarde conversaremos e você vai me dizer o que se passa nessa sua cabeça linda ouviu.



 

Depois de dizer isso Sasuke beijou o topo da cabeça da esposa, passou pela porta fuzilando todas as moças inclusive Tsunade que se encontravam do lado de fora do seu quarto, ele percebeu que uma das criadas trazia o café de Sakura em uma bandeja, então com certeza teria uma para ele no escritório do rei o aguardando.



 

Todas estavam eufóricas com os preparativos do casamento de TenTen e Neji até mesmo Hinata e Karen estava ajudando, com certeza o casamento de TenTen seria lindo, Sakura estava louca para ficar sozinha com a prima mais diante de toda aquela festividade e organização elas nunca ficavam a sois.



 

TenTen percebeu que Sakura parecia preocupada e que os sorrisos que ela dava para mesma era como um sorriso de consolo, entre uma prova de vestido ou prova dos alimentos a morena dos olhos chocolate olhava para prima pedindo opinião mostrando que ela estava ali para mesma.


 

Sakura notou que Suigetsu parecia mais interessado em Karen do que montar guarda em protegê-la, e ela pensou como seria bom se a ruiva se interessasse por seu capitão da guarda pelo menos ela ficaria mais aliviada quanto ao grande interesse da ruiva em seu marido.


 

O dia passou ligeiro agora as moças já se encontrava em uma grande sala onde varias serviçal iriam ajuda-las a se vestir para o casamento, o castelo estava todo arrumado e os convidados já começavam a aparecer todos aguardavam apenas a entrada da realeza e depois o casal que se uniriam em matrimonio naquela noite.




 

Mais Sakura estava apreensiva ela sabia que não deveria em forma nenhuma fazer nada que viesse a estraga o casamento da prima, mais ela também sabia que depois da cerimônia a prima iria ficar trancada no quarto com seu marido e depois iriam embora e como ela não queria arrisca não ver TenTen ela decidiu que iria fazer uma única pergunta a prima. 




 

Então se soltou do braço do marido com a desculpa de ajeitar uma flor do cabelo da prima antes que ela entrasse. Sasuke não fez objeção sua esposa estava linda e parecia feliz e estava ao seu lado.Então Sakura sorrateiramente se colocou ao lado de TenTen.



 

— Não fale nada apenas balance a cabeça se sim ou não. Meu esposo visitou o quarto de Karen Uzumaki ontem a noite?


 

TenTen balançou a cabeça positivamente e Sakura sentiu seu mundo desabar, voltou para o lado do marido sem dizer mais nada porem o brilho de alegria de antes tinha sumido mais Sasuke também percebeu isso, porem antes dele questionar sua esposa a musica e os ancião começaram a chamar pelos noivos.


Notas Finais


Espero que tenham gostado, como eu disse essa FIC terá no máximo 15 capitulo e já estou pesquisando para meu próximo trabalho. Não esqueçam de deixar comentários para que eu possa voltar com força total.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...